Gestão financeira

6 lições de gestão financeira para aprender com o filme Um Sonho de Liberdade

fortes-tecnologia-um-sonho-de-liberdade.png
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 20/03/2019 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

ESTÁ SEM TEMPO PARA LER? CLIQUE NO PLAYER ABAIXO E OUÇA TODO O CONTEÚDO DE FORMA SIMPLES E PRÁTICA! 

Alguns filmes trazem lições que podem transformar a forma a vida das pessoas em diferentes aspectos. Há um filme que traz ensinamentos de gestão financeira e eles são capazes de impulsionar o sucesso dos profissionais do ramo, trata-se de “Um Sonho de Liberdade”.

Lançado em 1994 com o nome em inglês The Shawhank Redemption, o filme conta com a presença de atores renomados como Morgan Freeman e Tim Robbins. Além de ser escrito e dirigido por Frank Darabont, famoso por dirigir À Espera de um Milagre, O Nevoeiro e o recente The Walking Dead.

Um sonho de Liberdade é uma trama louvada pela mídia e foi indicado a diversos prêmios, incluindo sete Oscars. Há um motivo por trás da fama desse filme, ele evidencia como as táticas de contabilidade financeira são relevantes, e podem ser absorvidas e utilizadas por profissionais no campo prático. Quer saber mais? Continue a leitura!

O enredo principal de Um Sonho de Liberdade

Sem muitos spoilers, faz-se importante entender brevemente o enredo principal, interligá-lo à ciência contábil, gestão financeira e ao mundo corporativo.

O filme se passa em 1946, nessa data um bem-sucedido banqueiro chamado Andy Dufresne (Tim Robbins), tem a sua vida drasticamente alterada ao ser condenado a duas prisões perpétuas pelo homicídio de sua esposa e seu amante, crimes que o personagem nunca cometeu.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Ao ser mandado à prisão, Andy é recolhido à Penitenciária Estadual de Shawshank, em Maine nos Estados Unidos. Logo no início ele conhece agentes penitenciários corruptos e cruéis, mas faz amizade Ellis Boyd “Red” (Morgan Freeman), que conseguia tudo o que os outros queriam.

Durante o trabalho na prisão, o personagem escuta um dos guardas comentando com colegas que ganho uma quantia, mas pagaria um oneroso imposto de renda sobre o valor. Andy orientou o guarda como era possível receber o valor sem pagar o tributo, o que garantiu cerveja para seus amigos na prisão.

Após esse acontecimento, o protagonista começa a trabalhar no imposto de renda de todos, inclusive do diretor, como também se torna responsável por toda a contabilidade da propina e negócios dentro da prisão.

Andy é uma pessoa de amplo conhecimento em contabilidade e gestão financeira, ele usa sua inteligência para conseguir vantagens e controlar o mercado negro dentro do estabelecimento prisional.

6 lições de gestão financeira que podem ser absorvidas

Durante todo o filme é possível observar diversos detalhes em suas ações que trazem impactos positivos à sua gestão financeira. Confira nos tópicos seguintes quais são essas lições.

1. Esteja atento a todas as movimentações financeiras

Durante o filme nenhum detalhe passa despercebido por Andy, ele observa cada movimentação e contas, identifica fraudes do diretor, busca meios para limpar sua ficha e sempre memorizou as informações.

No final da trama, o protagonista utilizou os dados e informações que controlou para fazer o bem, regularizar as finanças do estabelecimento e conquistar seu sucesso fora do estabelecimento prisional.

2. Cuide dos processos legais

Andy preparou o Imposto de Renda de mais da metade dos colaboradores do estabelecimento, incluindo o diretor corrupto. Depois ele passou a trabalhar as contas de guardas de outras penitenciárias. Ele se torna responsável pela lavagem de dinheiro e fraudes cometidas pelo diretor.

Diante disso, ele também passa a ter controle sobre os processos legais do estabelecimento, tornando-se indispensável para a sua saúde financeira. No fim, o protagonista consegue usar seu controle esses processos para o bem, fazendo o que é certo perante a lei.

3. Corrija as falhas

Falhas são inevitáveis, elas podem ocorrer em diferentes gestões e é apenas uma questão de tempo até que as pessoas cometam. É trabalho do contador identificar as falhas nos processos contábeis e consertá-las a tempo para evitar prejuízos mais onerosos.

Durante o filme, Andy não apenas corrigiu as falhas relacionadas à contabilidade, como também torna todas as contas transparentes e reais no final do filme, inclusive perante a lei.

4. Faça avaliações constantes

No filme, há um personagem chamado Brook que ficou preso por mais de 50 anos no estabelecimento. Após ser solto, ele não consegue se adaptar ao mundo fora da prisão e acaba cometendo suicídio. Red faz uma observação relevante afirmando que ele estava “institucionalizado”.

Por ele ter passado tanto tempo na prisão, ele havia se tornado uma parte integrante do ambiente e não conseguia viver fora dela. Andy não esqueceu seus sonhos e não deixou se institucionalizar.

Essa é uma lição bastante importante não somente para gestores e contadores, mas para qualquer pessoa. Lembre-se de sempre fazer avaliações sobre a situação própria e de sua organização e redefinir seus objetivos.

5. Invista no planejamento estratégico

O contador não tinha um plano construído desde o início do filme, suas ações eram baseadas em planos de curto prazo. Entretanto, ele tinha um projeto final em mente: conquistar sua liberdade por meio de sua influência e controle das finanças.

Planejamento estratégico consiste em um conjunto de táticas e instrumentos que direcionam todas as ações de um empreendimento a um determinado fim. Esse tipo de plano tem aplicabilidade geral e seus objetivos são a longo prazo, é um mapeamento do momento atual e do futuro da organização.

Todos seus planejamentos menores, como suas amizades, criação de uma rede de influências, manejo das contas do estabelecimento, entre outros, auxiliam o personagem a alcançar seu objetivo final.

Isso se torna bastante evidente ao final do filme, que utiliza inteligentemente dos documentos que controlou em seu tempo na penitenciária para realizar seus sonhos.

6. Seja criativo

Andy solucionava os problemas dos personagens e da penitenciária de formas diferenciadas. Uma das necessidades resolvidas de uma forma inovadora foi a expansão da biblioteca da prisão.

Como a penitenciária não tinha verba para aumentá-la, Andy resolveu enviar cargas semanalmente para o governo requisitando capital para investimento, mesmo sendo desencorajado por todos. Posteriormente ele conseguiu resposta positiva, a biblioteca se expandiu e ele conseguiu até mesmo a formar condenados no ensino médio.

Um Sonho de Liberdade deixa claro que a contabilidade pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal. A gestão financeira e contábil são ferramentas amplas e úteis na vida de qualquer pessoa, como também em diferentes tipos de negócios, cabe ao contador saber como aplicá-las no seu cotidiano.

Há outros filmes que também trazem lições valiosas aos estudiosos do ramo. Veja nosso artigo que lista as 5 principais lições de gestão contábil que podem ser aprendidas com a obra O Contador!

Banners-internos-cta-blog-planilha-fluxo-de-caixa-mensalPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar