Assédio moral: conheça os tipos e como combatê-los na empresa

Assédio moral: conheça os tipos e como combatê-los na empresa
4 minutos de leitura

O ambiente de trabalho sofreu grandes transformações nas últimas décadas. Uma das principais mudanças refere-se à valorização dos trabalhadores e o cuidado com o bem-estar de cada um. Tal alteração comportamental aumentou as preocupações com as relações de trabalho e com os diversos tipos de assédio moral que podem ocorrer. 

Se há algum tempo esse tipo de situação era comum e sem nenhuma intervenção externa, hoje existem diversas penalidades previstas em lei, além do prejuízo para o ambiente de trabalho de todos. Para você entender um pouco mais sobre o assunto, organizamos um guia que vai lhe ajudar na hora de identificar os diferentes casos de assédio e combater esse comportamento na empresa.

O que é assédio moral?

O assédio moral consiste em uma violência que envolve uma série de situações vergonhosas, de perseguição, humilhação e constrangimento para o trabalhador. Normalmente ocorre a partir de indivíduos com cargos de chefia, mas pode acontecer em diversos níveis da empresa. 

Tais ações buscam diminuir, inferiorizar e desestabilizar emocionalmente o empregado em seu próprio ambiente, causando desconforto e afetando a sua saúde mental. Esse assunto ganha cada vez mais relevância no debate quanto ao papel da empresa na melhoria do bem-estar de seus colaboradores. 

Quais são os tipos de assédio moral presentes nas empresas?

A fim de entender como acontecem as situações de assédio moral em uma empresa, é importante saber que existem diferentes tipos. Para isso, explicamos, a seguir, como transcorre cada categoria de assédio moral. Continue a leitura e confira!

Assédio Vertical Descendente

Esse é o que ocorre com mais frequência nas empresas. Como o nome sugere, ele acontece quando um funcionário de nível hierárquico maior age contra um colaborador de classe menor.

Por exemplo, imagine que um diretor coloque qualquer trabalhador abaixo dele em uma situação vexatória, impondo apelidos que ofendem, fazendo-o enfrentar circunstâncias vergonhosas. Isso pode ser caracterizado como assédio vertical descendente.

Assédio Moral Organizacional

Esse tipo ocorre quando um colaborador passa a enfrentar dificuldades psicológicas criadas pelo ambiente de trabalho em que ele se encontra. Por exemplo, suponha que uma empresa force um cenário de extrema competição entre seus funcionários, utilizando de medo e ameaças para esse fim. Isso pode ser considerado assédio moral.

Portanto, a fim de evitar que essas situações ocorram em sua organização, preze sempre por ter um ambiente de trabalho harmonioso e saudável. Assim, sua equipe vai se sentir motivada para gerar resultados e que situações como essa não acontecem.

Assédio Moral Horizontal

Esse tipo de assédio ocorre entre funcionários de mesma hierarquia na instituição. Por exemplo, imagine a situação em que um colaborador cumpre um objetivo diário traçado pelo seu superior e acaba debochando de seu colega de trabalho que não alcançou a mesma meta. Situações como essa podem ser interpretadas como assédio moral horizontal.

Para evitar que isso ocorra, procure desenvolver um senso de companheirismo e uma boa relação interpessoal em seu time. Faça-os entender que todos no ambiente da empresa precisam ajudar-se para alcançar um resultado conjunto satisfatório.

Assédio Moral Vertical Ascendente

Essa classe de assédio moral é mais rara. Ela acontece nos casos em que um indivíduo de nível hierárquico inferior ofende seu superior. Por exemplo, imagine que o funcionário tenha conhecimento de uma informação sigilosa e a utilize para chantagear sua liderança. Tal atitude pode ser caracterizada por meio dessa categoria de assédio.

Para evitar que essa situação se apresente em seu negócio, preze por ter clareza em sua comunicação com todos os membros da organização. Para ajudar a evitar situações de assédio moral, detalhamos algumas dicas úteis que podem ajudar nessa tarefa. Não deixe de conferir!

Como combater o assédio moral nas empresas?

O assédio moral, além de prejudicar individualmente as pessoas que recebem essa violência no trabalho, prejudica também a empresa que tem a produtividade de sua equipe reduzida e um clima organizacional ruim. Por isso, vale adotar diversas estratégias de combate a esse tipo de comportamento.

Tenha um código de ética

O código de ética da empresa funciona como um guia de orientações básicas para os colaboradores. Por meio dele, é possível criar regras de comportamento, além de algumas dicas de boas práticas para o dia a dia. 

Vale reservar uma seção especial para os comportamentos que contrariam a cultura da empresa e oferecem margem para o assédio moral. Também é possível incluir um guia de orientações para mostrar como conduzir os processos internos dos indivíduos que desrespeitam o código. 

Crie um bom canal de comunicação

A falta de comunicação é um problema sério e que pode mascarar casos graves de assédio. Disponibilize para todos os funcionários um canal de comunicação seguro e anônimo, permitindo que eles façam qualquer denúncia nesse quesito. Pode ser um email que apenas os responsáveis pelo RH têm acesso ou qualquer outro canal que forneça liberdade e segurança para os colaboradores. 

Invista em educação e conscientização

Garantir um bom clima organizacional é primordial para obter sucesso na sua empresa, e um ótimo meio para isso é investir em educação e conscientização a todos os membros do seu time.

Dessa forma, assegurar que ocorram eventos como palestras e conversas construtivas sobre os tipos de assédio moral, como eles acontecem, o que deve ser feito caso se enfrente uma situação dessas é importante para evitar que esses fatos apareçam na empresa.

Estabeleça uma cultura de feedback

Os feedbacks são uma ótima forma de ajudar a melhorar a comunicação na empresa e evitar que problemas se espalhem. Além disso, é possível utilizar esse período para fazer correções e elogios, gerando motivação no seu time para buscar sempre o melhor para o negócio.

Outro ponto relevante em se utilizar as avaliações periódicas é que você consegue melhorar o clima organizacional na empresa. Assim, você vai evitar desentendimentos em diversos níveis no ambiente do seu negócio.

Viu só como conhecer os tipos de assédio moral e saber como evitá-los é fundamental para assegurar o sucesso da sua instituição? Com isso, você entende o que precisa ser feito para garantir que tudo esteja em ordem no clima da empresa e evita que surjam problemas que apresentem potencial para gerar dores de cabeça no cotidiano de trabalho.

Quer aprender mais sobre como gerir possíveis conflitos que apareçam em sua empresa? Então, siga-nos no Facebook, Instagram e YouTube e fique por dentro das novidades!

Últimos posts 👇

  • Gestão de inovação: por que as empresas devem investir nela?
    4 minutos de leitura A empresa que deseja se manter atuante no mercado, precisa investir na Gestão de Inovação. O gerenciamento e organização empresarial auxilia na atualização do seu negócio perante os consumidores, bem […]
  • Guia completo de como abrir uma empresa
    4 minutos de leitura Abrir uma empresa é, na maioria dos casos, uma das decisões mais importantes de sua vida. Junto dessa escolha surgem diversos desafios que podem ser superados por meio do trabalho […]
  • Líder do futuro: Seu papel nas relações de trabalho
    4 minutos de leitura Resiliência e adaptabilidade, flexibilidade cognitiva, escuta atenta, comunicação efetiva são algumas das características que estão moldando o perfil do líder do futuro e que irão determinar as novas relações de trabalho para esses próximos anos. […]
  • Confira a importância do CNAE – Classificação Nacional de Atividades Econômicas
    4 minutos de leitura Com o objetivo de fazer um bom trabalho contábil, é fundamental conhecer as diversas especificações que o governo federal definiu para listar a empresa em suas atividades econômicas. Um recurso […]