Gestão de pessoas

Quanto custa demitir um funcionário? Veja como reter seus talentos!

Quanto custa demitir um funcionário? Veja como reter seus talentos!
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 19/07/2019 Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Muitas vezes os gestores se concentram tanto em suas gestões que acabam esquecendo de considerar um cálculo muito impactante para as contas da empresa, que é saber quanto custa demitir um funcionário.

Esse é um tema essencialmente relevante, pois as verbas rescisórias impostas pela legislação trabalhista brasileira são bastante onerosas e penalizadoras. Além disso, o administrador também precisa conhecer as novas disposições da reforma trabalhista, que trouxe um acordo rescisório.

A estratégia a ser adotada pelo empreendedor é selecionando o candidato mais adequado para a vaga, de forma que ele permaneça na empresa por longo vago e tenha interesse de fazê-la desenvolver. Assim ele retém os talentos e reduzir os custos indiretos.

Neste artigo vamos apresentar os custos diretos e indiretos ao demitir um colaborador. Depois, apresentamos as melhores soluções que reduzem o turnover, os custos indiretos na demissão e reter os talentos! Boa leitura!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Quais são as verbas rescisórias?

Antes de descobrir quanto custa demitir um funcionário, é preciso aprender quais são as verbas rescisórias. Esses são os valores a serem passados para o funcionário que estão previstos na Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT. A legislação traz diferentes valores dependendo da iniciativa da parte que rescindiu o contrato. Veja as hipóteses e as verbas a seguir.

Demissão sem justa causa

Quando a empresa dispensa o funcionário sem que esse último tenha qualquer culpa ou causado prejuízo à empresa. As verbas são:

  • 13º salário: proporcionalmente aos meses trabalhados no ano;

  • férias: também proporcionalmente aos meses mais 1/3 constitucional;

  • saldo de salário: dias trabalhados no mês da dispensa e eventuais adicionais;

  • fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS): multa equivalente a 50% dos depósitos do FGTS do funcionário;

  • aviso prévio: varia conforme o tempo de serviço (30 + 3 dias por ano laborado), que podem ser trabalhados ou indenizados, também deve ser somado 1/12 de férias e 13º salário como um mês comum.

Demissão por justa causa

Hipótese em que o colaborador comete uma falha grave que gere a sua dispensa como o abono de emprego, furto de bens, desídia nas funções, indisciplina e insubordinação, assédio sexual, agressões físicas etc. Nesse caso as verbas são:

Pedido de demissão

Aqui o próprio colaborador pede o desligamento da empresa. Os custos são:

  • aviso prévio;

  • saldo de salário;

  • férias;

  • 13º.

Demissão acordada

Essa é uma novidade trazida pela reforma trabalhista, aqui a demissão é consensual entre ambos os lados. Seu objetivo é acabar com as demissões informais que eram bastante comuns no país. Nesse caso, são apuradas as seguintes verbas:

  • multa rescisória de 20% do FGTS;

  • metade do valor do aviso prévio indenizado;

  • férias vencidas, proporcionais e abono de 1/3;

  • 13º proporcional;

  • saldo de salário.

Quais são os custos indiretos na demissão?

Para entender melhor quanto custa demitir um funcionário, mostramos nesse tópico os outros custos da empresa que não constituem as verbas rescisórias. São aqueles gastos com contratação, substituição de funcionário entre outros. Confira eles a seguir.

Custo Hora/RH

O departamento de Recursos Humanos – RH da empresa, como nome indica, é responsável por selecionar os candidatos e gerenciá-los, dispondo sobre benefícios, medidas para retê-los etc.

Os custos desses serviços aumentam conforme haja mais trabalho para os profissionais, pois a precificação do RH consiste em um pacote de serviços baseado no custo por hora. A partir dessa lógica, quanto maior a rotatividade de uma empresa, maiores serão os gastos do seu negócio com o departamento.

Hora extra

Logicamente quando um funcionário desliga da empresa seu cargo ficará temporariamente vago. Mas as operações da empresa não devem paralisar por esse evento, fazendo com que seja necessário alocar um funcionário para cobrir suas funções.

Normalmente as empresas pedem para outros funcionários trabalharem horas extras para atingir a meta até que seja contratado novo profissional. Esse é um custo alto que deve ser considerado no cálculo, pois a empresa pagará o salário por hora acrescido de, no mínimo, 50%.

Treinamento de integração

Os colaboradores recém-contratados precisam saber como funcionam os processos da empresa, saber utilizar o software de gestão adotado e como desempenhar suas funções de forma específica para suprir as necessidades da organização.

Trata-se do treinamento de integração, ele gera custos para a empresa de duas formas: o dispêndio do capital para treiná-lo e o transcorrer de tempo necessário até que ele atinja um grau de produtividade satisfatório.

Hora de treinamento dessa pessoa no setor

Dependendo da complexidade do cargo a ser ocupado pelo novo funcionário, o volume de horas de treinamento pode ser excessivamente alto, principalmente se não comporta erros e utilizam processos diferenciados.

Faz-se bastante importante que essa hora de treinamento seja considerada, pois você terá um colaborador sendo remunerado que ainda não produz para a empresa.

Quais são as melhores estratégias para reter talentos?

Reter os melhores talentos da empresa a beneficia sob diferentes aspectos. Um deles é na diminuição da taxa de turnover (rotatividade de funcionários da empresa), como também na redução dos custos diretos e indiretos de demissão.

Além disso, como você terá os colaboradores com perfil ideal e motivados a trabalhar, haverá um grande aumento da produtividade e dos ganhos da empresa. Veja nos tópicos abaixo como alcançar esse objetivo.

Oferecer um bom plano de carreira

Um plano de carreira é um dos principais fatores que estimulam os colaboradores a aumentar a produtividade, desenvolver qualidades de liderança e criar novos projetos benéficos para a organização.

Recomenda-se que a progressão do profissional no plano de carreira ocorra por meio do alcance de objetivos e metas. Isso elimina incertezas do funcionário e faz com que ele se esforce para alcançar os objetivos.

Prezar pela segurança profissional

Empresas instáveis, com risco de falência ou diminuição que acarrete demissões, são fatores que fazem com que os funcionários não se dediquem completamente ao negócio e se concentrem a encontrar cargos mais seguros em outros lugares.

Com a segurança profissional, maior certeza de continuidade e sobrevivência do negócio, os colaboradores se sentem mais tranquilos e seguros de continuar na empresa.

Tornar o ambiente mais agradável

Ambientes de trabalho desagradáveis são aqueles com constantes cobranças, metas excepcionalmente difíceis de serem alcançadas, muitos trabalhos burocráticos e estressantes. Isso gera um clima de tensão para todos os colaboradores

Para solucionar essa questão, recomenda-se incentivar comportamentos amigáveis, conceder minutos de descanso além do intervalo para almoço e, principalmente, adotar um bom software de gestão.

Essa última dica reduz as atividades burocráticas, trabalhos estressantes e chances de erros, o que torna o trabalho mais leve, produtivo e agradável ao funcionário.

Aplicar pesquisa organizacional

Cada empresa tem suas próprias peculiaridades e ambiente de trabalho, como também os colaboradores têm perfis diferenciais e necessidades.

Por isso é preciso realizar pesquisas organizacionais que buscam entender os problemas dos profissionais, nível de satisfação com o trabalho, quais benefícios são preferíveis etc. Assim você saberá como satisfazer seus talentos para retê-los na empresa.

Muitos empreendedores não se preocupam em saber quanto custa demitir um funcionário e acabam arcando com prejuízos altíssimos, pois não consideram os custos indiretos. Além disso, a retenção de talentos aumenta a produtividade e auxilia no crescimento empresarial.

Acesse nosso artigo para saber outras 5 ações que reduzem os custos e fornecem a gestão financeira eficiente do negócio.

Quanto custa demitir um funcionário? Veja como reter seus talentos! 1Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar