Gestão contábil

O guia prático e estratégico para crescer na carreira contábil

O guia prático e estratégico para crescer na carreira contábil 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 19/12/2018 Tempo estimado de leitura: 17 minutos

ESTÁ SEM TEMPO PARA LER? CLIQUE NO PLAYER ABAIXO E OUÇA TODO O CONTEÚDO DE FORMA SIMPLES E PRÁTICA!

Foi-se o tempo em que contador era sinônimo de um burocrata com responsabilidades escriturais e repetitivas. O mercado de contabilidade se transformou nos últimos anos e, com ele, a carreira contábil também. Hoje, o profissional dessa área é muito mais um consultor de negócios estratégico do que um simples guarda-livros.

A cada dia, novas tecnologias e mudanças na legislação fiscal desafiam os profissionais do setor, que precisam se adaptar constantemente e nunca parar de aprender. Ao mesmo tempo, essa transformação abre novas oportunidades de negócios e possibilidades de desenvolvimento na carreira, que é ampla e conta com diversas frentes de atuação.

E mesmo em um cenário de crise econômica, o panorama de quem trabalha ou pretende trabalhar com ciências contábeis não piorou: pelo contrário, nunca foi tão importante esse tipo de capital intelectual para assegurar um bom desempenho financeiro na empresa e inteligência fiscal para reduzir gastos com impostos sem descumprir com os deveres com a sociedade e com as obrigações tributárias.

O objetivo deste artigo é demonstrar as possibilidades de crescimento e sucesso profissional na carreira contábil. Vamos falar sobre o mercado da área no Brasil e como se preparar para evoluir profissionalmente no setor.

Além disso, também explicaremos quais são os vários tipos de profissionais que trabalham na área contábil e quais caminhos podem ser seguidos neste ofício. Boa leitura!

Qual o panorama do mercado contábil no Brasil?

O mercado contábil está em alta no Brasil. Apesar das incertezas trazidas pela crise financeira, o papel dos especialistas no setor se amplificou, com novas oportunidades em áreas como auditoria, controladoria, tesouraria, entre outros.

O cenário também é positivo para quem pensa em abrir o próprio negócio e assessorar outras empresas com um escritório de contabilidade. Apesar de ser um segmento bem competitivo, existe uma alta demanda pelo serviço, já que cada novo empreendimento deve contratar por lei os serviços de um contador.

Com o surgimento de novos negócios, especialmente startups inovadoras nas áreas de tecnologia e serviços, se amplificam também os nichos da contabilidade que podem se tornar a especialidade de um escritório.

Outra razão que justifica a alta de interesse e demanda por serviços contábeis é a transformação do setor pela introdução de novas tecnologias. No passado, boa parte do trabalho do contador era burocrático e documental, o que rendia ao profissional do setor o apelido de guarda-livros.

Hoje, cabe ao profissional da área uma atuação mais estratégica, enquanto softwares automatizados assumem a parte mais repetitiva do trabalho e simplificam sua execução. Além disso, a chegada do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e do eSocial também informatizaram boa parte do relacionamento do setor de contabilidade com o poder público.

Qual é o perfil do profissional de contabilidade?

Ao mesmo tempo em que é cheio de oportunidades, o mercado do profissional de contabilidade é bem concorrido. Os profissionais da área cada vez se qualificam mais para atender a demandas de clientes e parceiros, muitas vezes exercendo funções estratégicas junto às demais lideranças do negócio.

Para atuar nesse setor, a graduação em ciências contábeis é apenas um primeiro passo na formação do profissional. O contador nunca pode deixar de investir no seu desenvolvimento e deve buscar sempre se manter atualizado, especialmente em relação às novas tecnologias.

A transformação digital é algo que chegou antes para a contabilidade. Os processos e atividades dessa área já começaram a ser afetados por tecnologias disruptivas há alguns anos e hoje o trabalho é completamente digitalizado.

Isso significa que quem não conseguiu acompanhar o ritmo de mudanças recentes na área perdeu espaço e certamente tem dificuldade em encontrar trabalho. Mas isso é incomum: profissionais de contabilidade já estão acostumados com metamorfoses constantes no seu cotidiano, como as alterações em leis e regulamentos fiscais.

Por essa razão, o perfil do profissional de contabilidade é de alguém com alta capacidade de adaptação e aprendizado constante. Nunca deve parar de se aperfeiçoar, tanto estudando sozinho, como autodidata, como com cursos e treinamentos.

Profissão dinâmica

Engana-se quem imagina que a carreira de contabilidade é entediante. O ambiente é de pressão constante por resultados, muito trabalho e desafios diferentes a cada dia. A parte mais burocrática e repetitiva hoje é feita por softwares. O profissional especialista no setor precisa atuar com dinamismo e atender demandas variadas no seu cotidiano.

A agilidade também é uma característica importante nos melhores profissionais da área. Com informações financeiras coletadas em tempo real nas empresas, é possível tomar decisões rápidas para reverter resultados negativos ou aprimorar estratégias que já estão dando certo.

Ninguém espera mais o fim do mês ou do exercício para fazer mudanças na forma que a contabilidade é feita em um negócio. Esses ajustes podem acontecer até mesmo mais de uma vez em um dia e cabe ao contador definir a melhor forma de executar o trabalho.

Experiência continua sendo importante

E por mais que a contabilidade tenha se transformado com a chegada de tecnologias disruptivas e a digitalização do trabalho, a experiência de quem já está há um longo tempo na área continua sendo muito valiosa. Os conflitos entre as gerações até existem dentro da contabilidade, mas tanto o entusiasmo do iniciante como o conhecimento do veterano são importantes para o trabalho.

Como já foi dito, mesmo antes da chegada das novas tecnologias os contadores já tinham o costume de se adaptar ao novo, já que atualizações em leis e regulamentos acontecem com regularidade no Brasil. Portando, os veteranos do setor que ainda estão na ativa certamente sabem como fazer para se reinventar constantemente e continuar na dianteira do mercado.

Além disso, a bagagem de conteúdo pode até ficar obsoleta, mas quando um profissional passa por uma situação similar à que já viveu no passado, certamente saberá encontrar soluções melhores com base na sua experiência, ainda que algumas regras e processos sejam diferentes.

E, claro, com mais tempo de carreira, o contador já se aprimorou bastante e tem métodos de trabalho para evitar erros. Isso faz com que ele seja ainda mais eficaz na execução das suas tarefas.

Proatividade e organização são essenciais na contabilidade

Proatividade e organização são características desejáveis em praticamente qualquer tipo de profissional. Seria pleonástico enfatizar isso no perfil do contador se não fosse pelo grau de importância que essas duas habilidades têm para quem pretende seguir carreira na área.

A organização é uma competência tão básica na contabilidade como a capacidade de somar e subtrair. Quem não lida bem com planilhas, catálogos de documentos e volumes grandes de informações não se dá bem como contador.

Claro, antes da praticidade trazida pelos softwares de contabilidade, essa habilidade era ainda mais importante e decisiva. O suporte dessas tecnologias deixou essa parte do trabalho bem mais fácil. Mas, ainda assim, os princípios de organização continuam a ser decisivos para o sucesso na contabilidade.

Já a proatividade pode ser descrita como a iniciativa em agir antes de ser demandado. Um contador que só trabalha de forma reativa, respondendo a estímulos externos de chefes e datas da Receita Federal é pouco útil para o setor.

É importante tomar decisões ativas para se antecipar aos riscos de mercado e se planejar de forma mais eficaz. Por dominar a área, um contador precisa ser capaz de tomar a iniciativa e propor soluções para seus clientes que sejam melhores que a que eles imaginaram.

Quem são os profissionais da área contábil?

Na contabilidade, existem outros profissionais além do contador e do contabilista. E além da possibilidade de empreender com um escritório próprio para atender muitos clientes ou de trabalhar dentro de uma grande empresa, os especialistas em ciências contábeis podem seguir diversos outros caminhos. Vale a pena conhecer alguns deles:

Auditor

Em pleno crescimento, a área de auditoria é extremamente importante dentro da contabilidade. O profissional que escolhe esse caminho se especializa em avaliar a forma que os recursos financeiros de uma empresa são empregados.

A ideia é não só encontrar irregularidades que precisam ser sanadas nas finanças como também analisar se existem maneiras mais inteligentes de direcionar os investimentos da organização.

Controller

Nem sempre o Controller, também chamado de gerente de controladoria, é um profissional da área de ciências contábeis, mas, sem dúvida alguma, dominar essa área faz uma diferença imensa para quem ocupa o cargo.

O Controller é o responsável por controlar e gerenciar as finanças de uma empresa, combinando o conhecimento em contabilidade com habilidades práticas de administração e compreensão do negócio. Com salários altos, é um cargo cobiçado em qualquer organização.

Perito Contábil

O perito contábil é um tipo de especialista que analisa finanças de empresas e órgãos públicos em busca de irregularidades, desvios e utilização indevida de recursos. Apesar dessa área ter algumas interseções com a auditoria, já que ambas revisam o trabalho de contabilidade já realizado, existem algumas diferenças importantes entre as duas.

Enquanto a auditoria é constante e de maior abrangência, a perícia é um trabalho com rigor metodológico maior, que serve como comprovação ou não de um questionamento. Enquanto a atividade de auditoria envolve mais inspeção e revista, a perícia é mais investigativa.

Tanto a auditoria quanto a perícia, por lei, só podem ser executadas pelo profissional de ciência contábeis.

Consultor financeiro

O consultor financeiro é um caminho interessante para quem pensa em empreender na área de contabilidade. Esse profissional atua de forma estratégica, prestando serviços como o planejamento tributário, análise financeira e dicas de comércio exterior.

Especialista em contabilidade, o consultor muitas vezes também é o contador de uma empresa, mas nada impede que os papéis sejam feitos por pessoas diferentes.

Professor ou pesquisador

Um outro caminho possível na carreira de contabilidade é a academia. Quem quer se dedicar aos estudos pode partir para mestrados e doutorados para conseguir oportunidades como professor universitário.

Também é possível se dedicar a pesquisas no setor, com o objetivo de desenvolver avanços metodológicos na área.

Contador

O contador é o profissional de ciências contábeis mais conhecido. E não é à toa: toda empresa brasileira precisa contar com os serviços de um contador, por força da lei.

Por isso, as possibilidades de atuação do contador são inúmeras, desde trabalhar em negócios na indústria ou no setor rural até assumir a contabilidade de ONGs e associações sem fins lucrativos.

Além disso, contadores independentes também podem oferecer a contabilidade sob demanda, com serviços temporários e pontuais para clientes diversos.

Por que é importante um plano de carreira na contabilidade?

Apesar de muitas vezes atuarem como autônomos, prestando serviços para terceiros ou empreendedores em um escritório próprio, muitos profissionais de contabilidade são contratados e constroem suas carreiras dentro de empresas e outros tipos de organização.

E para quem trilha esse caminho, é muito importante buscar por empregadores que ofereçam planos de carreira sólidos e meritocráticos, que estimulem o aprimoramento na profissão e recompensem os bons profissionais com salários proporcionais.

Da mesma forma, quem empreende na área e pensa em contratar contadores para ampliar a produtividade contábil do seu negócio também deve entender a importância de um plano de carreira: ninguém quer trabalhar em uma empresa com a sensação de que está parado no tempo e não consegue evoluir.

O plano de carreira nada mais é que um regulamento que define as condições necessárias para que um profissional seja promovido e progrida na hierarquia organizacional da empresa.

Ele é importante para orientar a equipe com clareza em relação ao que é preciso desenvolver para buscar cargos e salários melhores dentro da empresa. Esse tipo de transparência melhora o clima da equipe, ajuda na motivação de cada colaborador e potencializa a atração e retenção de talentos do negócio.

Para os profissionais, o plano de carreira é uma orientação importante e um caminho claro de evolução. Como já foi dito algumas vezes neste artigo, na área de contabilidade não é possível parar de aprender. Com um plano de carreira, fica mais fácil saber o que deve ser desenvolvido e se sentir motivado para chegar lá.

10 dicas para crescer na carreira contábil

Se destacar em um mercado vasto e concorrido como a contabilidade não é nada fácil. Dependendo do caminho escolhido pelo profissional, serão muitos os desafios e os concorrentes que precisam ser superados para chegar até lá.

Mas com perseverança e muito trabalho é possível atingir o sucesso e se realizar profissionalmente na área. Para ajudar nessa jornada, destacamos aqui 10 dicas para quem quer crescer na carreira contábil. Confira todas!

1. Comece a se destacar já na graduação

Não é preciso esperar a faculdade terminar para começar a investir na carreira contábil. Quem ainda é universitário deve aproveitar as oportunidades de estágio para desenvolver habilidades profissionais e se introduzir no mercado de trabalho. Esse também é o momento para considerar o trabalho voluntário em escritórios de advocacia e se cadastrar em centrais de estágios .

Outra possibilidade é se dedicar aos estudos com o objetivo de não só aprender o máximo possível que a universidade pode oferecer como também se destacar entre colegas e professores, que também fazem parte do mercado profissional e terão no bom aluno uma expectativa de um bom profissional.

Além disso, nunca é cedo demais para pensar em avançar com uma segunda graduação em uma área similar, como direito, administração ou economia. Enquanto o conhecimento em direito é bem valorizado e acrescenta muito à formação de contador, se a perspectiva e o sonho do estudante é perseguir uma vaga como a de controller, todo conhecimento que agrega valor é recomendado.

Pensar em emendar a faculdade com pós-graduações, mestrados e doutorados também pode ser uma boa alternativa, especialmente para quem ambiciona seguir na academia.

2. Aprenda novos idiomas e regras fiscais de outros países

Um contador não precisa ficar restrito ao mercado brasileiro. Internacionalizar o negócio não só é algo possível como extremamente recomendado, já que muitos clientes nacionais de um escritório de contabilidade podem ter atividades em outros países.

Portanto, é recomendável investir no aprendizado de novos idiomas e, com eles, as regras fiscais de outros países. Além de saber o inglês, o contador precisa entender também como funciona a contabilidade em países como Inglaterra e Estados Unidos, por exemplo, se pretende atender empresas exportadoras.

Além disso, quando uma empresa estrangeira quer firmar os pés no Brasil, certamente buscarão por profissionais que entendem as regulações dos seus países de origem e dominem também as peculiaridades do Brasil.

3. Participe de capacitações oferecidas pelas entidades de classe

As oportunidades de aprimoramento, muitas vezes, são disponibilizadas pelas próprias entidades de classe, como os conselhos regionais e o Conselho Federal de contabilidade.

Os cursos e seminários normalmente são oferecidos com descontos especiais para profissionais da área que estão regulamentados nos conselhos e estudantes de algumas universidades.

Entre os temas, se destacam os programas voltados para detalhes da legislação fiscal brasileira, o que é interessante não só para quem quer aprender pela primeira vez como quem só precisa se atualizar sobre o tema.

E os eventos promovidos por essas entidades também são oportunidades de trocar experiências com outros contadores e buscar contatos para networking na área.

4. Acompanhe as tendências de tecnologia no setor

A tecnologia é fundamental na contabilidade contemporânea. Hoje, softwares especializados em contabilidade são uma ferramenta tão essencial para o trabalho na área como uma pá é para um jardineiro.

O contador deve sempre buscar estar à frente e se capacitar com treinamentos nesses softwares, para não se tornar obsoleto como o os “guarda-livros” do passado. Além disso, é crucial acompanhar as tendências de tecnologia para o setor, de modo a se manter na frente e poder oferecer o que há de mais moderno aos seus clientes.

5. Aperfeiçoe-se estudando todas as novidades

Para continuar aprendendo sempre, o contador não deve esperar apenas por cursos ou treinamentos para desenvolver suas habilidades. É importante ser proativo e estudar como autodidata, seja por meio de materiais online, como vídeos e conteúdos de blogs, ou por meio de uma rica bibliografia.

A recomendação é sempre reservar uma parte da rotina para o aprendizado. E a prioridade aqui são os conhecimentos relacionados à área de atuação do contador.

6. Tenha foco em uma área, mas conheça um pouco das outras

Para se destacar na contabilidade, é preciso ter um objetivo principal: ele pode ser o de ter o próprio escritório e atender a muitos clientes, como contador ou consultor financeiro, ou, então, de conquistar uma vaga de auditor ou controller em uma grande empresa. Uma vez que essa meta é definida, é preciso foco para evoluir ao máximo nela, evitando distrações que vão no sentido oposto ao objetivo traçado.

Mas, ao mesmo tempo, faz parte dessa evolução entender, mesmo que superficialmente, um pouco do funcionamento das outras especialidades da contabilidade, especialmente quando é preciso integrar o trabalho com outros profissionais que operam nelas. Estudar direito fiscal também é importante em qualquer especialização da contabilidade.

7. Desenvolva uma rede de relacionamentos e faça networking

Importante em qualquer carreira, o networking é essencial para o reconhecimento no mercado. Além disso, contatos ajudam a gerar negócios, mesmo que indiretamente: um amigo que também é contador pode indicá-lo para um cliente quando estiver com a agenda cheia, por exemplo.

E também pode ser importante desenvolver uma rede de relacionamentos para fazer parcerias e trocar experiências profissionais.

8. Invista no marketing pessoal

Investir na própria imagem e reconhecimento é extremamente importante na contabilidade, especialmente para os profissionais que trabalham como autônomos e dependem disso para gerar novos negócios.

Portanto, vale a pena desenvolver uma presença online forte para atrair clientes e se tornar autoridade na área, com blog e redes sociais ativas.

Outra técnica é cuidar do próprio visual: em uma visita a um cliente, a aparência não é algo fútil, mas, sim, de grande importância, pois exercerá certo impacto na primeira impressão do profissional.

9. Desperte suas habilidades de liderança

Chega um momento na carreira em que é preciso lidar com pessoas e motivar equipes. E para realizar isso, além de conhecimento técnico, é preciso saber como liderar.

Cada tipo de profissional tem um perfil de liderança diferente. Para despertar essa habilidade é recomendável se conhecer bem e saber como sua atitude inspira os outros.

Quando o contador assume a responsabilidade de líder de uma equipe, ele se torna um exemplo de comportamento e o foco das atenções. Portanto, vale a pena desenvolver a liderança para não estragar essa oportunidade.

10. Tenha perseverança e aprenda com seus erros

Por fim, lembre-se de que o desenvolvimento profissional nem sempre é um caminho linear. Alguns saltos na carreira podem parecer muito ousados, enquanto mesmo pequenas derrotas desanimam quando se parece retroceder na evolução.

A dica final é não desanimar com os contratempos e ter persistência. Cada erro é uma nova oportunidade de aprendizado e de evolução. A progressão profissional na carreira de contabilidade pode até não ser fácil, mas esperamos que com o conteúdo deste artigo algumas questões tenham sido elucidadas e seja possível entender melhor como evoluir na área.

E agora que você já sabe como crescer na carreira contábil, que tal assinar nossa newsletter para ficar por dentro de novas dicas sobre contabilidade? Esperamos você!

Fortes tecnologia consultor contadorPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar