Gestão contábil

Contabilidade sob demanda: saiba como ofertar serviços pontuais e eventuais

Contabilidade sob demanda: saiba como ofertar serviços pontuais e eventuais 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 22/08/2018 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

ESTÁ SEM TEMPO PARA LER? CLIQUE NO PLAYER ABAIXO E OUÇA TODO O CONTEÚDO DE FORMA SIMPLES E PRÁTICA! 

A contabilidade sob demanda surgiu de uma mudança no perfil dos empreendedores e o uso mais intenso da tecnologia. Ela exige que os contadores aperfeiçoem suas habilidades não apenas na área contábil e fiscal, mas, também, nos campos de relacionamento com cliente, negociação e vendas.

Essas características serão cada vez mais importantes para o profissional que busca oferecer um serviço de qualidade aos clientes. Essas mudanças também podem transformar o perfil dos escritórios, que poderão funcionar no modelo home office. Quer entender melhor o conceito de contabilidade sob demanda e suas implicações? Acompanhe!

O que é contabilidade sob demanda?

Esse é um novo modelo de praticar a contabilidade. Ele se baseia no serviço focado em atender questões pontuais dos clientes para resolver um problema específico, sem que haja um contrato anual de trabalho.

Assim, o contador precisará identificar as oportunidades do mercado e oferecer um trabalho que atenda às características de cada empresa. Por exemplo: algumas companhias podem buscar o serviço contábil para realizar uma avaliação financeira e corrigir eventuais problemas de gestão.

Essa é uma atividade que pode demorar alguns meses para ser executada, mas não precisa ser mantida por muitos anos. Situação semelhante ocorre com os casos de auditoria, em que a empresa passa por uma minuciosa avaliação de suas contas. O serviço é realizado em um período específico do ano e se encerra com a análise dos auditores.

Essas situações são diferentes do que ocorre com os serviços de folha de pagamento e conciliação bancária, que demandam um acompanhamento mensal do contador. Sendo assim, a contabilidade sob demanda busca oferecer um serviço diferenciado aos empresários e focado na resolução de suas particularidades.

Como será o futuro do trabalho do contador?

Seguindo essa perspectiva de contabilidade sob demanda, a atuação do setor contábil será diferenciada em um futuro próximo. Muitas vezes, não será necessário manter uma estrutura física que oferece um custo mensal de aluguel e compra de equipamentos.

O profissional poderá atuar em modelo home office e, ainda assim, oferecer um serviço de qualidade. Entenda mais a seguir:

Uso da tecnologia

As soluções tecnológicas foram criadas para facilitar o dia a dia dos profissionais, oferecendo mais agilidade e eficiência para as atividades burocráticas. Dessa maneira, muitos softwares do mercado já podem operar na nuvem, o que possibilita a automação da rotina contábil de qualquer lugar com acesso à internet.

Esse modelo de sistema também permite um extenso armazenamento de dados, pois eles são alocados na nuvem com total segurança. Desse modo, o contador pode atender inúmeros clientes diferentes, pois ele conta com uma solução para gerenciar e armazenar os dados de todos.

Esses softwares que operam na nuvem também favorecem o compartilhamento de arquivos entre a empresa e o contador. Assim, é possível solucionar qualquer dúvida rapidamente e atualizar informações no mesmo documento.

Relacionamento virtual

Assim como os softwares que operam na nuvem, o atendimento ao cliente passará por um processo de modernização. As tecnologias já permitem que você converse com um cliente de qualquer lugar, desde que tenha uma excelente conexão de internet.

Dessa maneira, não haverá mais barreiras para o atendimento aos clientes de diferentes lugares do país. Contará mais a expertise do profissional e sua capacidade de entregar o que prometeu, do que a sua localização geográfica.

Soluções como Skype e Appear.in possibilitam a criação de videoconferências, compartilhamento de tela, envio de arquivos e criação de reuniões pela web. O WhatsApp para negócios também estreita os laços entre o contador e os clientes, uma vez que ele possibilita a troca de mensagens instantâneas. Isso assegura mais agilidade no esclarecimento de dúvidas e resolução de problemas.

É importante se lembrar de que a nova geração de empreendedores já está conectada o dia inteiro por meio dos dispositivos móveis. Logo, as soluções que valorizam essa forma de comunicação serão as preferidas dos clientes.

Precificação baseada no valor do serviço

Um escritório que oferece um serviço diferenciado não conseguirá, muitas vezes, cobrar o trabalho baseado na hora/atividade. Isso porque algumas demandas exigem tempo de pesquisa, reuniões com os empresários, análise de documentos e outras questões complexas.

Nesse sentido, é muito importante considerar mais o valor do serviço que se entrega ao cliente do que o tempo investido na atividade. Para tanto, é fundamental o contador compreender quais são os benefícios que o seu trabalho oferece ao empresário.

Por exemplo: um serviço de análise financeira pode ajudar a encontrar problemas no gerenciamento do dinheiro e apresentar práticas que podem ser adotadas para fazer o recurso render mais.

Nesse caso, o valor do serviço está no retorno que ele dará ao cliente. Imagine uma empresa que contrata um serviço para recuperar crédito. A atividade do contador gerou R$ 1 milhão de retorno ao negócio. O profissional pode perceber, então, que o seu trabalho gerou um benefício financeiro, com recursos que poderão ser investidos no crescimento da empresa.

Portanto, essa é uma atividade que precisa ser valorizada e cobrada com base nas vantagens que ela apresenta ao empreendedor. Cada situação tem sua particularidade e cabe ao profissional avaliar o contexto para saber precificar o seu serviço.

Profissional com múltiplas habilidades

A tecnologia trouxe muitas facilidades ao contador, mas também exige que ele saiba se reinventar. Quem hoje atua apenas nas atividades burocráticas precisa buscar conhecimento para ampliar o seu campo de atuação.

Para tanto, o contador pode investir em cursos de vendas, oratória, técnicas de negociação e gestão de empresas. Isso contribuirá para que ele possa oferecer serviços de consultoria e aconselhamento estratégico. Caso ele atue por conta própria, por exemplo, as técnicas de vendas e negociação poderão ajudá-lo a oferecer o serviço ao cliente de maneira atrativa.

O profissional precisa ter habilidades de comunicação, apresentação de ideias, negociação e análise estratégica para manter uma forte presença no mercado. Só assim ele saberá atender aos clientes que precisam de serviços diferenciados.

Como você pode notar, a contabilidade sob demanda é uma tendência de mercado e exigirá a inovação por parte dos profissionais. Quem sair na frente terá maiores chances de sucesso.

Então, o que acha de se preparar para encarar as mudanças e oferecer um serviço ainda melhor aos clientes? Confira o e-book sobre as tendências do profissional de contabilidade!

Baixe o checklist e saiba como ser um consultor contador!Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar