Gestão financeira

Nota fiscal para MEI: como funciona e faço sua emissão?

Nota fiscal para MEI: como funciona e faço sua emissão? 1
Atualizado em: 03/10/2018 Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Muitos empreendedores individuais ainda têm dúvidas a respeito da emissão de nota fiscal para MEI (Microempresas Individuais), mas essa tarefa não é um bicho de sete cabeças.

Em linhas gerais, o MEI não precisa emitir nota fiscal para pessoa física se esta não exigir, contudo está obrigado a emiti-la quando vender ou prestar serviços para empresas – exceto quando o destinatário emitir nota fiscal de entrada.

No que diz respeito à aquisição de produtos ou serviços, a exigência de nota fiscal do fornecedor é obrigatória.

Veja o artigo e acompanhe nossas dicas importantes de como funciona a nota fiscal com o MEI.

Como emitir a nota fiscal para MEI?

Basta se dirigir até a Secretaria de Fazenda do seu estado quando a nota fiscal é destinada a atividades de venda ou prestação de serviços ligadas ao transporte, seja intermunicipal ou interestadual.

Se a atividade for de prestação de serviços ou ligada ao serviço de transporte municipal, é necessário dirigir-se a Secretaria de Fazenda Municipal. Nelas, o MEI irá solicitar a Autorização de Impressão de Nota Fiscal – AIDF.

Após emitida a autorização, o empreendedor deve solicitar que uma gráfica confeccione o bloco de notas fiscais para preenchimento posterior.

O MEI poderá solicitar sempre que for preciso, junto as secretarias descritas, a emissão de nota fiscal avulsa, seja ela impressa ou eletrônica, caso não tenha autorização para emitir as notas fiscais por meio de seu próprio talão ou por qualquer empecilho.

O MEI também pode emitir a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). As regras são diferentes conforme o estado, confira no ícone.

Conheça o artigo completo sobre as 11 principais dúvidas sobre a Nota Fiscal 4.0.

Quais são as obrigatoriedades?

O MEI deve imprimir e preencher mensalmente o relatório de receitas brutas mensais, de acordo com o modelo disponibilizado no Portal do Empreendedor. Lembrando que o empreendedor precisa manter o controle de suas notas fiscais emitidas e arquivá-las pelo prazo de cinco anos, contados a partir de sua emissão.

Uma dúvida bastante comum refere-se aos produtos (novos ou usados) adquiridos de pessoas física ou jurídica sem comprovação fiscal, ou seja, sem a nota fiscal.

Nesses casos, o MEI precisa emitir uma Nota Fiscal de Entrada, em seu próprio bloco (talão), preenchendo a opção de entrada de mercadoria com seus dados no campo de destinatário.

Nele devem ser discriminadas as mercadorias que foram adquiridas sem comprovantes, solicitando assim a emissão de uma nota fiscal avulsa diretamente a Secretaria de Fazenda Estadual.

Faturamento

Também é responsabilidade do Microempreendedor Individual informar o seu faturamento anual à Receita Federal do Brasil.

Para tanto, é preciso acessar o Portal do Simples Nacional e solicitar a Declaração Anual do MEI – DASN-SIMEI. O prazo vai do dia 1º de janeiro até o dia 31 de maio.

Resolvemos a sua dúvida? Se não, deixe-a nos comentários para que possamos ajudar a solucioná-la.

Saiba como ter tudo isso em sua empresa

Baixe o emissor gratuito agora!

Baixe o emissor gratuito e não corra risco da sua empresa parar de faturar!

sistema Core Financeiro mostra com mais clareza seus dados financeiros e junta todas essas razões obrigatórias em um sistema online rápido e prático. Você não perde tempo com burocracia, pesquisa e análise, pois toda informação que precisa saber o software mostra em tempo real.

O Core Financeiro é o sistema de gestão que precisa estar na sua empresa. Com ele, você gerencia o seu financeiro, controla fluxo de caixa, faz levantamentos, extrato bancário, faturamento automático e muito mais. Saiba como um sistema financeiro empresarial pode gerar mais resultados para sua empresa.

Descubra mais sobre as vantagens do Core Financeiro e conheça todos os benefícios que ele pode gerar para a sua empresa.

Fortes_Tecnologia_Banner_Fluxo_de_CaixaPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Geordânia Oliveira

Graduada em Administração de Empresas; Especialização em Gestão de Pessoas; MBA em Controladoria e Finanças; Com experiência 14 anos na área financeira; Consultora de Conhecimento Financeiro e Gestão de Estoque na Fortes Tecnologia em Sistemas; Produtora de Conteúdo sobre assuntos Financeiros; Instrutora do Fortes na Prática Presencial e Web; Instrutora dos Treinamentos dos Sistemas Fortes Financeiro e Fortes Compras e Estoque para os Colaboradores Internos, Clientes e Unidades da Fortes Tecnologia.

Deixar comentário.

Compartilhar