Gestão de Desempenho: Aderência aos valores e Cultura da organização

Gestão de Desempenho: Aderência aos valores e Cultura da organização
2 minutos de leitura

É comum que alguns profissionais de RH e líderes confundirem ou ficarem com dúvidas sobre o termo gestão de desempenho organizacional e avaliação de desempenho. E você, sabe qual é a diferença entre eles?

A utilização de forma correta permite que as organizações melhorem a performance interna, favorecendo os ganhos financeiros e sua sobrevivência no mercado. Já a ausência dessa gestão inviabiliza que os líderes tomem decisões mais efetivas a respeito dos processos e colaboradores.

O que é gestão de desempenho organizacional?

A gestão de desempenho organizacional é um processo para monitorar e avaliar a performance da empresa como um todo, garantindo o alinhamento entre o capital humano e as estratégias definidas. 

Alguns exemplos de indicadores de mensuração estão relacionados à:

  • Financeiro: indicadores relacionados à saúde financeira.
  • Nível de satisfação dos clientes.
  • Processos internos como inovação
  • Nível de satisfação dos colaboradores, entregas

Qual é a importância da gestão de desempenho?

Através da gestão de desempenho organizacional, os diretores, gestores e coordenadores conseguem tomar decisões preventivas, corretivas ou estratégicas com mais precisão. Como o processo permite a monitoração da performance empresarial através de indicadores qualitativos, torna-se possível realizar análises evolutivas e conclusões sobre a realidade do negócio.

Logo, as empresas de sucesso precisam saber como cada recurso humano pode contribuir para as entregas finais de cada equipe ou departamento. Lembre-se que quanto mais elevada for a performance do quadro de colaboradores, melhor o posicionamento da empresa no mercado.

Diferença entre gestão de desempenho organizacional e avaliação de desempenho?

É comum que os termos gestão de desempenho organizacional e avaliação de desempenho geram certas confusões devido a sua semelhança. Embora eles não representem a mesma coisa, ambos são de extrema importância para o departamento de RH e os líderes.

A gestão de desempenho seria o processo de monitoração e avaliação da performance empresarial como um todo. Já a avaliação de desempenho é uma análise que mensura as ações executadas por cada colaborador. A avaliação individual dos colaboradores possibilita a tomada de decisões a respeito de movimentações, aprimoramento e crescimento do capital humano disponível.

Ou seja, a avaliação de desempenho é uma das ferramentas utilizadas na gestão de desempenho organizacional. Por isso, os gestores de RH precisam se preocupar em implantar avaliações bem estruturadas, assertivas e realistas. Essa é uma das maneiras de fortalecer o crescimento empresarial.

Conclusão

Mais do que entendermos as diferenças, precisamos entender como aderir esses recursos para a realidade organizacional de cada empresa, envolver as lideranças como protagonistas desse processo e aferir os resultados.

Sem esses processos básicos e o entendimento do impacto em não mensurar a ferramenta será o item de menor relevância.

Últimos posts 👇