Entenda agora o objetivo da contabilidade nacional

Entenda agora o objetivo da contabilidade nacional
4 minutos de leitura

Um dos aspectos mais importantes da economia de um país é o conhecimento dos indicadores financeiros. Da mesma forma, saber como está a qualidade de vida da população também dá aos governantes uma melhor chance de intervir de forma eficaz. Para que isso seja possível, a contabilidade nacional deve estar presente de forma a prover os dados corretos e certeiros sobre as finanças do país.

Este artigo trata sobre este tema de uma forma mais detalhada. Ao ler o texto, você entenderá o conceito de contabilidade nacional, saberá a sua importância, conhecendo o real sentido de dominar todas as finanças públicas, e, por fim, terá acesso aos objetivos dessa importante ciência, bem como às contas que fazem parte de seu portfólio.

Preparado para o conhecimento? Então prossiga a leitura!

O que é a contabilidade nacional?

Também conhecida pelo nome de contabilidade social, a contabilidade nacional é o conjunto de técnicas destinadas a mensurar os dados contáveis da economia de um país. É ela a responsável por chegar a números importantes, como o produto interno bruto ou a renda média das famílias. Em linhas gerais, trata-se da contabilidade pública de uma nação.

Ela surgiu mais precisamente no século passado, em especial, a partir da década de 1920, quando diversos aspectos contáveis de uma região passaram a ser identificados por estudiosos. Estamos falando de renda, despesa, produto e preço de mercado de determinada área.

Conforme o tempo passou, desenvolveu-se também um sistema destinado a registrar as operações interestaduais de modo a prover independência do sistema econômico nacional. Esse modelo usava o conceito de fluxo, sendo incorporado à ideia de contabilidade social, dando mais “corpo” a essa nova ciência.

Dessa forma, diversos aspectos das diferentes regiões de nosso país passaram a ser entendidos por outra perspectiva. Desde então, foi possível avaliar o nível de desenvolvimento de uma dada população que ocupava uma área do país, bem como os aspectos relevantes que faziam referência a todo o povo brasileiro.

Qual é a importância da contabilidade nacional?

A importância da contabilidade nacional está relacionada diretamente ao bem-estar dos cidadãos que habitam um país. Se olharmos bem de perto, veremos que estamos falando da contabilidade das contas públicas. Isso se traduz em cidades, estados e toda a nação. Assim, ela é um poderoso instrumento para constatar a real situação da economia.

Isso fornece, pelo menos, dois pontos de extrema relevância. O primeiro deles é referente à situação vivida pelas pessoas no país. Torna-se possível saber a região que gera riqueza e a que precisa de ajuda, em qual delas a população está mais vulnerável, ou se precisa de incentivos para se desenvolver. Além disso, a contabilidade nacional fornece um mapeamento ao longo do tempo.

Tudo isso resulta no segundo ponto de grande importância trazido pelos números da contabilidade nacional: onde atuar de modo mais rápido para resolver problemas. Isso só é possível porque os dados da contabilidade social apontam locais que precisam da ajuda governamental, ou seja, problemas dos mais variados possíveis e decorrentes da má aplicação do dinheiro público.

banner-artigos-irpj-e-csll

Esse tipo de contabilidade é fundamental para a condução da política macroeconômica, tanto em um aspecto pequeno, a exemplo de um município, como principalmente no aspecto da economia nacional. Assim, ela pode ser considerada também um importante instrumento da política monetária tomada pelo Banco Central do Brasil na condução da economia do país.

Quais são os objetivos desse tipo de contabilidade?

Por incrível que pareça, a contabilidade nacional tem objetivos parecidos aos da contabilidade tradicional aplicada a uma empresa. No entanto, são muito mais amplos e dizem respeito ao dinheiro público pago pelo contribuinte. Dessa forma, apesar de usar alguns mecanismos iguais aos de uma organização tradicional, seu foco está no bem-estar da população de um país.

Para alcançar esse objetivo, alguns métodos são utilizados para contabilizar as entradas e saídas do capital movimentado pela máquina pública, como o sistema de dupla partida. De acordo com esse princípio, cada transação é lançada na forma de crédito ou de débito.

Isso faz com que seja possível chegar a importantes indicadores por meio dos quais se avaliam as condições de vida das famílias, como a distribuição de renda e a qualidade do meio em que se vive. Para isso, três pontos de vistas contábeis devem ser adotados, sendo o primeiro deles amplamente conhecido: o produto interno bruto, que é a soma de todas as riquezas produzidas pela nação.

Outro aspecto indispensável na contabilidade nacional diz respeito às despesas nacionais. São elas que indicam o nível de gasto dos governos e, portanto, a responsabilidade fiscal praticada pelos agentes públicos. Por fim, o conceito de renda nacional também deve fazer-se presente, pois é daí que partem as contribuições de empresas e trabalhadores, tanto públicos quanto privados.

Quais são as contas pertencentes à contabilidade nacional?

O meio pelo qual a contabilidade nacional faz a separação dos fatos econômicos é o método de contas. Assim, cada transação é relacionada de forma que seja facilmente identificada e dê origem a indicadores maiores. Além do produto interno bruto (PIB) já mencionado, há o produto nacional bruto. Ele nada mais é do que o PIB somado ao resultado líquido advindo das contas relativas às operações do exterior (entradas e saídas).

Há também os dados imputados nas contas correntes, como a conta de produção, conta de utilização de renda e conta de login. É possível citar ainda as contas de provisão. Nelas, estão incluídas as contas de capital e financeira, conta de reavaliação e a conta de mudança no volume de ativos.

A contabilidade nacional é um dos aspectos mais importantes de uma política econômica. Ela provê dados essenciais para saber de que forma a renda da nação está sendo distribuída e como está sendo gasta pelo poder público, já que ele é financiado pelo povo. Além disso, possibilita que sejam tomadas medidas da forma mais eficiente possível, pois, com os dados em mãos, se pode ir direto ao problema. Esse conhecimento certamente diferencia os profissionais da contabilidade.

Gostou do conteúdo? Então aproveite para nos seguir nas redes sociais. Estamos presentes no Facebook, no Instagram e no YouTube!

Últimos posts 👇

banner-artigos-calendario
banner-artigos-carga-tributaria-brasileira