Fortes Pessoal

Previna erros no eSocial conferindo as incidências das rubricas no Fortes Pessoal

fortes-tecnologia-incidencias-das-rubricas.png
Escrito por Patrícia Pereira
Publicado em: 10/05/2019 Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Olá! Tenho uma novidade pra te apresentar, na mais nova versão do Fortes Pessoal – 6.134 – disponibilizamos um relatório que faz o comparativo das incidências do cadastro de eventos.

Mesmo em meio a um turbilhão de ajustes legais em função do eSocial, a Fortes está sempre pensando em soluções proativas para ajudar seus clientes.

Uma dessas soluções é esse relatório, que vai te ajudar a evitar erros de validação ou diferenças de valores nas transmissões dos eventos de Remuneração do trabalhador (S-1200), dos Pagamentos de Rendimentos (S-1210), dos Desligamentos (S-2299) e também do fechamento da competência (S-1299).

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Eventos x Rubricas

No Fortes Pessoal chamamos de Eventos o que para o eSocial é chamado de Rubricas.

As rubricas correspondem ao evento S-1010 e apresentam o detalhamento das informações constantes na folha de pagamento dos empregados. Podemos encontrar rubricas do tipo provento, desconto e informativa.

Para transmissão das rubricas temos como requisito, o mapeamento das naturezas e incidências dos tributos (INSS, IRRF, FGTS e Contribuição Sindical). Para fazer isso no Fortes Pessoal basta acessar o menu Cadastros > Eventos, se o sistema identificar que existem eventos na folha que não possuem natureza associada, ele irá sugerir que você faça o mapeamento.

Outra forma de mapear o evento é editando, você precisará preencher a natureza e as incidências.

Quanto às incidências das rubricas devo te lembrar que no cadastro de eventos, temos a aba Cálculo onde se pode selecionar os impostos (INSS, FGTS e IRRF) incidentes. Essa informação será considerada para cálculo das folhas no Fortes Pessoal.

Previna erros no eSocial conferindo as incidências das rubricas no Fortes Pessoal 1

Já o eSocial trabalha de uma forma diferente. Para apurar seus valores, cada encargo – INSS, FGTS e IRRF – tem um tipo de código de incidência diferente, onde o usuário deve associar, conforme o tipo de demonstrativo (se mensal, se férias, se décimo ou se rescisão).

Previna erros no eSocial conferindo as incidências das rubricas no Fortes Pessoal 2

Novo Relatório do Fortes Pessoal

Para encontrar o relatório, acesse o menu Cadastro > Eventos > Clique no botão Listar.

A visualização pode ser ordenada por Nome ou  Código do Evento.

Marque a opção “Imprimir Comparativo de Incidência – Fortes x eSocial” > Em seguida Visualize.

Previna erros no eSocial conferindo as incidências das rubricas no Fortes Pessoal 3

Atenção! O comparativo de incidências apresentado no relatório será efetuado apenas do que foi selecionado no sistema Fortes Pessoal entre a Aba de Cálculo e o Código inserido no Histórico do Evento, portanto não faz nenhum cruzamento com o ambiente do governo.

Entendendo o relatório

Não é difícil entender o relatório. Mas vou apresentar os campos que merecem a sua atenção!

Sendo eles, as colunas de Tipo de Pagamento, INSS, FGTS e IRRF.

Nas colunas dos tributos você encontrará as descrições FR (Fortes) e ES (eSocial).

Previna erros no eSocial conferindo as incidências das rubricas no Fortes Pessoal 4

Observe que o sistema marca com um X as incidências definidas na aba Cálculo, para os respectivos tributos. Já para o eSocial, será apresentado o código que foi mapeado para transmissão.

Aqui você deve comparar se o que está parametrizado no Fortes Pessoal condiz com o mapeamento do eSocial, se identificar que algum dos tributos possui incidência assinalada, mas para o eSocial o código é 00, isso significa que esse evento não é base de cálculo para o tributo em questão, logo será necessário fazer o ajuste. Faça isso acessando o histórico do evento.

Uma dica para facilitar a conferência é realizar a impressão do relatório, assim você poderá analisar com mais calma e detalhadamente se cada marcação é devida para cada tributo.

Ah, e uma informação importante! Pode acontecer do evento ser apresentado mais de uma vez no relatório, o motivo é porque o evento pode possuir mais de um tipo de pagamento, sendo eles: Mensal, Férias, Rescisão e 13º Salário. Um exemplo disso, é o evento de hora extra, que pode ser pago em Folha (Mensal), e Rescisão.

Para finalizar, devo te dizer que  esse comparativo é feito com base no histórico atual da rubrica e que em alguns eventos padrões do sistema, podem ter suas configurações de incidências de base de cálculo definidas internamente, por isso não necessariamente terão marcações na coluna Fortes.  Para saber quais são os eventos padrões acesse o menu Utilitários > Configuração.

Empresas do grupo 3

Se você tem empresas classificadas no grupo 3, essa listagem irá te ajudar na arrumação da casa enquanto a fase 3 não é iniciada. Agora, se você já está  transmitindo os eventos periódicos e está com divergências nos tributos, esse relatório será uma excelente ferramenta para conciliar as incidências.

Gostou do relatório? Conta pra gente nos comentários!

Não deixe de acompanhar as demais novidades disponibilizadas a partir da versão 6.134

Sobre o autor

Patrícia Pereira

Deixar comentário.

Compartilhar