eSocial

13º salário no eSocial: como informar o adiantamento integral

13º-salario-no-esocial-como-informar-pagamento-integral
Escrito por Luanna Araujo
Atualizado em: 08/02/2019 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

ESTÁ SEM TEMPO PARA LER? CLIQUE NO PLAYER ABAIXO E OUÇA TODO O CONTEÚDO DE FORMA SIMPLES E PRÁTICA!

Estamos nos aproximando do fim do ano e das festividades natalinas. Nesse período o Departamento Pessoal também começa a se preparar para cumprir com as obrigações anuais, e o décimo terceiro salário é uma delas. Neste artigo irei falar sobre o 13º salário no eSocial. 

É muito comum os empregadores, por opção ou por determinação de convenção coletiva ou acordo coletivo, realizarem o pagamento do 13º salário de forma integral, antes do mês de dezembro. Mas será que isso é realmente permitido pela legislação?

Legislação sobre o 13º salário

Vejamos o que diz a legislação sobre os prazos para pagamento da gratificação natalina.

Segundo o art. 2º da Lei nº 4.749/95 “entre os meses de fevereiro e novembro de cada ano, o empregador deve pagar, como adiantamento do décimo terceiro salário, de uma só vez, metade do salário recebido pelo respectivo empregado no mês anterior”.

Já a parcela final, com base no art. 1º desta lei, deve ser paga até o dia 20 de dezembro de cada ano, compensando-se o que foi pago a título de adiantamento.

O § 1º do art. 1º da Lei nº 4.090/62 diz que a gratificação natalina corresponderá a 1/12 avos da remuneração devida em dezembro do ano correspondente.

planilha de checklist completo da segunda fase do eSocialPowered by Rock Convert

Desconto do INSS

Esses são os prazos definidos pela legislação para pagamento do adiantamento e parcela final do décimo terceiro salário, mas e quanto ao desconto do INSS?

No tocante à contribuição previdenciária, a alínea “a” do inciso I do art. 52 da IN RFB nº 971/2009, menciona que o desconto deve ser feito sobre o pagamento da última parcela do décimo terceiro salário. Isso quer dizer que sobre o adiantamento do décimo terceiro salário não incide INSS. O art. 96 dessa mesma IN determina que o vencimento da guia de recolhimento dessa contribuição será no dia 20 de dezembro.

Podemos perceber que a lei nada fala sobre o pagamento do décimo terceiro salário em uma única parcela. Concluindo-se então que o 13º salário deve ser calculado com base no salário devido em dezembro e em duas parcelas: a primeira entre os meses de fevereiro a novembro e a segunda até o dia 20 de dezembro.

Porém, sabemos que na prática, é comum as empresas pagarem o 13º salário em uma única parcela, antes do mês de dezembro.

Então como informar o 13º salário no eSocial pago em parcela única

Foi publicado recentemente no Portal do eSocial a Nota Orientativa 2018.10, ela traz orientações quanto ao pagamento integral do adiantamento de décimo terceiro salário.

Segundo essa nota, nessa situação o que ocorre não é o pagamento integral, mas sim, um adiantamento superior ao valor devido, visto que a legislação determina que o adiantamento será apenas de metade do salário do empregado. Assim, esse adiantamento deve ser declarado na folha do mês em que o pagamento ocorreu.

Nova Orientativa

A nota diz que se o empregador optar por efetuar o pagamento integral no mês de novembro, por exemplo, ele deve deduzir a contribuição previdenciária e fazer a retenção do imposto de renda, quando devida. Assim será pago ao trabalhador, à título de adiantamento de 13º, o correspondente valor líquido a que ele tem direito.

Esse pagamento deve ser feito na própria folha de adiantamento, para que no cálculo da parcela final, feita em dezembro, seja descontado do valor adiantado e assim o valor líquido seja zero.

Valor a ser informado no eSocial

O empregador deverá informar no eSocial o valor do adiantamento de 13º salário através do evento S-1200, contendo a remuneração que foi paga no mês e, em dezembro, enviar novamente o evento S-1200, mas desta vez referente a competência anual, informando o valor do 13º salário devido, juntamente com os descontos do adiantamento que foi pago da contribuição previdenciária e da retenção de imposto de renda, se houver.

Exemplo

Imagine que o empregado tem um salário de R$ 1.000,00, com desconto de contribuição previdenciária de R$ 80,00, e que não há incidência de imposto de renda. Se a empresa optar por pagar o valor integral do seu 13º salário na competência de novembro de 2018, ela deve incluir no evento S-1200 da competência de 11/2018, a rubrica de “Adiantamento de 13º Salário”, e informar o valor líquido de R$ 920,00.

Na folha da parcela final, em dezembro, a empresa deve informar o valor total do 13º salário devido (R$ 1.000,00), e como descontos incluir, o adiantamento pago em novembro (R$ 920,00) e o valor do INSS descontado (R$ 80,00). Assim o valor líquido do 13º salário será zero.

Agora ficou mais fácil, não é mesmo?

Se houver aumento no salário?

Cabe destacar ainda que se o empregado tiver um aumento salarial no mês de dezembro, o cálculo do 13º salário deve ser refeito considerando o novo salário, e a empresa precisará pagar a diferença salarial para o trabalhador.

Em relação ao evento S-1210 (pagamento), diferentemente do evento S-1200 (remuneração), este não possui periodicidade anual, logo ele será enviado para o eSocial de acordo com o mês em que for efetuado o pagamento do 13º salário, ou seja, o evento S-1210 diz respeito ao regime de caixa,  enquanto o evento S-1200 se refere ao regime de competência.

Qual o prazo para transmissão desses eventos?

O evento S-1200 e seu respectivo fechamento (S-1299), com periodicidade anual, devem ser enviados entre os dias 01 e 20 de dezembro.

Já o evento S-1210 deve ser enviado até o dia 07 do mês seguinte ou até o fechamento (S-1299) da folha deste mês, o que ocorrer primeiro.

Para saber mais sobre o prazo de envio dos eventos, consulte o MOS (Manual de Orientação do eSocial).

É muito importante que você fique atento à esses prazos, assim evitará pagar multas altíssimas para o Governo.

Agora que você ficou sabendo como informar o 13º salário no eSocial, aproveite para ficar por dentro do novo cronograma da obrigação liberado pelo Governo Federal no mês passado. 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Tenha os principais multas do eSocial neste infográfico completoPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Luanna Araujo

Graduada em Ciências Contábeis pela Unicatólica, com MBA em Gestão e Planejamento Tributário pela UNI7, atua há mais de 8 anos nas áreas Contábil e Trabalhista. Especialista em eSocial, atualmente Analista de Capacitação no Grupo Fortes, sendo responsável pela elaboração de materiais técnicos e de apoio aos profissionais das áreas Gestão de Pessoas e Contabilidade. Além de atuar também como instrutora do programa Fortes na Prática, ministrando treinamentos com foco em legislação trabalhista, previdenciária, fiscal e tributária.

Deixar comentário.

Compartilhar