Dúvidas SST no eSocial: tudo que você precisa saber!

Dúvidas SST no eSocial: tudo que você precisa saber!
2 minutos de leitura

Confira as principais dúvidas sobre SST no eSocial em 2022 com relação a envios e eventos. Neste artigo, você terá um conteúdo exclusivo feito pela Fortes Tecnologia em parceria com a Labor Life, tudo para atualizar seu conhecimento sobre a plataforma do Governo Federal.

Com o eSocial, é possível fazer o envio das informações de Saúde e Segurança do Trabalho de forma 100% online, cumprindo com as leis trabalhistas e de proteção de dados, além de evitar encargos, multas e outros prejuízos para a sua empresa.

Quer saber mais? Acompanhe a leitura!

Como fazer o envio ao SST caso o colaborador não atue no setor pessoal?

Para realizar o envio de informações inerentes à SST não é preciso ter nenhuma habilitação específica, como: técnico, médico, atuar no eSocial, DP, RH e afins. No entanto, é necessário conhecimento dos dados que estão dentro do manual e dos que estão no laudo de saúde de segurança ocupacional.

Ou seja, a leitura do PGR e dos riscos dentro dele, assim como do LTCAT e extração de informações específicas do ASO são imprescindíveis nesse momento. Logo, quanto mais capacitado seu colaborador for na área, mais segurança você terá na empresa.

  • PGR: conforme a norma regulamentadora, é obrigatório ser elaborado para todas as empresas e órgãos públicos, com exceção de microempreendedores individuais com grau de risco I e II, além de empresas de pequeno porte.

Relembre:

Calendário do RH e DP 2024
  • PCMSO + LTCAT: obrigatório para qualquer empresa. Inclusive, são extremamente necessários para conseguir enviar informações para o eSocial.

As empresas do grupo 3, com grau de risco 1 e 2, precisam enviar LTCAT ou podem esperar que a autodeclaração seja disponibilizada? 

O LTCAT não tem previsibilidade de autodeclaração, pois qualquer empresa, para envio de informações do SST para o eSocial, precisa dela. Portanto, precisa possuir e portar este documento. 

Trabalho Home Office: envio de evento S2240 é realmente preciso?

Embora seja uma dúvida frequente, o Governo não tem como saber se seus colaboradores estão em home office ou de forma presencial. Logo, o envio deve ser realizado mensalmente conforme prevê o manual do eSocial.

Empresa que está com funcionário afastado deve continuar fazendo envios?

Sim. Caso a empresa tenha um colaborador e esteja afastado, ele tem riscos devido sua função. Ao retornar, será necessário que ele elabore o atestado de saúde e retorno ao trabalho (2220) e, assim, lançar essas informações.

Dessa forma, a partir de um único colaborador que seja CLT, é preciso portar os documentos para fazer o envio do eSocial ao SST.

Quer saber mais sobre esse e diversos outros temas relacionados? Em parceria com a Labor Life, a Fortes Tecnologia preparou um material exclusivo respondendo essas e diversas outras perguntas acerca do funcionamento do eSocial, obrigatoriedade de documentos, multas por fiscalização, entre outros. Clique aqui e baixe agora!

Você também pode continuar a sua leitura com nosso post completo com outras dúvidas sobre o tema e as principais atualizações das obrigatoriedades em 2022.

Super KIT do Recrutamento e Seleção 2024
Não perca mais nenhuma novidade!

Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro das novidades!