Gestão contábil

Analisador Fiscal: saiba como otimizar em até 97% do seu tempo na análise dos documentos fiscais

Escrito por Fortes Tecnologia

Fazer a conferência de informações é uma das principais rotinas nos escritórios contábeis. Sabemos que esse processo é essencial para não correr o risco de erros e estar passível de pagamento de multas. Evite os erros e conheça os benefícios em ter um Analisador Fiscal, uma das principais funcionalidades integradas ao Fortes Fiscal.

Segundo a pesquisa SLM Advogados, 95% das empresas brasileiras enviam documentos eletrônicos com erros ao Fisco.  A amostra revela que o grande volume de erros vem aparecendo na medida em que a fiscalização ficou mais rígida, com a implementação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped).

Faça a análise de forma segura e automática

Além dos frequentes erros pelo processo manual e operacional, muitas vezes, o usuário ainda perde um tempo relevante ao executar esse processo na conferência de dados. A perda de tempo com o processo manual faz com que o trabalho fique cada vez mais operacional e menos estratégico, levando até três dias para conferir todos os documentos fiscais.

Por isso, é importante ter um sistema que faça a análise fiscal para que irá reduzir o tempo e o desgaste na conferência das informações fiscais da empresa.  Um processo que leve todo um dia de trabalho, você pode levar até poucas horas, através de um sistema integrado.

Conheça o Analisador Fiscal

Através do Analisador Fiscal, completo em nossos sistemas e sem custo adicional, por exemplo, o sistema detecta automaticamente as informações incorretas e erros que possam passar despercebidos durante o processo de escrita fiscal.

Veja agora alguns benefícios da utilização da ferramenta:

1. Análise da tributação dos itens com base no NCM

Com o analisador é possível analisar se os CST’s PIS e COFINS informado nos documentos fiscais é compativel com a regra definida pelo NCM do item. Com isso, automatiza a conferência se os produtos estão com a tributação correta.

Por exemplo: Se o NCM do produto for monofásico e por ventura no lançamento determinado produto estiver como tributado, o sistema apresentará onde está o erro e já corrige automaticamente os lançamentos.

2. Análise cadastral de produtos e participantes

Buscando antecipar as correçoes necessárias antes de iniciar o processo de validação no PVA, o analisador alerta quais cadastros de participantes e produtos estão incompletos ou com inconsistências e poderá corrigir diretamente os pontos de inconsistências.

3. Análise da tributação do ICMS

Identifica quais os lançamentos estão com preenchimento de ICMS ou IPI incompativel com o CST, ou seja verifica se o CST informado nos produtos obriga o recolhimento ICMS ou IPI e o campo está devidamente preenchido. Com isso, o sistema informa ao usuário se o documento foi escriturado de forma correta ou não.

4. Análise das Informações para envio do SPED Contribuições

Outro benefício trazido pela ferramenta é a verificação dos lançamentos dos documentos fiscais, informando ao usuário possíveis inconsistências no CST de PIS e COFINS. Por exemplo se o CST de PIS/COFINS informado para a devolução está de acordo com as regras do Guia Prático. Evita os principais erros na validação do SPED Contribuições.

Quer saber como ter essa funcionalidade integrada em seu sistema e sem custo adicional por isso? Entre em contato conosco e te ajudaremos a ter essas ferramenta, melhorando o seu tempo e evitando erros.   

 

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

1 comentário

Deixar comentário.

Compartilhar