Fortes Ponto

Reduza custos com uma solução simples sem precisar do Relógio Eletrônico de Ponto (REP)

Reduza custos com uma solução simples sem precisar do Relógio Eletrônico de Ponto (REP) 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 25/05/2017 Tempo estimado de leitura: 1 minuto

Você sabia as empresas podem adotar sistemas alternativos de marcação de ponto em substituição ao Registrador Eletrônico de Ponto (REP)? E ainda ser uma solução de baixo custo? O Governo Federal, através do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), lançou a Portaria 373, em fevereiro de 2011, que flexibiliza as regras para a marcação do ponto eletrônico nas organizações.

A Portaria permite que as organizações adotem sistemas alternativos de marcação de ponto em substituição ao Registrador Eletrônico de Ponto (REP), desde que sejam aceitos pelo sindicato da categoria, por meio de acordo coletivo. Saiba mais em nossa matéria.

WhatsApp Image 2017-03-03 at 11.16.10

Como sabemos, para os estabelecimentos com mais de dez trabalhadores é obrigatório a anotação da hora de entrada e de saída, em registro manual, mecânico ou eletrônico (artigo 74 da CLT). Para as empresas que optam realizar o controle das jornadas de trabalho por meio eletrônico, torna-se necessário a aquisição do Relógio Eletrônico de Ponto (REP).

Saiba como ter um sistema alternativo de controle de jornada de trabalho 

Dependendo do porte da empresa, faz-se necessário, ainda, realizar a compra de diversos equipamentos. Devido o alto custo com relógios, as empresas estão buscando alternativas para controlar as jornadas dos empregados.

Pensando nas necessidades das empresas, a Fortes Tecnologia em Sistemas desenvolveu um software para a solução de Gestão de Pessoas responsável pelo controle das jornadas de trabalho, permitindo a marcação de ponto diretamente em um software integrado.

O sistema atende aos requisitos da Portaria 373, facilitando e organizando as jornadas de trabalhos dos empregados com baixo custo. Os empregadores poderão adotar o software como sistema alternativo de controle de jornada de trabalho, desde que autorizado por convenção ou acordo coletivo de trabalho (Art. 1º da portaria).

Conheça algumas telas do sistema:

Através dessa funcionalidade, o colaborador poderá realizar a batida de ponto.

1

Abaixo, veja a imagem do relatório de ponto, apresentando o registro fiel das marcações realizadas pelo empregado.

2

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar