Fortes RH

Novo modelo de avaliação de desempenho através do sistema RH

 A avaliação de desempenho é uma das ferramentas mais importantes em gestão de pessoas. Ela permite analisar o desempenho do colaborador e faz a coleta de dados relevantes para a empresa. Além disso, traz para o funcionário, a oportunidade de receber feedbacks sobre seu desempenho, possibilitando a melhoria deste, e para as empresas, cria a possibilidade de desenvolvedor o potencial de cada funcionário, e com isso, gerar melhores resultados organizacionais.

 Com o objetivo de atender as necessidades das empresas, a Fortes Tecnologia deixou o sistema Fortes RH ainda mais completo e com melhor usabilidade. O software, possibilita que as empresas realizem avaliação de desempenho por competências e que atribuam pesos distintos para os avaliadores. A auto-avaliação, avaliação 180º graus, avaliação 360º graus,  entre outros tipos de avaliações, poderão ser aplicados do sistema.

 O sistema realiza a ponderação das performances de forma automática e apresenta dados através de relatórios e indicadores, nos quais possibilitam o DH mensurar o nível de competência do colaborador em relação a sua função. De acordo com as informações levantadas, a empresa terá como realizar um plano de ação para promover o desenvolvimento do colaborador nas deficiências identificadas e com isso fazer com que o mesmo fique mais produtivo e que a empresa alcance os seus objetivos.

Conheça a funcionalidade através do vídeo:

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

2 comentários

  • Olá.

    Não consegui entender, ainda, como pode ser feito uma definição de níveis de competência exigidos por um cargo, cujos níveis sejam: ruim, bom, ótimo, excelente. Qual cargo vai ter configuração de nível de competência mínimo exigido como RUIM.

    Acredito que esses níveis devem ser definidos por exemplo como: primário, básico, intermediário, avançado. As competências exigidas por cargo conforme o nível, necessitam de algum nível de desenvolvimento do profissional.

    Na atual configuração do sistema quando feito a definição de competência do cargo, essa mesma definição de nível de competência do cargo aparece na avaliação de competência do profissional. No meu entendimento na avaliação deveria sim ter as opções, por exemplo de: ruim, bom, ótimo, excelente.

    Assim, finalizando a avaliação do profissional o sistema concluiria que para determinado cargo, cujo nível de competência mínima é intermediário, o funcionário teria resultado ruim, bom, ótimo ou excelente. Informação ideal para manter no cargo, mesmo nível ou promover, tendo em vista que por exemplo o nível de competência não é mais intermediário, mas avançado.

    Outra detalhe que não consegui entender é onde e como se trabalha com a nota de produtividade que pode ser cadastrada para cada funcionário avaliado. Não consegui encontrar o caminho.

    Acredito ser importante melhorar esse entendimento dos recursos no sistema, pois está confuso.

    • Raimundo, tudo bem! De antemão agradecemos sua participação, mas percebo que suas colocações são mais inerentes a dúvidas de como utilizar de uma forma mais estratégica o nosso software. Nossa time de suporte terá o maior prazer em te atender. Entre em contato conosco através do número (85) 4005-1127 e fale com um de nossos especialistas. Grande abraço!

Deixar comentário.

Compartilhar