O que é Growth Hacking? E qual a sua importância?

O que é Growth Hacking? E qual a sua importância?
4 minutos de leitura

Trabalhar com o Growth Hacking é uma forma de proporcionar crescimento ao seu negócio e de modernizar os processos empresariais. Muitas empresas estão buscando entender seus conceitos, principalmente as do ramo de tecnologia.

O termo pode ser definido por Marketing Orientado a Experimentos. Portanto, busca encontrar oportunidades visando rápidos resultados para proporcionar o crescimento da empresa.

Essa nova forma de colocar o marketing digital em prática, vem se tornando uma solução para quem deseja crescer no mercado.

O que é Growth Hacking?

De antemão, se trata de uma estratégia voltada ao empreendedorismo desenvolvida através das startups, e que visa o crescimento rápido e significativo no negócio, com base na resolução dos problemas.

A estratégia é formada através da realização de alguns experimentos, ou seja, são elaboradas hipóteses e em seguida realizados testes. Contudo, a ideia principal é descobrir possíveis falhas que impeçam a empresa de crescer de maneira correta.

Dentro do Growth Hacking são aplicadas ainda, técnicas do marketing digital, como: SEO e marketing de conteúdo.

Como o Growth Hacking ajuda as empresas a crescerem?

Quando a estratégia é utilizada para o crescimento das empresas, ela gera novas oportunidades de negócios.

Com a ajuda dos experimentos é possível entender melhor sobre o produto ou serviço que será comercializado.

Através do Growth Hacking é realizado uma retenção de clientes.

Todos os experimentos que forem realizados farão com que o serviço seja realizado de maneira correta, com o intuito de potencializar o crescimento ou ainda lançar novos produtos.

Lembre-se, o processo deve ser feito com constância. Sempre existem formas de crescer ainda mais.

Como aplicar o Growth Hacking nas empresas?

Aplicar as técnicas do Growth Hacking se torna um processo com ações seguidas, que buscam atender as demandas de crescimento.

Para que sejam aplicados de maneira correta, é preciso seguir três etapas, consideradas importantes. São elas:

  • Ajuste entre produto e mercado;
  • Planejamento de crescimento;
  • Crescimento em escala.

Quando é revelado o que está certo ou não com o seu produto e serviço, a potencialização e a estratégia de Growth Hacking se destaca e os prejuízos são reduzidos.

5 fases de implementação do Growth Hacking

O Growth Hacking é composto por 5 etapas de implementação. Quando aplicadas de forma efetiva, ela gera resultados significativos para a empresa. Confira:

1 Brainstorming de ideias

Realize ações de brainstorming com o foco no levantamento de problemas e oportunidades visando a melhoria da sua empresa.

Importante ressaltar que um brainstorming geralmente é feito com várias pessoas. Para este caso é como aquele velho ditado: duas ou mais cabeças juntas pensam mais que apenas uma.

2 Seleção das melhores ideias

Pense sempre nas melhores ideias e as que possam auxiliar o crescimento da empresa. Se preciso, reúna os funcionários para coletar mais informações.

No passo anterior, você deve considerar e anotar todos os tipos de ideias que surgirem. Nesta etapa é a hora de fazer o filtro das ideias que mais fazem sentido para a realidade da empresa de um modo geral.

3 Modelagem e experimentos

Defina quais experimentos serão realizados, quais os resultados esperados, como será feito e quais as métricas vão ser analisadas.

A importância das métricas se dá pelo simples motivo: não adianta fazer nada se não é possível mensurar para saber se funciona ou não.

4 Execução

Com as táticas definidas, coloque-as em execução. É importante que toda a equipe esteja realizando o experimento de maneira correta.

Defina com a sua equipe quem ficará responsável por cada etapa, fase ou pontos específicos do projeto. Assim, fica mais fácil manter o foco do time.

5 Avaliação dos resultados

Avalie todos os resultados obtidos, e verifique se todos foram validados. A fim de garantir que o experimento foi realizado corretamente.

Considere o que deu certo e busque entender o que não deu. Entender todo o contexto e resultados do experimento é essencial para garantir a continuidade das etapas: por exemplo o desenvolvimento diário e as melhorias contínuas do projeto.

Qual a relação do Growth Hacking com Marketing e SEO?

A técnica do Growth Hacking surgiu através do marketing dentro dos departamentos de startups. Com isso um pode alavancar o outro.

O marketing ainda pode incentivar a distribuição de brindes, fazendo com o produto ou serviço tenha mais reconhecimento.

Já a metodologia do SEO é semelhante à do Growth Hacking pois existe a necessidade de realizar experimentos junto a várias hipóteses antes de decidir o caminho mais fácil.

E com essas estratégias, há também a possibilidade de captar clientes com as redes sociais.

Exemplos de empresas que cresceram com Growth Hacking

Toda empresa pode lucrar mais com Growth Hacking, ainda mais em tempos de crise, como passamos com a pandemia. Ademais, grandes marcas estão se beneficiando com a modalidade. Algumas dessas empresas foram:

  • Twitter: A plataforma mundialmente conhecida, passou a realizar testes detalhados relatando experiências dos usuários. Com isso foi possível fazer mudanças e aumentar o número de acessos.
  • AirBnb: Conhecida por ter a maior rede de hospedagens do mundo, apostou em anúncios pela plataforma Craigslist. Com mensagens de marketing as pessoas eram incentivadas a compartilhar seus anúncios.

Por fim, muitas empresas de sucesso buscam em sua base de clientes crescer, e o Growth Hacking é o responsável por esse impulsionamento melhorando o sucesso.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos para que eles também possam ficar por dentro do assunto.

Confira também os nossos últimos conteúdos 👇