Validação GTIN: o que o contador precisa saber sobre o assunto

Validação GTIN: o que o contador precisa saber sobre o assunto
4 minutos de leitura

A validação GTIN (Global Trade Item Number) é um componente central na identificação de produtos para empresas que atuam em diversos setores. A compreensão e aplicação desses códigos numéricos são essenciais com a intenção de assegurar a precisão das transações comerciais, a conformidade fiscal e a integridade dos registros contábeis.

Por isso, é cada vez mais urgente que profissionais da contabilidade dominem esses conceitos e compreendam como essa validação pode ser feita na prática. Pensando nisso, organizamos um conteúdo completo sobre o assunto, mostrando o passo a passo para essa solicitação.

Quer saber mais? Então continue a leitura e acompanhe nossas recomendações!

O que é e como surgiu a validação GTIN?

A validação GTIN nada mais é do que um código numérico utilizado a fim de identificar produtos de forma única ao nível global. Ele é mais conhecido por ser o número impresso nos códigos de barras de produtos que encontramos em embalagens de itens de consumo.

Ele surgiu para substituir o EAN, utilizado anteriormente. Nesse sentido, o GTIN é útil na hora de fazer a identificação rápida e precisa em pontos de venda, armazéns e sistemas de gerenciamento de estoque.

Portanto, pode auxiliar sua empresa a se organizar e garantir um controle de estoque e financeiro adequado. Porém, sua importância não para por aí. Explicamos mais sobre isso, a seguir.

Qual é a importância de entender sobre a validação GTIN?

Saber como funciona o GTIN é relevante, pois pode ajudar os estabelecimentos em diversas frentes. Ele é fundamental para que empresas acompanhem suas cadeias de suprimentos e obtenham eficácia na logística.

Além disso, assegura que os códigos de barras e números GTIN atribuídos aos produtos estejam corretos e segundo os padrões estabelecidos, o que vai evitar erros que prejudicam a eficiência dos negócios.

Esse código também pode ser útil na hora de fazer integrações e automatizar etapas na empresa, além de ter mais controle em processos de importação e exportação. Por fim, vale destacar que ter códigos válidos faz com que os dados de vendas e desempenho dos produtos sejam precisos.

Quais são as etapas da validação GTIN?

Conhecer as etapas usadas na validação do GTIN é fundamental para incluí-lo em suas notas fiscais e obter benefícios na cadeia de suprimentos. Por isso, explicamos melhor quais são as etapas de validação. Confira mais, a seguir!

Tenha um código de barras com GTIN padrão GS1

O licenciamento do GTIN padrão GS1 é feito pela GS1 Brasil, empresa responsável no país pela liberação desse código. Vale lembrar que ele é reconhecido mundialmente e, por isso, tem grande relevância.

Assim sendo, caso ainda não tenha esse licenciamento, vale a pena fazer a associação para consegui-lo. Esse passo pode ser concluído acessando este site e realizando a sua solicitação.

Preencha o Cadastro Nacional de Produtos

Após fazer a sua associação, é hora de preencher o Cadastro Nacional de Produtos. Vale lembrar que a ferramenta utilizada é gratuita e disponibilizada de forma digital para quem é associado. Você pode fazer esse cadastro neste site.

banner-artigo-blog-calendario-de-obrigacoes-fiscais-2024

Complete os atributos do seu produto

É preciso destinar um bom tempo para informar quais são os atributos que o produto que você desenvolveu tem. Essa fase é crucial e tende a trazer um controle otimizado. Portanto, vale dar atenção a ela, principalmente nos campos obrigatórios apresentados na ferramenta de cadastro.

Quais são os benefícios do GTIN?

Existem diversas vantagens que podem ser obtidas a partir do cadastro do seu produto e da utilização dessa identificação. Apesar de não ser obrigatória para emitir Nota Fiscal Eletrônica e tê-la validada, vale a pena fazê-lo, pelos seguintes benefícios:

Oferece automação nos recebimentos

Empresas com grandes volumes de entrada de produtos tendem a ter dificuldades na hora de recebê-los, ainda mais quando não existem recursos de automação que simplificam essa etapa.

Com o cadastro no GTIN, você consegue automatizar os recebimentos por meio da leitura e do processamento desses códigos. Assim, adotar esse modelo de identificação é tão importante para o seu controle de estoque.

Ajuda na conferência dos pedidos

A rotina de recebimento pode ser bem complicada, caso você não consiga fazer uma conferência rápida do que foi solicitado e do que chegou ao estoque. Porém, com o GTIN, você consegue realizar essa etapa com muita facilidade.

Esse cuidado vai evitar erros e garantir que sua empresa tenha mais eficiência também nessa etapa. Consequentemente, a escala do seu negócio tende a ficar mais simples, e a lucratividade pode aumentar.

Permite a rastreabilidade

O GTIN permite que os produtos sejam rastreados ao longo de toda a cadeia de suprimentos, desde a fabricação até o ponto de venda. Essa prática é crucial para recalls de produtos, para investigações de qualidade e segurança e para atestar a conformidade com regulamentações.

Com isso, sua empresa consegue oferecer aos clientes uma melhor experiência, além de se responsabilizar pelo controle de ponta a ponta na logística do seu negócio. Porém, para saber se é possível usar, vale entender quem pode realizar a solicitação dessa validação.

Quem pode solicitar a validação GTIN?

A validação GTIN (Global Trade Item Number) pode ser solicitada por diversos indivíduos dentro do cenário comercial e de negócios. Principalmente, empresas que produzem, distribuem ou vendem produtos físicos são as mais interessadas em obter códigos GTIN válidos para seus produtos.

Tal prática é direcionada para fabricantes, varejistas, distribuidores e outros participantes da cadeia de suprimentos. Ademais, plataformas de comércio eletrônico, marketplaces e empresas de logística também podem solicitar validação GTIN, visando a confirmar que os produtos listados em suas plataformas estejam devidamente identificados.

A validação GTIN é uma ferramenta cada vez mais frequente na gestão de negócios em diversos mercados. Isso significa que é crucial entender mais sobre essas peculiaridades para que seu trabalho no escritório contábil seja ainda mais eficiente e alinhado com a realidade de seus clientes. Assim, é possível contribuir para o sucesso e a integridade das empresas atendidas.

Achou o artigo relevante e quer receber mais conteúdos informativos como este? Então, assine nossa newsletter e tenha acesso a materiais exclusivos diretamente em seu e-mail!

Últimos posts

ebook-difal
banner-artigos-carga-tributaria-brasileira
Não perca mais nenhuma novidade!

Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro das novidades!