Gestão de Estoque: a importância para sua empresa

Descubra como realizar a gestão de estoque da sua empresa pode potencializar a rentabilidade da organização e reforçar a sua estrutura de negócio.

Gestão de Estoque: a importância para sua empresa
4 minutos de leitura

A Gestão de Estoque consiste em realizar a gestão de mercadorias de uma empresa. Em outras palavras, registrar o fluxo de entrada e saída dos produtos para viabilizar condições que otimizem o seu uso eficiente e minimizem a necessidade de investimento. Daí a importância do controle de estoque ser tão grande.

Um rigoroso controle desse processo de gestão é fundamental para potencializar a rentabilidade de uma organização e reforçar a sua estrutura de negócio. Apesar disso, o controle de estoque é ignorado em muitas empresas pelo desconhecimento dos princípios básicos de uma boa administração. Desse modo, é de extrema importância que a organização possua uma gestão de estoque eficiente, que facilita as tomadas de decisões com relação ao negócio, além de minimizar os custos gerados pelo estoque.

Esse controle deve ser feito com planejamento sério e muita organização. Já que quando bem implantado, garante eficiência empresarial para sustentar o negócio e reduzir custos e perdas.

O que é Gestão de Estoque?

A gestão de estoque é uma técnica de controle, armazenamento e acompanhamento dos itens estocados. O gerenciamento é um componente essencial que monitora a cadeia de suprimentos, pois regula as operações envolvidas desde o momento que um item entra na empresa até ser comprado ou despachado para o cliente.

A intenção da gestão de estoque é evitar a falta ou o excesso de mercadorias, pois isso pode representar prejuízos para o caixa da empresa. Ou seja, a gestão pode ser entendida como o processo que envolve a definição do tipo de estoque a ser utilizado, as metodologias de organização e a realização de inventário.

De antemão, essa prática é determinante para que você obtenha sucesso com o seu negócio. Ela possibilita que todas as demandas sejam atendidas, inclusive nos períodos de baixa ou de alta procura dos produtos.

Primeiramente, a gestão de estoque garante também a continuidade das operações e a otimização dos recursos disponíveis, o que gera redução de custos e aumento da produtividade. Ou seja, a gestão de estoque ajuda a otimizar o processo, organizar os recursos e maximizar os retornos.

Veja como começar a fazer controle de gestão estoque em apenas 5 passos:

Se você não sabe como começar a fazer o controle de estoque em sua empresa. Pensando nisso, listamos 5 passos para te ajudar nessa missão.

1. Classificação do material

Você pode classificar de acordo com a sua natureza agrupar segundo sua forma, dimensão, peso, tipo e uso. Um sistema de classificação e codificação de materiais é fundamental para que existam procedimentos de armazenagem adequados, um controle eficiente do estoque e uma operacionalização correta do almoxarifado.

Se os responsáveis pelo estoque não contar com uma classificação, codificação e descrição no instante de procurar o produto armazenado, terá uma demora maior de encontrar o produto e também poderá encaminhar o produto errado para quem requisitou.

Leia também sobre a importância de codificar os produtos do seu estoque e como fazer.

2. Definir estoque mínimo e estoque máximo para cada produto

O estoque mínimo também é chamado como estoque de segurança, ou seja, serve para identificar quando este item precisará ser comprado e não vir a faltar e deixar de efetuar a venda. Como também pode utilizar essa quantidade definida até o pedido de compra chegar na empresa.

Já o estoque máximo servirá para balancear a quantidade deste produto no estoque para não comprar demais e evitar alguns problemas como: espaço físico, não perder o prazo de validade dos produtos perecíveis e como falamos no começo do nosso post, não ter estoque muito tempo parado, porque estoque parado é dinheiro parado.

3. Fazer inventário do seu estoque

Conte os produtos para saber qual é a quantidade real dos itens, classifique-os, para facilitar o seu trabalho, faça esse controle em uma planilha ou utilize um software de gestão de estoque e o mais importante de tudo isso, deixe os dados do seu produto sempre atualizados. Visto que, o sistema não faz o controle de estoque sozinho, ele é apenas uma ferramenta para ajudar a controlar.

4. Controle a qualidade da sua gestão de estoque

Seu estoque deve ser checado sistematicamente pela qualidade, as falhas identificadas, suas causas e também os produtos que não tem a qualidade esperada devem ser eliminados. A fim de permitir que você resolva qualquer problema com seus fornecedores e ao mesmo tempo demonstre a segurança e a qualidade do seu produto para o seu cliente.

5. Controlar o custo médio de cada produto

Representa o valor que será contabilizado por meio de uma média dos gastos com a aquisição de cada produto. Dessa forma, desconsiderar um aumento recente pode gerar um preço mais baixo do que o necessário para manter as contas da empresa em dia. Por isso, é fundamental utilizar o cálculo do custo médio para equilibrar o valor de venda e como consequência ter o lucro final na sua empresa.

Você sabe quais são os benefícios de uma gestão de estoque?

Abaixo listamos 4 benefícios de ter um estoque bem gerenciado.

1. Evita o desperdício

Ter conhecimento dos gastos e saídas da empresa ajuda a prever a quantidade necessária de itens para suprir cada demanda. Dessa maneira, é possível evitar qualquer excesso ou dinheiro mal destinado a mercadorias.

2. Favorece o capital de giro

Mercadoria parada é sinônimo de dinheiro parado. Sendo assim, o capital de giro sustenta o ciclo de compra e venda e garante a viabilização das operações.

3. Gera conhecimento de oferta e procura

Manter o estoque sob controle é essencial para se perceber quais produtos tem mais saída e quais tem menos. Visto que isso é um fator relevante para o estabelecimento de estratégias de vendas e promoções que despertem o interesse do público para produtos de menor procura, gerando o capital necessário para investimento em novidades.

4. Otimiza o espaço físico

Ter ciência dos produtos em estoque, bem como a sua dimensão, ajuda no planejamento de armazenagem dentro do espaço físico determinado.

Você consegue identificar quais são os produtos mais estratégicos e que saem mais da sua loja? Se não souber responder, saiba que você não é o único. Conheça a Curva ABC e saiba como pode ser aplicado em sua empresa, organizando melhor seu estoque e garantindo o sucesso do seu negócio

Não deixe de fazer o controle do seu estoque, para continuar atualizado acompanhe nossas postagens!