Gestão de pessoas Fortes RH

Como fazer o PDI com a ajuda de um sistema

Fortes tecnologia apresenta como fazer o PDI
Escrito por Karina Souza
Publicado em: 10/09/2019 Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Começo este artigo te fazendo uma pergunta: você quer ter colaboradores mais engajados, com bom desempenho nas atividades e mais produtivo? Acredito que você vai dizer, sim! Então, quero dizer que isso totalmente é possível com a implantação do PDI – Plano de Desenvolvimento Individual, na sua empresa. Continue lendo para entender a importância dessa ferramenta e como fazer o PDI com a ajuda da tecnologia. 

O PDI é uma ferramenta estratégica muito importante para o desenvolvimento das lideranças e colaboradores de sua empresa. Ela permite realizar um plano de ações com metas, que levam o colaborador de uma situação atual para um estado desejado.

É um planejamento realizado com o profissional a fim de desenvolver sua carreira e suas competências necessárias para assumir determinados desafios dentro da empresa. A estratégia faz com que as competências sejam desenvolvidas, o colaborador fique mais produtivo e a empresa alcance seus objetivos a curto, médio e longo prazo de acordo com as ações planejadas.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Benefícios do PDI

A partir do momento que o colaborador se sente importante para a empresa, ele se sente mais motivado e impulsionado a realizar mais entrega, além de perceber que a empresa está investindo na sua carreira.

A ferramenta permite um plano de ação não só para desenvolver o colaborador para o cargo atual, mas para futuros desafios. Isso faz com que as empresas tenham menos turnover e absenteísmo, uma vez que o clima organizacional é colaborativo e propicia a satisfação dos colaboradores. É importante lembrar que a finalidade do PDI não deve atender somente aos interesses da empresa, mas também os objetivos profissionais e pessoais do colaborador.

O PDI é realizado com base na avaliação de desempenho, onde são identificadas quais competências precisam ser desenvolvidas de acordo com o resultado apresentado. É de suma importância que o gestor direto do colaborador ou os profissionais de RH, saibam o objetivo de cada ação inserida, ou seja, o que de fato deseja que o colaborador desenvolva. 

É importante que tenham metas que sejam possíveis de serem alcançadas. Por exemplo, se o colaborador precisa desenvolver mais a comunicação escrita e verbal, a princípio você pode propôr a leitura de um livro e em seguida solicitar a elaboração de um artigo. Todos os prazos das ações devem ser acompanhados e de preferência cumpridos para que não perca o foco do objetivo da ferramenta.

Como fazer o PDI?

Existem algumas formas de como fazer o PDI, uma das mais utilizadas pelas empresas são o uso de planilhas que permitem registrar e acompanhar as ações. Mas para ter um gerenciamento de forma segura e eficiente, está se tornando cada vez mais necessário a utilização de um software, pois ele cumpre de forma automática a função de gerenciar todas as ações e acompanhar de perto a evolução dos colaboradores. 

Com um sistema especializado para Gestão de Pessoas, o RH tem o processo automatizado e garante mais tempo para atuar de forma estratégica na organização.

Foi pensando nessa necessidade das empresas, que a Fortes tecnologia desenvolveu a funcionalidade de PDI dentro da solução Fortes RH, ela é fantástica e está sendo bastante aproveitada por quem já utiliza o nosso sistema. A funcionalidade permite realizar todo o processo do PDI, desde a avaliação de desempenho até o acompanhamento das ações sugeridas para o desenvolvimento da competência. Não é o máximo? Vamos aproveitar para conhecer mais da ferramenta com um dos nossos exemplos.

Assim como já falei, o sistema permite a criação da avaliação de desempenho com base nas competências a serem analisadas, beja a imagem abaixo!

Como fazer o PDI com a ajuda de um sistema 1

As competências e os níveis podem ser parametrizados de acordo com a realidade de cada empresa. Após realizar a avaliação, o sistema apresentará indicadores que vão informar quais competências precisam ser desenvolvidas de acordo com a performance mensurada. Um dos indicadores é o gráfico radial (exemplo na imagem abaixo).

Como fazer o PDI com a ajuda de um sistema 2

O gráfico radial norteia o gestor ou profissional de RH a saber quais competências precisam ser desenvolvidas, bem como já apresentará uma tela das mesmas para que sejam inseridas ações com metas e pesos de relevância para cada ação/atividade.

Como fazer o PDI com a ajuda de um sistema 3

Sabemos que o RH possui diversas obrigações no dia a dia e para garantir que os gestores tenham produtividade e possam realizar todas suas tarefas sem esquecer as ações, a Fortes Tecnologia implementou além do relatório completo de acompanhamento, o envio automático de e-mails quando as ações estiverem perto de vencer. Tanto o colaborador como gestores e o RH, podem receber as notificações de alerta do sistema.

Você pode conhecer todos os detalhes da funcionalidade dentro do Fortes RH assistindo os nossos vídeos. Confira como fazer o PDI de forma assertiva!

1) Criando um PDI

2) Como realizar os cadastros

3) Finalizando o PDI

4) Analisando as competências

Quais empresas podem fazer o PDI com o Fortes RH?

Toda e qualquer empresa que quer fazer um trabalho eficiente de desenvolvimento dos seus colaboradores, pode utilizar o Fortes RH para aplicar o PDI – Plano de Desenvolvimento Individual e assim garantir ações que motivam e engajam as equipes.

Além do PDI, o Fortes RH permite os gestores de pessoas a automatizar todos os processos, desde o recrutamento e seleção até pesquisas internas, entre elas, a pesquisa de clima organizacional. Você pode falar com um dos nossos especialistas e entender tudo o que a nossa solução faz para facilitar cada vez mais a vida dos profissionais de RH.

Gostou deste artigo? Então aproveite para conhecer 7 passos importantes de como fazer o PDI e comece já a desenvolver um time de alta performance.

Sobre o autor

Karina Souza

Graduada em Recursos Humanos, Coach e Especialista em Gestão Empresarial. Atualmente é gerente de produtos na área de Gestão de Pessoas do Grupo Fortes, instrutora na área de RH, gestão de pessoas e SST. Participa como membra da Associação Brasileira de Recursos Humanos e do grupo de SST das empresas piloto do eSocial. Cursando Técnico de Segurança do Trabalho.

Deixar comentário.

Compartilhar