RH 4.0: prepare-se para essa inovação na sua empresa

RH 4.0: prepare-se para essa inovação na sua empresa
4 minutos de leitura

O conceito inovador do RH 4.0 já está presente em grande parte das organizações. Esse novo método de trabalho tem se mostrado especialmente útil no gerenciamento de pessoas. Por meio de ferramentas altamente tecnológicas, é possível mapear o perfil de comportamento de uma pessoa e alocá-la em atividades que terão o melhor retorno possível.

Este artigo falará a respeito desse novo arranjo presente no setor de recursos humanos de forma cada vez mais acentuada. Ao ler o texto, você entenderá o que diz o conceito formal e como o RH 4.0 funciona de fato. Em seguida, conhecerá quais são as principais tendências e como uma organização pode adaptar-se para implantar o novo método. Ficou interessado? Então prossiga na leitura!

O que é o RH 4.0 e como ele funciona?

No mundo real, nada é estático, e tudo evolui. Esse é o raciocínio por trás das sucessivas transformações pelas quais os meios produtivos passaram ao longo dos anos. Desde a primeira revolução industrial, muita coisa foi alterada no modo como a cadeia produtiva funciona, visando a alcançar uma produtividade maior. Nesse sentido, os modelos de gestão de pessoas também foram modificados na intenção de acompanhar os novos paradigmas.

É justamente nesse cenário que surge o RH 4.0. Ele é concebido para atender à nova demanda de organização das empresas e tem alguns pilares centrais que embasam todo o seu modelo de funcionamento.

A ideia por trás de tudo isso é gerar valor para as organizações, ao passo que dá apoio a todos os procedimentos relativos à gestão de pessoas. Para isso ser alcançado, é essencial que o RH 4.0 seja alicerçado em quatro princípios básicos, conforme explicitado a seguir.

Pessoas

Esse sempre foi o elemento central do RH tradicional e continua sendo no novo formato de gestão de pessoas. No entanto, agora a avaliação do corpo de colaboradores é feita usando ferramentas modernas, sobretudo o people analytics. Trata-se da aplicação de métricas inteligentes que viabilizam a gestão por competências.

Processos

Da mesma forma, os procedimentos tidos como intrínsecos à gestão de pessoas também precisam ser repaginados nessa nova versão do RH. A ideia é alinhar os objetivos do negócio com os interesses das pessoas envolvidas. Processos de contratação e desenvolvimento são redesenhados para cumprir a nova proposta organizacional.

Estratégia

Tudo isso que foi mencionado até agora precisa estar alinhado com uma estratégia clara de progresso. A razão disso é que o uso da tecnologia por si só não alcança o objetivo esperado. É necessário traçar ações concisas para que a ferramenta analise o setor de RH e contribua na tomada de decisão a favor da companhia como um todo.

Tecnologia

Por fim, a tecnologia envolvida precisa permitir que os avanços aconteçam. E isso tem ocorrido, pois o mercado entendeu a proposta, e hoje existem vários fornecedores de soluções para todas as rotinas de trabalho do RH. É possível encontrar sistemas que automatizam grande parte da rotina dos profissionais que lidam com a gestão de pessoal.

Quais são as tendências do RH 4.0?

O principal “tronco” que possibilitou o surgimento desse novo modelo foi o avanço da tecnologia. Sendo assim, as tendências dessa metodologia de trabalho estão fortemente ancoradas no uso de modernas ferramentas tecnológicas. Uma delas é a aplicação de inteligência artificial. Trata-se de complexos procedimentos que fazem análise de um grande conjunto de dados e tomam decisões autônomas.

Outra forte tendência é a automação de rotinas por meio de softwares especializados. Eles permitem que tarefas repetitivas sejam feitas de forma automática, otimizando o tempo de trabalho dos colaboradores. Assim, eles podem ser liberados para tarefas de cunho estratégicos ao invés de procedimentos meramente operacionais.

Por fim, existe a inclinação de adoção do modelo de armazenamento em nuvem. Isso traz mais segurança e flexibilidade ao trabalho desempenhado. Os dados podem ser acessados de forma remota, pois ficam disponíveis na nuvem da internet. Assim, caso alguma máquina local sofra avarias, as informações podem continuar sendo acessadas sem nenhum problema.

De que forma é possível trabalhar com o RH 4.0 dentro de uma empresa?

Acompanhe, a seguir, as principais recomendações!

Preparar-se para a mudança organizacional

A adoção de um novo modelo de trabalho exige adaptação. Isso é aplicável a qualquer setor, e com o departamento de recursos humanos não poderia ser diferente. Assim, é necessário que os colaboradores envolvidos estejam muito conscientes a respeito do processo pelo qual passarão.

Nesse sentido, vale promover cursos e treinamentos a respeito do tema, fazer reuniões para alinhar objetivos e definir as metas a serem alcançadas. Todos os integrantes do setor precisam ser envolvidos para que a probabilidade de sucesso aumente consideravelmente.

Acompanhar tendências

Outro importante aspecto na implantação do novo modelo é estar antenado em tudo que acontece de novo e que envolve o setor. Inventar a roda pode não ser tão produtivo quanto parece. Portanto, em se tratando do início de um novo trabalho, o melhor que pode ser feito é andar por caminhos já conhecidos.

Assim, é recomendado que a empresa saiba quais são as tendências do mercado que têm se mostrado eficazes no sentido de adotar procedimentos tecnológicos que correspondam à nova realidade. Com essa postura, fica mais fácil saber quais são as estratégias que têm apresentado bons resultados.

Flexibilizar o trabalho

Uma das prerrogativas do RH 4.0 é a flexibilização. No entanto, pode ser um pouco difícil adotar esse novo modelo de uma hora para outra, ou seja, de forma abrupta. Como forma de suavizar o processo, indica-se que o novo modelo de trabalho seja incorporado gradualmente.

Sendo assim, a organização pode permitir cada vez mais que o trabalho executado seja realizado no formato a distância. Uma boa dica é começar concedendo um dia da semana (a escolha do colaborador) para que o ofício seja desempenhado no regime de home office. Deve-se acompanhar também os resultados refletidos nas pessoas para saber se a decisão está sendo bem recebida.

O novo conceito de RH 4.0 certamente é revolucionário. Trata-se de um modelo inovador de gerenciamento de capital humano que considera e utiliza diversas ferramentas tecnológicas. Por meio do uso intenso de sistemas modernos, pode-se extrair o máximo de produtividade da equipe, beneficiando a empresa e todos os colaboradores. Ao analisar métricas inteligentes, é possível otimizar o trabalho que agora pode ser executado de forma remota e totalmente flexível.

Gostou do conteúdo? Então siga nosso perfil nas redes sociais, como o Facebook, Instagram e YouTube!