Business Partner: o que é e qual importância para sua empresa

fortes-tecnologia-business-partner.png
4 minutos de leitura

Sabe qual é um dos maiores desafios de hoje em dia para as organizações? Engajar seus colaboradores na mesma direção dos resultados e da qualidade de vida junto a jornada por inovação.

Quando uma empresa consegue encontrar o melhor caminho para atingir esses objetivos estratégicos, ela consegue melhorar seus processos, se relacionar de forma mais assertiva com seu público e ser cada vez mais rentável.

Mas bem sabemos que se manter competitivo no mercado não é uma tarefa tão simples. Para isso existem diversos modelos de negócio que tem por objetivo a criação de estratégias que busquem encontrar a inovação e a melhoria contínua desses processos para as organizações. 

Nesse artigo iremos nos deter em explicar sobre a figura do Business Partner, que é uma espécie de consultor interno que procura atuar de forma estratégica auxiliando na busca por soluções estratégicas.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Mas o que faz um Business Partner?

A definição desse papel não é algo recente como alguns podem pensar, essa figura do Business Partner foi idealizada pelo guru em negócios Dave Ulrich há mais de 20 anos em seu livro Human Resource Champions. Esse consultor interno transita entre o negócio e a Gestão de Pessoas, procurando atuar estrategicamente nas soluções para a empresa.

O principal objetivo desse profissional é conhecer a estrutura operacional e atuar de forma estratégica no negócio, fazendo a diferença nas operações e por consequência no clima organizacional das equipes.

A visão que Dave defende em seu livro, é de que as áreas e ações da parte da Gestão de Gente e Negócios de uma empresa devam caminhar juntas. Foi com essa perspectiva que ele criou a figura do Business Partner para promover o alinhamento entre as necessidades da empresa e da gestão de pessoas da forma mais eficiente possível frente aos resultados esperados.

Embora pareça no primeiro momento algo obvio desde que foi criado esse conceito há mais de vinte anos, muitos têm várias dúvidas sobre qual é a real função de um Business Partner, as competências necessárias e como ele atuaria nas empresas.

Propósito de um Business Partner

O real propósito desse profissional consiste em deter o conhecimento sobre os processos de gestão de pessoas na organização e também sobre negócios para que seja possível elaborar estratégias de alinhamento entre os dois focos e gerar resultados mais eficientes para o todo.
 
Você pode ser perguntar! – Mas todos os líderes já não tinham que dominar essa visão? A resposta poderia ser sim, mas bem sabemos que a operação setorial tem tomado o tempo dessas lideranças, sem contar que cada um acaba ‘enxergando’ a realidade que o envolve.
 
Esse profissional deve ser capaz de manter o equilíbrio nas relações entre especialistas de todos os setores e executores dos processos, bem como conselheiro do executivo para gerar a facilitação e bom andamento da dinâmica empresarial.

Atividades essenciais

Antes de pensar em implementar essa figura em sua organização, é importante que você saiba que a profissional que irá desempenhar esse papel de Business Partner deve ter conhecimento de grande parte dos processos de gestão de pessoas e profundo conhecimento do negócio para poder discutir soluções estratégicas para a empresa.

Ele deve agir como uma especie de conselheiro dos executivos da empresa, bem como manter o equilíbrio das relações entre os especialistas das áreas e os executores dos processos, agindo como um facilitador para o bom andamento da dinâmica empresarial.

Sua atuação perpassa algumas demandas tais como, analisar se o treinamento correto está sendo aplicado para os colaboradores de cada área. Ele seria o primeiro filtro entre a solicitação do Gestor e o RH para realizar essa análise de necessidade e aplicabilidade com o negócio fim daquele setor e da empresa. 

Constantemente ele precisa avaliar quando deve usar as políticas já existentes nas empresas ou quando precisa criar uma política especifica para atendimento de alguma necessidade pontual de um grupo de colaboradores. 

Em artigos anteriores já falei sobre competências digitais e quais seriam os cargos que se manteriam no futuro e os que seriam extintos, o Business Partner é um desses cargos que terá cada vez mais espaço e mercado nesse futuro já tão próximo. Considerando que estamos vivendo numa época totalmente dinâmica e rápida.

Quais os desafios?

Tomando como base os conceitos do acordo com Dave, teremos pelos menos 5 desafios que serão cruciais para esse profissional:

1) Desenvolver

Mais do que simplesmente desenvolver planos, esse profissional precisará colocá-los em prática, definindo cada ação necessária para que se concretizem, acompanhando sempre a execução disso.

2) Satisfazer 

A missão de propiciar o equilíbrio entre atender as demandas dos envolvidos na organização e dos sócios também faz parte do papel do Business Partner. Em síntese é promover os interesses desses grupos e manter o negócio rentável. 

3) Planejar

Ele será o principal responsável em elaborar um  planejamento integrado, alinhando o trabalho e interesses da gestão de pessoas com os negócios.

4) Analisar

Analisar o impacto de ações isoladas na estratégia da empresa é mais uma das preocupações dele, avaliando com cuidado e muita atenção os possíveis riscos.

5) Capacitar

O mais importante, preparar a equipe para disseminar e aplicar as estratégias elaboradas.

Qual o perfil?

A fim de facilitar sua busca por esse profissional, elenquei alguns pontos abaixo:

  1. Flexibilidade
  2. Conhecimento sobre o negócio
  3. Ser um bom facilitador
  4. Possuir habilidades de negociação em nível elevado
  5. Noções de gestão de pessoas
  6. Conhecimento em processos

Embora esse papel seja completamente estratégico, ele precisa ser muito bem pensado e estruturado para que não gere investimento de tempo e baixos resultados. É bom que esse profissional não seja subutilizado e o ajude na obtenção dos resultados estratégicos.

 
Não perca mais nenhuma novidade!

Não perca mais nenhuma novidade!


Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo e marketing digital.