O que é metaverso e como ele funciona?

O que é metaverso e como ele funciona?
3 minutos de leitura

Apesar de ainda ser visto por muitos como uma promessa de futuro, é importante começarmos a entender o que é metaverso e qual o seu impacto na vida das pessoas, principalmente das empresas.

Capitaneadas pelo Facebook (que passou a se chamar, “Meta”), as discussões sobre o metaverso crescem e ganham coro a cada dia. O tema começou a ser apresentado como a evolução da internet, do que temos hoje para um momento em que tudo poderá ser acessado com maior facilidade.

O metaverso representa uma nova fase de virtualização, em que nos aproximamos dos conceitos apresentados nos universos da ficção científica. Para muitos, ainda é uma realidade distinta, mas a verdade é que temos tecnologias e inovação capazes na atualidade.

Por isso, é interessante saber do que se trata e compreender os benefícios reais que o conceito traz.

O que é Metaverso?

O metaverso é uma nova realidade virtualizada que substituirá a internet como conhecemos. Trata-se de um conceito que une a noção de simulação virtual com a realidade prática para permitir novas funções e operações dentro da rede.

Essa tecnologia é como um mundo virtual paralelo, em que as pessoas serão representadas por avatares. Elas poderão comprar, interagir com as pessoas e participar de reuniões corporativas com corpos virtuais, em espaços virtuais.

Falar sobre isso no mundo atual — que vê o trabalho remoto e o comércio online crescerem — é até mais fácil. Porém, discutir isso há uns 15 anos parecia só conversa de ficção científica.

Como o Metaverso funciona?

O metaverso é baseado, sobretudo, na ideia de realidade virtual e realidade aumentada.  As simulações serão cruciais para gerar um mundo novo, virtualizado, e que seja gerenciado por pessoas reais com recursos reais.

Ou seja, o acesso será muito similar ao que as pessoas já fazem hoje, com óculos e outras ferramentas. Assim, a ideia é aumentar ainda mais a imersão no mundo virtual. 

Além disso, o universo virtualizado também contará com as redes sociais e com as criptomoedas. O foco é gerar uma experiência completa, com praticamente tudo o que se tem na vida real. 

Assim, naturalmente, as pessoas passarão ainda mais tempo na internet e conseguirão resolver mais problemas. 

Quando surgiu?

Leitores de cyberpunk sabem que a noção de um metaverso é comum nas narrativas do gênero. O termo surgiu na década de 1980, no livro snow crash. Nos anos 90, com o desenvolvimento da internet, já foi possível concretizar alguns desses elementos. 

Com a internet se tornando mais popular e o surgimento de mais pessoas para usar, estávamos mais perto. Contudo, como já adiantamos, até os anos 2000 essa ideia parecia um pouco remota. 

Hoje, com as tecnologias que temos disponíveis, o metaverso é uma realidade concreta para o futuro.

Como o Metaverso revoluciona a internet?

Esse conceito vai tornar a internet mais multifuncional e criativa. Ela será o palco das atividades humanas mais diversas, expandindo o que temos hoje. 

A ideia de metaverso gera na rede uma experiência única que abrange a vida de todos os seus usuários. Desse modo, a rede não somente se torna um fruto do que os usuários produzem, mas produz ativamente novos recursos e impacta profundamente a vida das pessoas. 

É uma continuação natural do que temos atualmente. A nova internet vai ser ainda mais útil para superar barreiras, tornar a vida das pessoas mais práticas e fáceis e eliminar custos. 

Assim, vai beneficiar a vida pessoal e profissional dos seus usuários.

Impacto na economia

Na economia, também vamos observar algumas mudanças por conta do metaverso. Uma delas é a chegada de novas empresas, com serviços para atender aos usuários nesse novo paradigma. 

Teremos mais empresas com foco em simulações virtuais e computação em nuvem, por exemplo. Ademais, podemos ter novos negócios com soluções voltadas para quem deseja se adaptar ao metaverso.

Como as empresas podem utilizar do Metaverso?

As empresas certamente vão aproveitar  para reforçar seus regimes de trabalho. 

O trabalho remoto, por exemplo, será feito com uma imersão maior e com melhores recursos para otimizar o dia a dia de cada colaborador. Desse modo, será possível eliminar as barreiras enfrentadas atualmente e garantir que as pessoas se sintam conectadas, mesmo a distância.

Além disso, podem traçar planos de marketing e todos seus recursos – como envio de brindes personalizados – para reforçar sua marca para consumidores. 

Quando o Metaverso vai acontecer?

A previsão do Facebook é trabalhar para os próximos 5 anos. 

No Brasil, temos algumas questões a resolver, mas a expectativa é que logo em breve tenhamos uma melhoria da infraestrutura com o 5G. O que é um passo para chegar mais perto das simulações do universo virtual.

O metaverso trará novos paradigmas e certamente será muito útil para as empresas. É preciso entender o que esse novo momento significa para aproveitar as oportunidades. 

Nesse contexto, é importante entender minimamente esse contexto e todas as transformações que serão impactadas por elas.
Hoje, falamos inclusive em profissões como o rh estratégico no metaverso e o marketing voltados para esse meio.

Últimos posts 👇

cta_tecnologias-disruptivas_02-e1588256298941