Cartão de crédito falante: saiba o que é e como funciona

Cartão de crédito falante: saiba o que é e como funciona
3 minutos de leitura

O Cartão de crédito falante é um dos destaques entre as novidades para o próximo ano. Com certeza será uma das funcionalidades mais esperadas, pois ele surge na esteira das invenções que se propõem a aumentar a acessibilidade para pessoas com deficiência — neste caso, para quem tem deficiência visual.

Isso porque, ao informar por áudio os dados durante um pagamento, esse recurso deverá aumentar a segurança nas compras feitas por esses clientes.

Nas próximas linhas, daremos mais detalhes sobre o cartão de crédito falante e outras opções inclusivas para transações financeiras do Brasil.

O que é cartão de crédito falante ou voice card?

Cartão de crédito falante é um item capaz de se conectar a um smartphone para informar os dados de pagamento via áudio.

Chamado originalmente de voice card (em inglês), o plástico é parecido com os demais cartões de crédito, mas com a função adicional de comunicação com o celular do cliente.

Daí o nome popular de “cartão falante”, já que os dados são enviados ao smartphone em tempo real e pronunciados em áudio, permitindo que pessoas com deficiência visual tenham certeza do valor cobrado, verificação de senha e fim da transação.

Como funciona o cartão de crédito falante?

No Brasil, o item será lançado pela fabricante de cartões Thales, que projetou seu funcionamento em quatro passos:

  1. Primeiro, o cliente faz o pedido e recebe o cartão de crédito normalmente. O plástico estará preparado para o emparelhamento via bluetooth, por meio da aproximação com o smartphone
  2. Depois de emparelhado, o cartão de crédito está pronto para o uso. Assim que for inserido numa maquininha para pagamento, fará a conexão com o celular por meio de um link seguro
  3. Durante a transação, as informações são transmitidas do cartão para o smartphone. O valor da compra, por exemplo, é falado antes que o cliente digite a senha ou PIN
  4. Uma vez que a transação seja finalizada, o cliente ouve que a compra foi aprovada.

Por questões de segurança, o cartão de crédito falante estabelece conexão exclusiva com um único celular por vez.

Ou seja, caso o cliente troque de smartphone, vai precisar repetir os passos para conectar o aparelho ao cartão.

Apesar de inovadora, a solução tem limitações como as compras por aproximação, em que o recurso por voz não é acionado.

Portanto, o cliente deve optar por transações convencionais para aproveitar o comando de voz.

Quais os benefícios do cartão de crédito falante?

O principal benefício dessa inovação é a segurança nas compras feitas por pessoas com deficiência visual.

As informações disponibilizadas em áudio dispensam a necessidade de que esses clientes sejam acompanhados por conhecidos que confiram o valor cobrado na maquininha de cartão.

Dessa forma, dá para prevenir cobranças equivocadas ou até mesmo golpes.

Outra vantagem está em evitar o bloqueio do cartão de crédito por erros na digitação da senha, pois o comando de voz informa quantas tentativas restam.

Acessibilidade em meios de pagamento

O cartão de crédito falante não é a única inovação com o objetivo de aumentar a acessibilidade nos meios de pagamento para pessoas com deficiência visual.

Administradoras de cartões como a Mastercard também vêm investindo nessas soluções, o que resulta em produtos como o Touch Card.

O produto conta com formatos de entalhes que possibilitam a diferenciação de cartões de crédito (formato redondo), débito (reto) e pré-pago (triangular).

Outras opções foram desenvolvidas por um grupo de trabalho da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), incluindo um aplicativo que realiza a leitura dos dados de transações financeiras por meio da câmera do celular.

O funcionamento é simples: basta que o cliente abra o app e aponte a câmera para a tela da máquina de cartão utilizada por comerciantes e entregadores.

A Abecs também criou uma adaptação para máquinas de cartão que não possuem botões físicos: um adesivo com marcações em alto relevo para reconhecimento tátil dos números do teclado virtual.

Prática, a solução transforma a tela dos dispositivos em versões de teclados físicos, inserindo marcadores para cada tecla, a fim de garantir a confiabilidade na hora de digitar a senha ou pin.

Mais que uma tendência, produtos e serviços que promovem a inclusão têm grande potencial de crescimento, atendendo a um mercado de mais de 1 bilhão de consumidores em todo o mundo, segundo a ONU.

E você, já conhecia alguma dessas novidades criadas para facilitar a vida de pessoas com deficiência visual ou outros tipos de deficiência?

Se achou este artigo útil, compartilhe com sua rede de contatos.

Últimos posts 👇

cta_tecnologias-disruptivas_02-e1588256298941
Não perca mais nenhuma novidade!

Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro das novidades!