Contadores na crise: como lidar com as reduções de honorário na pandemia?

fortes-tecnologia-apresenta-contadores-na-crise
4 minutos de leitura

A redução de honorários foi uma situação difícil para os contadores na crise. Os empresários com dificuldades passaram a pressionar seus contadores para pagarem menos.


Durante a crise causada pelo novo coronavírus, algumas áreas tiveram aumento na quantidade de trabalho. Uma das profissões que mais tiveram crescimento repentino no volume de serviço foram os contadores. O mercado teve de se ajustar rapidamente, causando uma demanda maior de trabalho para essa classe.

Como consequência, os contadores, na crise, se viram em um período bem estressante, uma vez que passaram a ter uma quantidade de trabalho muito superior ao que é o costume do período. Entretanto, isso não se traduziu em aumento de faturamento, pois muitas empresas, visando a garantir a saúde financeira de seus negócios, pediram reduções de honorários durante a pandemia.

Mas como aprender a lidar melhor com o período e extrair bons aprendizados que certamente servirão para toda a carreira? Separamos algumas dicas especiais para isso! Saiba quais são e qual é a importância de focar no cliente. Continue lendo e saiba mais!

Como os contadores auxiliaram os clientes na crise do coronavírus?

Verdade seja dita: o momento não foi esperado por nenhuma empresa, que rapidamente se viu com a necessidade de tomar atitudes no sentido de se resguardar e proteger, uma vez que não havia nem como prever a reação do mercado nos meses seguintes. Todas as companhias não tiveram tempo de fazer um planejamento tributário que contemplasse tal situação, sendo necessário tomar atitudes rápidas e certeiras.

Os contadores, então, tiveram papel fundamental na proteção dessas empresas, uma vez que a contabilidade permitiu que, com a ajuda de atualizações da legislação contábil, flexibilização das leis trabalhistas e de alguns impostos no período, as empresas não comprometessem seu fluxo de caixa.

Mais uma vez, a contabilidade se provou uma área importantíssima para o equilíbrio e crescimento das companhias, mostrando que deve ser visto como um setor a ser sempre priorizado e ter seus profissionais valorizados.

Quais são as melhores dicas para lidar com essa situação?

Entretanto, a pressão que os clientes exerceram, de pedidos em massa para que a redução dos honorários fosse realizada rapidamente, acabou afetando a saúde mental de muitos contadores na crise, que passaram a se sentir estressados pela alta carga de trabalho. Com relação a isso, separamos algumas das melhores dicas para ajudar a lidar da melhor forma com este período tão singular. Acompanhe!

Escutar os cliente e compreender seus problemas

A empatia é ainda mais fundamental nesta época de pandemia. Sabemos que nem tudo está em nosso controle, mas a forma com que reagimos às situações, sim. Portanto, é fundamental procurar escutar os clientes e realmente se colocar no lugar deles, para entender a demanda que eles necessitam e ajudar a resolver seus problemas.

Apesar de a quantidade de pedidos, e vindos de clientes diferentes, exigir rapidez dos contadores, um atendimento humanizado é tão importante quanto fazer as tarefas determinadas no tempo necessário.

Cuidar da saúde mental

A pressão do período da pandemia afetou não só economicamente as pessoas, mas também psicologicamente. É preciso cuidar da saúde mental e procurar evitar formas de ter estresse. Além disso, houve relatos de profissionais que apresentaram sintomas de crises de ansiedade e, até mesmo, depressão. Os contadores estão expostos devido à pressão que sentem no trabalho. Não se cobrar tanto é uma das maneiras de blindar a mente nesta época e evitar que ela seja atingida pelos problemas.

Powered by Rock Convert

Procurar atualizar-se quanto às mudanças na legislação

A atualização e o estudo fazem parte da vida de qualquer contador. Mas, no período, a velocidade de informações e mudanças na legislação bateu recordes. É preciso estar atento a qualquer alteração nas leis contábeis e trabalhistas, para evitar erros e retrabalhos, assim como atender corretamente às demandas dos clientes.

Ainda falando em atualização, uma das pautas que voltaram recentemente é a da reforma tributária. Saber tudo sobre ela é essencial para o trabalho da contabilidade, à medida que progride no Congresso Nacional.

Criar mecanismos de controle

Um das ações mais importantes para qualquer companhia, não só neste período, é criar mecanismos de controle, principalmente com relação aos gastos. Fazer um planejamento financeiro na retomada ajuda a garantir não só a sobrevivência do negócio, como também ter mais segurança no reinício das atividades.

Independentemente do setor, fazer um planejamento financeiro só traz benefícios. Para o de contabilidade não é diferente. Portanto, comece a planejar como fazer essa retomada, reduzindo custos e sem comprometer o fluxo de caixa.

Automatizar processos

Ainda falando em mecanismos de controle, mas abordando outra vertente, a dica é melhorar a automação dos processos. Um processo bem-estabelecido ajuda a reduzir custos, uma vez que o retrabalho é praticamente eliminado e as atividades são entregues com maior qualidade e no mesmo padrão. Dessa maneira, há, também, menor tempo de execução das tarefas, o que é fundamental em um período em que o trabalho aumentou, mas também houve redução nos honorários dos escritórios de contabilidade.

Manter o contato com os clientes

Apesar da redução de honorários e, até mesmo, saída de alguns clientes, manter contato de maneira adequada com os clientes é essencial para a retomada. Uma vez que os clientes não cortaram custos por motivo interno, a tendência é que, assim que a situação se normalizar, eles retornem às demandas que tinham anteriormente. Assim, seguir em contato e prestar auxílio é essencial para manter o cliente e ajudá-lo da melhor maneira.

Qual é a importância de focar na solução dos problemas do cliente?

fortes-tecnologia-contadores-na-crise-reducao-de-honorarios

Cada cliente tem um perfil e, portanto, suas próprias necessidades. Cabe aos contadores entenderem a dinâmica da companhia e procurar atendê-los da forma mais individualizada possível. Para isso, é preciso ter interesse genuíno em ajudar cada cliente e compreender a situação de cada negócio, não só durante a pandemia. Isso contribui para a criação de um relacionamento e, consequentemente, a fidelização dos clientes.

Além disso, o coronavírus afetará as relações de trabalho no futuro, e é fundamental acompanhar essas mudanças, para ver como se adaptar a essa evolução. Tudo isso contribui para manter a saúde mental dos colaboradores e líderes das empresas em geral e, também, dos próprios contadores na crise.

Gostou deste post? Você pode ajudar outros contadores a passar melhor pelo período, compartilhando nas suas redes sociais!

cta-guia-completo-para-digitalizar-o-seu-escritorio-de-contabilidadePowered by Rock Convert
Não perca mais nenhuma novidade!

Não perca mais nenhuma novidade!


Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo e marketing digital.