Gestão e Negócios

Trabalho home office: vantajoso para os funcionários e para os negócios

Imagem apresenta trabalho home office
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 10/05/2019 Tempo estimado de leitura: 7 minutos

A dinâmica de trabalho vive sofrendo mudanças ao longo do tempo. Sem dúvida, uma das mais notáveis foi o surgimento do trabalho home office. Esse modelo é cada vez mais comum, o que o coloca como uma daquelas tendências que estão se consolidando rapidamente. Isso se deve às diversas vantagens conquistadas pelas empresas que contratam home office.

De fato, tanto as empresas quanto os colaboradores são beneficiados pelo desenvolvimento remoto das tarefas. Contudo, muitos gestores ainda não sabem se o home office é uma boa ideia para os negócios.

Se esse é o seu caso, continue com a gente nas próximas linhas! Nós vamos demonstrar por que o home office é uma excelente alternativa para diversas organizações.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como o home office funciona na prática

Na prática, a reforma trabalhista determina que o modelo home office não prevê um controle de jornada de trabalho. Isso significa que as horas trabalhadas a mais não precisam ser remuneradas. Tal condição se aplica até mesmo nos casos que envolvam o deslocamento do colaborador à empresa.

Em situações específicas, o colaborador precisa comparecer à empresa para a concretização de atividades que não podem ser executadas remotamente. Vale ressaltar que essa presença do funcionário não retira a classificação do contrato de trabalho como home office.

É necessário, entretanto, que as empresas definam, via contrato de trabalho, quais serão as tarefas a serem cumpridas pelos colaboradores. O documento também deve estipular as condições inerentes aos dispositivos necessários para a execução das atividades à distância. Se o empregado arcar com quaisquer despesas vinculadas a algum equipamento, ele deverá ser reembolsado pela empresa.

A empresa é igualmente obrigada a informar o colaborador a respeito das normas de saúde e práticas ergonômicas recomendáveis. Finalmente, o contrato de trabalho também deve registrar que a adoção do home office foi obtida mediante anuência do colaborador.

Benefícios proporcionados pelo trabalho home office

O home office oferece inúmeras vantagens tanto para a empresa quanto para os colaboradores. Confira as principais!

Aumento da produtividade

Ao contrário do que se imagina, a realização das tarefas profissionais em ambiente doméstico não precisa ser um processo caótico. Se assim o fosse, o home office não seria aplicado pelas mais variadas empresas ao redor do mundo.

Na verdade, o home office proporciona um ganho bem significativo quanto ao conforto do colaborador. Em casa, o funcionário pode determinar um espaço específico como o local de concretização das atividades.

Desse modo, ele poderá deixar aquele ambiente com a cara dele. Se preferir ouvir música enquanto trabalha, por exemplo, ele terá a liberdade de fazê-lo sem a necessidade de usar fones de ouvido.

Com algumas particularidades, o home office também proporciona um ganho quanto à flexibilidade do horário de trabalho. Isso não quer dizer que o funcionário, necessariamente, poderá trabalhar quando quiser.

Porém, mesmo que haja uma delimitação de horário, ela será bem diferente do tradicional horário comercial. Na prática, isso significa que o funcionário terá, no mínimo, um tempo extra para concluir as tarefas designadas a ele.

Até mesmo algumas horas a mais já são o suficiente para a diminuição da carga de estresse. Horários de trabalho mais flexíveis também são bem-vindos para os colaboradores repletos de compromissos sociais. Quanto maior essa flexibilidade, menor será o estresse do colaborador e, portanto, maior a fluidez de execução das tarefas.

Perceba que, em casa, o colaborador se sente plenamente à vontade. Essa sensação de bem-estar é fundamental para que ele amplie sua concentração. Com todas essas vantagens, o resultado será um ganho tanto na produtividade quanto na qualidade das atividades efetuadas.

Atração dos melhores colaboradores

Por conta da liberdade e conforto proporcionados, o home office é um forte atrativo para inúmeros colaboradores. Cada vez mais, as pessoas estão buscando empresas que ofereçam mais do que bons salários.

Em grandes cidades, principalmente, o deslocamento na ida e volta das empresas é algo extremamente desgastante. Portanto, a possibilidade de trabalhar em casa já é fator decisivo para a escolha de uma empresa.

Lembre-se: não é só a organização quem seleciona os candidatos. Simultaneamente, eles também avaliam se aquela organização é realmente a melhor opção disponível naquele momento.

Retenção de talentos

Ao usarmos a mesma linha de pensamento anterior, nós concluímos que o home office também é determinante para a retenção de funcionários. Toda organização de sucesso conta com alguns grandes talentos em seus quadros.

Isso faz com que as empresas sempre tentem buscar meios de satisfazer alguns desejos desses talentos. Se você, como gestor, não pretende perder funcionários talentosos, está na hora de considerar a viabilidade do home office.

Não tenha dúvida de que os colaboradores enxergam as empresas que também operam de forma remota com outros olhos. Não se trata apenas da existência do home office em si. Vale notar que as empresas que adotam esse modelo de trabalho são vistas como organizações de vanguarda.

Maior economia e investimentos

As empresas que contratam home office não precisam se preocupar com certos gastos. Um deles é o custeamento do deslocamento dos funcionários. Uma vez que as tarefas serão concretizadas de uma maneira remota, a empresa não gasta recursos com pagamento de gasolina. O mesmo vale para o pagamento de passagens de ônibus ou metrô, por exemplo.

Além disso, a organização consegue enxugar significativamente o total de salas necessárias para o funcionamento dos escritórios físicos. Imagine a possibilidade de:

  • manter a empresa operando com poucas salas;

  • maximizar a produtividade;

  • economizar recursos financeiros — observe que a economia é nítida desde os gastos com locação do escritório aos valores cobrados pelas companhias de energia elétrica.

Vale notar que toda empresa que economiza recursos financeiros com sabedoria consegue expandir a reserva destinada aos investimentos. O ato de reinvestir é vital para a sobrevivência e crescimento de qualquer negócio. Logo, qualquer medida que caminhe nesse sentido é muito bem-vinda.

Como você pode notar, o home office contribui bastante para aquelas campanhas contra o desperdício. Até aqui, já é possível perceber que o trabalho remoto amplia a produtividade dos colaboradores.

Some-se a isso a preservação do caixa da empresa, o aumento do aporte em investimentos e a manutenção de profissionais altamente qualificados. Acredite: cada fator mencionado faz diferença no desenvolvimento de uma organização — até mesmo as de pequeno ou médio porte.

No entanto, é provável que você esteja se perguntando como é o processo de implantação do home office. Para isso, é necessário atender a duas premissas, as quais serão brevemente comentadas a seguir.

Avaliação do perfil dos colaboradores que poderão trabalhar via home office

O primeiro ponto a ser analisado é o perfil comportamental dos funcionários. Afinal, não é preciso ir muito longe para descobrir que nem todo profissional se adapta a esse arquétipo de trabalho.

O colaborador deve ter uma boa dose de auto-organização e comprometimento com as atividades de sua responsabilidade. Essas características são essenciais para que o home office realmente gere os benefícios apresentados.

Infraestrutura adequada de software e hardware

Outro fator relevante é o conjunto de equipamentos disponibilizado para os funcionários. Se a realização das tarefas exige a execução programas “pesados”, por exemplo, o funcionário deve dispor de um dispositivo devidamente configurado para isso. Caso contrário, o ganho de produtividade será revertido para um processo lento e oneroso.

Após se certificar de que tem em mãos as pessoas e dispositivos certos para o home office, você já pode colocá-lo em prática. Não se esqueça, entretanto, que também será preciso avaliar o desempenho dos colaboradores constantemente, assim como já ocorria no restante da empresa.

Para isso, as empresas que contratam home office também necessitam de um software de gestão moderno e eficaz. Se o futuro está no home office, a tecnologia da informação caminhada logo ao lado. As empresas que enxergam essa ligação de forma mais antecipada se destacam no mercado muito mais rapidamente.

Mas e você? Já está pensando nos benefícios que o home office traria para a sua empresa? Deixe um comentário com sua opinião sobre o assunto!

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar