Como obter segurança de dados em nuvem?

Se a segurança de dados na nuvem é o que te preocupa, com certeza vai ficar bastante tranquilo quando conhecer mais sobre o assunto.

fortes-tecnologia-seguranca-de-dados-em-nuvem
4 minutos de leitura

Os dados estão se movendo para a nuvem em um ritmo recorde nos últimos anos. Com a chegada recente da LGPD, as soluções baseadas em nuvem são cada vez mais procuradas em todo o mundo para hospedar toda a camada de informações das empresas. E essas soluções devem incluir tudo, desde o armazenamento seguro até o processamentos dos dados.

As empresas recorrem a soluções de armazenamento em nuvem para resolver uma variedade de problemas. As pequenas empresas usam a nuvem para cortar custos. Já os especialistas em TI de grandes empresas recorrem à nuvem para melhorar a maneira de armazenar dados, otimizando os processos de desenvolvimento.

Mas, como as soluções em nuvem para o armazenamento de dados online fornecem a você a facilidade de acessá-los em qualquer lugar com uma conexão disponível, acredita-se que há sempre um risco elevado. Então qual a melhor forma de obter segurança de dados em nuvem? 

Este conteúdo tem como objetivo responder essa pergunta e abordar tudo sobre como funciona a segurança na nuvem, entregando uma lista dos 5 fatores que fazem mais diferença quando falamos dos aspectos de segurança.

Como garantir a segurança no armazenamento de dados em nuvem?

É preciso começar sabendo de um ponto importante: todos os arquivos armazenados em servidores em nuvem se beneficiam de um nível aprimorado de segurança quando comparamos com outros serviços.

A credencial de segurança com a qual a maioria dos usuários está familiarizada é a senha. Mas os fornecedores de segurança de armazenamento em nuvem devem proteger os dados usando outros meios também.

Vamos conhecer agora quais são as 5 principais maneiras de promover a segurança na nuvem. É seu papel requisitar e garantir que todos eles estejam em operação para dar garantias à sua organização de que as informações na nuvem estão mesmo em um ambiente seguro.

1. Firewalls avançados

Todos os tipos de firewall possuem um papel importante: inspecionar pacotes de dados em trânsito na rede. Os mais simples examinam apenas os dados de origem e destino. Os avançados verificam a integridade do conteúdo do pacote.

Esses programas então mapeiam o conteúdo do pacote para ameaças de segurança conhecidas e devem ser utilizados no seu modo avançado para evitar qualquer risco de perda de dados.

Também é importante contar com firewalls internos. Afinal, nem todas as contas devem ter acesso completo aos dados armazenados na nuvem. Limitar o acesso seguro à nuvem por meio de firewalls internos aumenta a segurança. Isso garante que mesmo uma conta comprometida não obtenha acesso total.

2. Detecção de intrusão

O armazenamento na nuvem pode servir a muitos usuários ao mesmo tempo. Por isso, os sistemas de segurança em nuvem qualificados dependem da identificação quando alguém tenta invadir o sistema.

Vários níveis de detecção garantem que os fornecedores de nuvem possam até mesmo impedir os invasores que ultrapassam as defesas iniciais da rede.

3. Registro de eventos

Os registros de eventos ajudam os analistas de segurança a entender as ameaças que podem acontecer por meio de acessos indevidos na nuvem.

banner-artigo-blog-instPowered by Rock Convert

Esses registros identificam ações de rede e esses dados podem ser usados para construir uma narrativa completa sobre os eventos da rede. Isso os ajuda a prever e prevenir violações de segurança.

4. Criptografia de dados

A criptografia mantém os dados protegidos contra usuários não autorizados. Se um invasor roubar um arquivo criptografado, o acesso será negado sem encontrar uma chave secreta. Os dados são inúteis para quem não tem a chave.

Isso fornece uma camada adicional de segurança, pois a descriptografia será necessária antes que você possa ter acesso aos dados. Também conhecido como prova de conhecimento, esse método protegerá até mesmo seus dados contra os próprios provedores de serviços e administradores.

5. Segurança física

Os data centers em nuvem são altamente seguros quando comparamos com modelos mais antigos. Se você utilizar um serviço completo de servidores na nuvem, saibam que certamente eles são certificados e possuem monitoramento 24 horas por 7 dias na semana, bloqueios de impressão digital e sistemas de proteção externas.

Esses locais são mais seguros do que quase todos os centros de dados locais e diferentes fornecedores de nuvem usam abordagens diferentes para cada um desses fatores. Alguns sistemas de armazenamento em nuvem mantêm as chaves de criptografia do usuário longe de seus usuários. Outros fornecem as chaves de criptografia a seus usuários.

Por que a segurança de dados em nuvem deve ser uma das suas prioridades?

Vimos uma lista de fatores que faz toda a diferença quando falamos de dados na nuvem e segurança. Mas você entende a importância de garantir que tudo esteja funcionando em conjunto na sua organização?

Aqui estão dois pontos que comprovam a relevância que a segurança possui e como isso é uma prioridade para qualquer organização.

Chegada da LGPD e a impossibilidade de correr riscos

Depois de muita reviravolta, a LGPD entrou em vigor ainda no ano de 2020. De acordo com um estudo realizado pela IDC, no início de 2020, quase 60% das organizações estão com o tema como pauta estratégica. 

Esse número deveria ser ainda maior, já que um dos principais requisitos presentes na LGPD trata-se da proteção de dados pessoais. Cada empresa precisa garantir uma estrutura de segurança rígida para não correr nenhum tipo de risco de vazamento de dados.

Se essa não for uma prioridade agora, há o risco de arcar com multas altíssimas em cima do faturamento. Essa multa pode ser de até 2% do faturamento da pessoa jurídica, com o limite é de 50 milhões de reais por infração.

Risco de segurança estando com a estrutura on-premises

A estrutura on-premises, alocada dentro das empresas, gera uma série de desafios para as organizações, indo desde o custo de implementação, espaço, refrigeração até a questão dos backups.

E falando de segurança, esse talvez seja o fator de maior importância, já que há uma série de riscos se tratando do ambiente físico, desde quedas de energia até incêndios que podem acontecer. Por isso não dá mais para comparar uma estrutura com outra.

A disseminação do uso da nuvem já provou ser a maneira mais vantajosa para as organizações tratarem seus dados.

Conhecendo tudo que vimos até aqui, esperamos que entenda que quando falamos em dados na nuvem, a questão de segurança é prioridade. Lembre-se: uma vez que seus dados estão disponíveis de forma online, há o comprometimento do provedor de manter os dados seguros, ou seja, praticamente não há chances de ataques de hackers ou ransomwares em nuvem. Afinal, seus dados estarão hospedados nas nuvens mais seguras do mundo!

Conteúdo escrito por: Sky.One

cta_tecnologias-disruptivas_02-e1588256298941Powered by Rock Convert
cta-guia-completo-para-digitalizar-o-seu-escritorio-de-contabilidadePowered by Rock Convert
Não perca mais nenhuma novidade!

Não perca mais nenhuma novidade!


Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo e marketing digital.