Gestão contábil Fortes Contábil

SPED ECF: Entenda o Lucro Real Anual e saiba fazer o seu Balancete de Suspensão/Redução

SPED ECF: Entenda o Lucro Real Anual e saiba fazer o seu Balancete de Suspensão/Redução 1
Escrito por Sherman Alcantara
Atualizado em: 27/11/2018 Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Não faça o preenchimento manual do seu balancete de suspensão/redução. Descubra como o Fortes Contábil pode te ajudar no planejamento tributário de sua empresa e na geração automatizada da Escrituração Contábil Fiscal (SPED ECF).

A definição da opção de recolhimento do IRPJ e CSLL será feito através da tela: Movimentos > LALUR/LACS > Anual – Opção de Recolhimento:

Ao acessar o menu, deverá ser informado o ano do acompanhamento e mês a mês informado os vlores de Estimativa Mensal, que poderá ser enviado do Fortes Fiscal, e o Valor devido pelo Lucro Real Acumulado.

Entendendo a rotina:

Para que o usuário possa realizar os lançamentos, inicialmente deverá informado o histórico para o período como Lucro Real e que a empresa deseja apurar CSLL e IRPJ por estimativas mensais.

Historico 1

Logo após parametrizar no histórico da empresa, o usuário poderá iniciar o acompanhamento dos valores mensais e definir a forma de recolhimento dos tributos para cada mês. Lembrando que a informação do tipo de recolhimento mensal é que será a base da informação para o registro 0010 do SPED ECF.

Opção

Saiba como fazer nas abas para o IRPJ e para CSLL:

Ano: Deverá ser informado o ano de apuração

Valor devido por Estimativa Mensal:
Deverá ser informado o valor do imposto IRPJ devido total no mês  ou seja, incluindo o valor do adicional e o valor da CSLL em seus devidos campos.

Valor a recolher pelo Lucro Real Acumulado:
Deverá ser informado o valor do imposto IRPJ devido de acordo com o valor apurado através do balancete mensal acumulado e o valor da CSLL em seus devidos campos.

Pagamentos realizados: Deverão ser selecionados os lançamentos contábeis que correspondam aos pagamentos efetivados para o IRPJ e para a CSLL.

Lembrando que o lançamento que for marcado em um mês, será mostrado no mês seguinte, visto que o valor de pagamentos realizados também é cumulativo.
Serão apresentados os lançamentos da conta de pagamento de IRPJ ou CSLL conforme configurado em: Cadastros > LALUR/LACS> Configurações> Aba Pagamentos:

Conta
Valor devido pelo Lucro Real Acumulado: Esse campo será calculado automaticamente pelo sistema com o resultado do valor informado em Valor a Recolher pelo Lucro Real Acumulado menos a soma dos lançamentos informados em Pagamentos Realizados.

Com base nos valores informados, o usuário irá informar a opção de recolhimento para os dois tributos: Balancete ou Receita. Com base na opção escolhida o sistema mostrará qual o valor a recolher para os respectivos tributos.

Vale ainda destacar que o sistema identificará em negrito qual o melhor valor de imposto a pagar, com base nos valores registrados, de tal forma a facilitar a análise e decisão de qual a opção mais vantajosa para o recolhimento naquele mês.

Opção 2

Observação 1: a opção utilizada para o cálculo do IRPJ deve ser a mesma a ser utilizada para o cálculo da CSLL.

Exemplo: em um determinado mês optou-se pela suspensão do recolhimento do IRPJ com base no balancete, neste mês, para fins do cálculo da CSLL deve ser adotado o mesmo critério: balancete de suspensão, por isso é um único campo.

Observação 2: em cada mês do ano pode-se alternar as formas de opção da base de cálculo.

Exemplo: em um mês o cálculo pode ser feito com base na receita bruta, no outro com base no balancete de suspensão ou redução, e assim por diante, verificando qual é a forma mais econômica  para a empresa.

Observação 3: Assim como o valor do Balancete é feito de forma acumulada o Lalur para cálculo do imposto a pagar também deverá ser feito de forma acumulada.

Por exemplo: Janeiro a Fevereiro, Janeiro a Março, Janeiro a Abril, etc.

SPED ECF: Entenda o Lucro Real Anual e saiba fazer o seu Balancete de Suspensão/Redução 2Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Sherman Alcantara

Formado em Contabilidade e Direito pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). MBA em Contabilidade e Direito Tributário pelo IPOG. Foi Analista fiscal na empresa Gênesis Contabilidade. Atualmente é Consultor Técnico da Fortes Tecnologia, onde há mais de 5 anos ministra treinamentos sobre o Tema SPED Contribuições em parceria com o CRCCE.

Deixar comentário.

Compartilhar