Gestão de pessoas

Já ouviu falar no recrutamento inteligente? Veja como fazer

Fortes tecnologia apresenta recrutamento inteligete
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 18/09/2019 Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Uma das maiores dificuldades encontradas pelo time de recursos humanos de uma empresa é selecionar profissionais que tenham todas as qualificações necessárias para uma determinada vaga e em tempo recorde. A forma mais fácil de atingir esse objetivo é implementando o recrutamento inteligente para escolher os melhores candidatos.

A dificuldade se torna visível quando observamos o número de desempregados em 2018. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE), a taxa média de desocupação ficou em 11,6%, ou seja, 12,2 milhões de brasileiros. Qual o impacto desse número no RH? São sempre mais candidatos disputando poucas vagas.

Por isso, preparamos este texto para apresentar o método que promete dar mais agilidade e eficiência na hora de preencher as vagas disponíveis. Acompanhe a leitura!

O que é recrutamento inteligente?

Recrutamento inteligente é uma forma de encontrar os melhores candidatos para a sua empresa, por meio de ferramentas que vão ajudar os recrutadores a fazer uma triagem efetiva. O grande desafio para fazer uma boa seleção é alinhar a estratégia da empresa com os profissionais certos de acordo com suas competências, comportamentos e alinhamento com o fit cultural.

Essa análise vai garantir que aquele candidato tem potencial para atender às necessidades da empresa e assim, fazer um bom trabalho e ajudar o negócio a crescer. A varredura é capaz de identificar gargalos e desenvolver estratégias para a contratação de talentos. Ela pode ser feita por sistemas de inteligência artificial ou em planilhas.

O importante é conseguir atrair, engajar e reter os melhores candidatos. Ao garantir esses requisitos, o RH reduz os erros na contratação dos colaboradores e evita gastos desnecessários com processos de seleção com frequência que podem prejudicar a economia da empresa.

Quais as diferenças para o recrutamento operacional?

O recrutamento operacional é um processo totalmente manual que sofre com influência de julgamento e expõem o processo a falhas de seleção que terão impactos em todas as áreas da empresa. Além de se limitar a apenas análises de currículo e comportamentais durante a etapa de entrevista.

Também não é costume registrar os CVs recebidos e os processos que tal candidato passou até ser descartado. Essa falta de controle também prejudica as vagas que serão divulgadas e que precisam ser ocupadas. A analista de desenvolvimento humano da Fortes Tecnologia, Natalya Bezerra, acredita que esse tipo de processo de divulgação e por consequência, ajuda a perder talentos que poderiam ser úteis para outras vagas da empresa.

Enquanto isso, uma empresa que utiliza o modelo inteligente consegue controlar as suas oportunidades e divulgar de acordo com a urgência. O RH também pode salvar currículos que considerou bom para a empresa, mas não para a vaga que se candidatou. Assim, quando houver uma que se adapta mais ao perfil, ele pode entrar em contato e dar sequência ao processo.

Como fazer esse tipo de recrutamento?

Para fazer um recrutamento inteligente é preciso se atentar a algumas situações e preparar sua empresa para fazer esse tipo de seleção. Por isso pegamos algumas dicas com Natalya Bezerra para ajudar o seu negócio.

Possua um RH analítico

O primeiro passo é ter um time de RH com perfil mais analítico. Esse profissional tem maior capacidade de fazer planejamento, consegue enxergar as dificuldades e pensar em soluções para resolver o problema. Esse feeling será fundamental para que os colaboradores não se percam durante o processo.

Seja conhecido

Torne sua empresa conhecida no mercado, participe de seminários, congressos, seja reconhecida como um dos melhores lugares para trabalhar. Grandes profissionais sonham em trabalhar nessas empresas e estão sempre de olho nas oportunidades que elas geram.

Faça controle externo

Não deixe de fazer um controle externo, não importa o meio que é feito, Mas caso esteja começando, monte uma planilha com informações importantes e que mostre quais os postulantes foram selecionados, descartados e em espera. Um profissional que se candidatou para uma vaga, pode ser selecionado para outra que se encaixe melhor para ele.

Divulgue suas vagas

Outra dica é contratar algum serviço por fora para fazer divulgação de vagas de forma estratégica. Aumentando o alcance das vagas e deixando o processo mais objetivo. Quanto maior número de pessoas que procurem as vagas, maior as chances de ter candidatos alinhados com sua empresa. Importante também fazer um rodízio das vagas para não limitar o alcance da divulgação.

Receba feedbacks

Por fim, busque entender como foi o processo de seleção e como o candidato se sentiu durante as etapas. Busque entender quais os pontos positivos, negativos e como o recrutamento pode ser melhorado. Além disso, também peça feedbacks para os responsáveis da área que solicitou um novo profissional. As duas informações vão ajudar o RH a fazer seleções cada vez melhores.

Quais as vantagens desse método?

Talvez a grande vantagem do recrutamento inteligente seja a capacidade de escolher o melhor candidato e fazer a triagem para a vaga que ele melhor se encaixa. Como o foco é levantar e identificar as melhores características de cada candidato, o RH consegue fazer uma seleção mais efetiva e por consequência reduz a rotatividade e melhora a retenção de talentos.

O maior dificultador é encontrar um profissional que tenha todas as qualificações em tempo recorde. Isso vem se tornando uma dificuldade para as lideranças, que ainda precisam aguardar o novo responsável passar por treinamento antes de colocá-lo dentro do processo da empresa.

Empresas que sofrem com a alta rotatividade tendem a ter maior quantidade de recursos alocados para fazer os acertos e iniciar um novo processo de contratação. O turnover, taxa de rotatividade de funcionário, é usado para identificar quantos colaboradores pedem para sair ou são demitidos antes de completar 12 meses no cargo.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Uma nova seleção gasta dinheiro e hora para a empresa, por isso o ideal é investir em um processo que evite as rupturas e justifique o investimento feito no processo de contratação e  treinamento até obter o retorno desse gasto.

Outra vantagem desse processo é a geração de um banco de dados com os currículos enviados e que não foram aproveitados por algum motivo. Ao guardá-los, o RH pode consultar essa cadeia de documentos e identificar se há candidatos que já passaram por algum processo seletivo ou não, ideal para aquela nova vaga. Economizando tempo e dinheiro durante o recrutamento.

A seleção feita de uma forma organizada ajuda a empresa a suprir suas necessidades em um tempo menor, tapando buracos que podem impactar diretamente no sucesso e crescimento da empresa. Por meio de estratégias e táticas de marketing, é possível formular ações que vão atrair apenas aqueles candidatos que realmente tem potencial para serem selecionados.

Outro ponto que faz recrutamento inteligente ser tão utilizado por RHs, é a capacidade de reduzir os custos com a contratação de novos membros e diminuição do turnover de funcionários antes de ter o retorno do investimento.

Esse texto foi útil para você? Quer ficar por dentro de outras dicas que vão ajudar no desenvolvimento da sua empresa? Assine nossa Newsletter e descubra como reduzir seus gastos e ter processos eficientes.

Já ouviu falar no recrutamento inteligente? Veja como fazer 1Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar