Institucional

Projeto Semear: Fortes Tecnologia insere jovens no mercado de trabalho

Projeto Semear: Fortes Tecnologia insere jovens no mercado de trabalho 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 18/10/2017 Tempo estimado de leitura: 3 minutos
Inserir jovens órfãos ou em situação de risco no mercado de trabalho. Esse é o principal objetivo do Projeto Semear, ação idealizada pela Fortes Tecnologia em Sistemas para a contratação de menores aprendizes oriundos dos orfanatos Lar Davis e Nova Vida.

Mesmo com pouco tempo de criação (janeiro deste ano), o projeto já é tido como sucesso pela Fortes. Hoje, todos os quatro aprendizes da empresa foram selecionados pelo Semear, do Lar Davis ou do abrigo Nova Vida. De acordo com Socorro Silveira, diretora de Desenvolvimento Organizacional da Fortes Tecnologia, o Projeto Semear é hoje um braço de responsabilidade e compromisso social da Fortes para com a sociedade. “Geramos oportunidades e experiências profissionais a jovens que nunca tiveram essa oportunidade”, afirma Socorro.

Além da Fortes, integram o projeto a Casa Magalhães, a Construtora Alves Lima e o Instituto iJovem, que é responsável pela inserção dos jovens no programa Menor Aprendiz. A Casa Magalhães já contratou quatro menores do Lar Davis e a Construtora Alves Lima está em processo de seleção.

 

Oportunidade dos jovens no mercado de trabalho

Ao serem contratados, os jovens passam por uma série de treinamentos que os preparam para ingressarem no ambiente corporativo. Os cursos são: Apresentação da Empresa, Postura Profissional, Atendimento ao Cliente e Trabalho em Equipe, Coach, 5S, Ética e Cidadania, Informática Básica e Comportamento nas Mídias Sociais.

Segundo Vanessa Andrade, assistente social do abrigo Nova Vida, o Projeto Semear é um mecanismo capaz de proporcionar autonomia e qualificação profissional aos menores da instituição. “Muitos dos jovens que chegam até nós vêm sem escolaridade nenhuma e nós fazemos todo o trabalho de acolhimento, apoio educacional e de saúde. O Projeto Semear está sendo fundamental nessa missão”, conta Vanessa.

Para Penha Oliveira, coordenadora de atenção à criança do Lar Davis, “o Projeto Semear está sendo muito importante para nós, pois nunca havíamos tido uma parceria dessa maneira, que trabalhasse a autonomia dos jovens”, revela.

Objetivos do Projeto Semear

– Inserir órfãos e jovens em situação de vulnerabilidade social no programa Menor Aprendiz;

– Promover capacitação para ajudá-los na conquista de experiência profissional por meio do engajamento no mercado de trabalho;

– Estabelecer uma rede de parcerias estratégicas com empresas privadas para recebê-los como aprendizes de trabalho;

– Estabelecer parcerias com órgãos e entidades visando abrir oportunidades de capacitação profissional.

O Projeto Semear foi tão bem aceito nas outras empresas porque “o que é bom ultrapassa fronteiras”, afirma Socorro Silveira. A expectativa agora é levar a experiência positiva para mais organizações, contudo, “não há pressa, preferimos dar passos mais devagar, mas com firmeza. O futuro do projeto está relacionado com o bom desempenho dos menores aprendizes”, complementa a diretora.

 

Lar Davis

O Lar Davis é uma instituição que tem como foco restaurar e preparar vidas. Acolhendo crianças que vivem em situação de risco, levando-as a habitar em um lugar digno, com boa alimentação, educação, cuidado e proteção. Atuando há 14 anos no Brasil e fundado pelos americanos Mark e Paige Anderson, essa organização já transformou muitas vidas e continua a lutar contra desafios diários, sobrevivendo com doações, parcerias e convênios, sempre com determinação e nunca abandonando o sonho de ver adultos atuantes. Para saber mais sobre a instituição, basta clicar aqui.
 

Projeto Semear: Fortes Tecnologia insere jovens no mercado de trabalho 2

Nova Vida

Criado em julho de 2006, o abrigo Nova Vida é uma uma unidade de acolhimento que abriga adolescentes de 12 a 18 anos de idade vítimas de abandono, negligência ou em situação de risco. Tem como dever garantir os direitos básicos, como educação, saúde, lazer etc. Atualmente, O Nova Vida cuida de cinco menores, sendo a capacidade máxima 16. Para saber mais sobre a instituição, basta clicar aqui.

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar