Gestão contábil

Perfil do contador: confira 8 maneiras de ser um contador consultor

Perfil do contador: confira 8 maneiras de ser um contador consultor 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 26/11/2018 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Ao longo dos anos, o perfil do contador mudou e ganhou mais relevância para as estratégias de crescimento das empresas. Esse profissional transformou-se em líder e passou de um despachante governamental para um gestor e tomador de decisão, que atua em conjunto com a diretoria da empresa.

Com isso, ele acabou tornando-se uma espécie de contador consultor, cada vez mais discutido durante o curso de Ciências Contábeis. Neste post, vamos destacar 8 habilidades que este novo perfil profissional demanda, como ser um bom analista, enxergar as particularidades do negócio do cliente e entender de planejamento estratégico.

Será que você está preparado para se adaptar a esse novo universo? Acompanhe!

1. Antecipar-se às mudanças

O mercado de contabilidade mudou de forma disruptiva. Assim, é essencial que os contadores se posicionem de maneira sólida para não serem apenas mais um em meio a tantos profissionais. Com a evolução da tecnologia, mesmo os contadores mais experientes precisam se reinventar para fazerem diferente e melhor.

Nesse sentido, vale dizer que o perfil do contador atual está totalmente interligado às novas ferramentas. Um bom profissional dessa área, portanto, contribui para o seu cliente entender as consequências das suas decisões e, assim, ter embasamento para pensar mais à frente.

2. Criar um planejamento estratégico

Definitivamente, o profissional contábil moderno vai ao encontro do fato de ele desenvolver habilidades de planejamento estratégico, de forma que a empresa conquiste seus objetivos e bata suas metas.

Antes, esse profissional ficava bastante à mercê de decisões e exigências do fisco, principalmente aquelas relacionadas à elaboração do Balanço Patrimonial, ao cálculo de impostos e a outros relatórios exigidos pela legislação.

Nesse contexto, o contador de sucesso deve atuar na construção de um efetivo plano de negócios, que será a base para colocar em prática a estratégia da empresa, incluindo questões tributárias, análises demonstrativas e de custos, emissões de controle, entre outras atividades.

Nesse caso, vale destacar que conhecer bem a contabilidade gerencial é algo que será um grande diferencial para o contador.

3. Ter proatividade

O profissional da contabilidade do século 21 é aquele que é proativo e, por isso, se antecipa a possíveis riscos e problemas. Como enxerga todas as possibilidades da empresa, está preparado, por exemplo, para prever se o cliente pode pagar uma multa ou prevenir essa situação.

A proatividade é uma característica que faz com que o contador conquiste diversos ganhos em seu dia a dia. De um lado, ele se transforma em um profissional diferenciado, que oferece soluções rápidas e eficientes para as pessoas que ele atende.

Por outro lado, esse profissional destaca-se no mercado e também mostra-se atento aos desafios que o escritório em que atua enfrenta.

4. Construir presença online

Como dissemos, as mudanças do mercado acontecem principalmente por conta da evolução da tecnologia. No caso do setor da contabilidade, não é diferente. Dessa forma, um contador moderno é aquele que estabelece uma efetiva presença online, se comunicando com clientes, cuidando do escritório e otimizando o tempo. Afinal de contas, a internet é um cenário perfeito para essas atividades.

Isso não significa, porém, que existe a necessidade de abrir uma empresa virtual. O segredo está em manter uma forte presença online. Isso vai gerar muito mais confiança e trazer mais credibilidade junto aos clientes.

5. Atualizar-se continuamente

Como dissemos, o universo contábil mudou rapidamente. Por isso, o perfil do contador de sucesso deve ter uma mentalidade voltada para que atualize constantemente. Afinal, o profissional que está preso ao passado acaba reforçando a imagem de um escritório burocrático, com pilhas de papel em cima da mesa.

Isso vai muito além da questão de conhecer e utilizar as ferramentas que contribuem para qualificar a análise contábil. Existe a necessidade constante de fazer novos cursos e ler livros, até pelo fato de todos os dias termos novos regulamentos e leis sendo publicados. 

6. Ter organização

É cada vez mais indispensável que o contador assuma atividades menos burocráticas e mais analíticas. O profissional precisa se organizar efetivamente, de forma que todas as informações relacionadas aos clientes estejam bem organizadas e sempre à mão. Além disso, a organização também é crucial para os desafios da gestão do tempo.

Nesse contexto, vale dizer que, por conta da grande concorrência que existe no mercado, é natural que o contador atenda a inúmeras demandas e clientes de modo simultâneo.

Com isso, é preciso realizar um bom trabalho. Para tanto, necessariamente, deve-se ter uma rotina muito bem organizada.

7. Ser dinâmico

Um escritório de contabilidade, essencialmente, é um local que é dinâmico e costuma ter muita pressão. Com um dia a dia longe de ser calmo, portanto, é preciso que o contador desenvolva habilidades para responder a essa realidade.

Uma vez que um escritório demanda respostas rápidas, os clientes também esperam que as suas questões sejam resolvidas com agilidade e eficiência. Portanto, é fundamental que o contador desenvolva competências como o autocontrole, a inteligência emocional e o dinamismo.

Para um profissional ter sucesso na atividade contábil, será necessário que lide com muitas demandas de forma sensata e, ao mesmo tempo, entusiasmada.

8. Desenvolver experiência

Para que o trabalho seja desenvolvido da melhor maneira possível, nada melhor do que praticar. Isso, obviamente, vale para os profissionais mais ou menos experientes. O ideal é ter uma mentalidade voltada para a atualização e a reinvenção contínua, conforme destacamos.

Assim, o profissional acabará desenvolvendo uma bagagem que será crucial para prover as soluções que os clientes precisam. Com mais experiência e mais possibilidades de acertos, menor é a chance de ser pego de surpresa em situações de indisposição.

Lembre-se de que uma das principais razões de um cliente procurar um contador é para evitar erros. Dessa forma, ele sempre buscará saber se está no caminho certo em relação às obrigações e também à empresa para as melhores tomadas de decisões. Por isso, será essencial que contador e cliente estabeleçam uma relação de extrema confiança, que trará vantagens para ambas partes.

O que você achou dessas ideias relacionadas ao perfil do contador? Conforme mostramos ao longo do texto, um profissional de sucesso dessa área precisa desenvolver habilidades afins às demandas do exigente mercado de trabalho e à tecnologia da informação. Com isso, ele estará muito mais preparado para atender seus clientes de maneira segura, confiante e assertiva.

Se você gostou deste texto, também aproveite para conferir agora as diferenças entre o contador e o empresário contábil.

Baixe o checklist e saiba como ser um consultor contador!Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar