Gestão financeira

O Emissor Gratuito foi descontinuado. E agora, o que fazer?

fortes-tecnologia-fim-do-emissor-gratuito
Escrito por Augusto Magalhaes
Atualizado em: 27/11/2018 Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O emissor gratuito foi disponibilizado, em 2006, pela Sefaz com diversas funcionalidades. A emissão de NF-e, vinculação de CT-e, cupom fiscal, carta de correção eletrônica e outras funções fizeram com que o emissor cumprisse bem o seu papel enquanto esteve disponível. 

Agora, já não é mais possível fazer o download do software ou a atualização das versões existentes no site oficial. Os usuários que ainda tiverem o aplicativo instalado em seu computador podem usá-lo normalmente.

Neste caso, faz-se necessário que estejam atentos às modificações, pois como o sistema não será mais atualizado isso impede que ele funcione corretamente diante de novas atualizações, como regras de validação da NF-e.

O recomendável é que as empresas busquem outras alternativas de substituição. Se o emissor tinha todas essas funcionalidade e ainda era gratuito, então por que ele foi descontinuado? 

Vamos responder essa e outras questões bem comuns sobre este assunto.

Será que o emissor gratuito era realmente vantajoso?

O seu único propósito era a transmissão de dados junto a Secretaria da Fazenda possibilitando ao contribuinte a emissão das notas fiscais eletrônicas.

As demais etapas da operação, como controle dos recebimentos, são ignoradas ou registradas e acompanhadas através de outras ferramentas, gerando retrabalho e desperdício de tempo.

Por que o emissor gratuito foi descontinuado pela Sefaz ?

Segundo a Secretaria da Fazenda, apenas 7,8% das empresas estavam utilizando o emissor gratuito, enquanto que as demais utilizam sistemas mais robustos, os quais proporcionam uma gestão mais eficiente de todo o processo. Além disso, manter o sistema gratuito requer atualizações constantes e um alto custo operacional.

Na verdade, o emissor da Sefaz já nasceu com o objetivo de ser “transitório” para estimular a aderência à emissão de NF-e e, portanto, era questão de tempo até acabar ou mesmo cair no desuso. Já que para uma gestão eficiente e melhor fundamento para tomada de decisão, um sistema completo é essencial.

Entenda as oportunidades com o fim do emissor de nota fiscal eletrônica.

Com o avanço da tecnologia, os sistemas atualmente permitem uma gestão mais eficiente das empresas, proporcionando também a otimização do tempo. Veja algumas das principais vantagens de utilizar um software mais robusto:

  • Economia de tempo com a automação dos processos burocráticos da empresa;
  • Maior confiabilidade dos dados, evitando erros humanos;
  • Acesso à qualquer momento e de qualquer dispositivo ou computador;
  • Sem necessidade de instalações;
  • Dados necessários para tomada de decisão sempre à mão;
  • Baixo investimento e alto ganho de produtividade;
  • Integração entre os setores da empresa, e até mesmo com  a contabilidade;

E agora? Como vamos emitir NF-e ?

Gerenciar uma empresa requer muito mais do que simplesmente emitir NF-e, sendo esta apenas uma das etapas do processo de vendas. Portanto, o ideal é aderir a um software de gestão que tenha total integração com outras atividades como, planejamento orçamentário, controle de cobranças, integração com bancos e claro, emissão de documentos como, Notas Fiscais Eletrônicas.

Utilizando um software de gestão, os dados só precisam ser informados uma única vez, podendo ser analisados de várias formas, dependendo da necessidade do gestor.

E da mesma forma, além da emissão de NF-e, também podem ser utilizados os demais recursos inerentes à mesma, como a carta de correção e a inutilização de sequencial, por exemplo.

Se quiser saber mais sobre as vantagens de utilizar sistemas de gestão financeira, deixo como indicação o conteúdo Software de Gestão Financeira: 10 benefícios para a sua empresa.

Contudo, a maior vantagem é poder fazer uso dos dados representados na NF-e, analisando, por exemplo, o crescimento das vendas em um determinado período, os produtos mais vendidos ou até mesmo o perfil de compra dos clientes.

Desta forma, o software provê insumos suficientes para auxiliar na criação de uma estratégia de vendas, bem como o acompanhamento da mesma.

Alcançar o sucesso não é fácil, ainda mais no cenário econômico em que vivemos, mas utilizar um software de gestão certamente torna este objetivo bem mais palpável.

Espero que esse conteúdo possa trazer a você esclarecimentos e vantagens de não termos mais o emissor gratuito disponível e atualizado. Se ainda ficou alguma dúvida, fique a vontade para escrever em nossos comentários. Estarei pronto para te responder.

Deixo também um outro conteúdo com 7 dicas para organizar as contas de forma estratégica para você aplicar na gestão financeira da sua empresa.

Fortes_Tecnologia_Banner_Fluxo_de_CaixaPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Augusto Magalhaes

Deixar comentário.

Compartilhar