Gestão contábil

O contador empreendedor: do presente focado no futuro

contador empreendedor
Publicado em: 21/08/2017 Tempo estimado de leitura: 1 minuto

Sabemos que existem discursos de como nós, enquanto profissionais, precisamos melhorar nossa gestão de tempo e otimizar nossa produtividade. Muitas vezes, nossa rotina se resume a “apagar incêndios” ou, ainda, em realizar processos repetitivos tão operacionais que esquecemos do estratégico.

Para o mercado contábil, esse cenário não é tão diferente. Aos que continuarem com essa rotina, a tendência é ser engolido pela concorrência, cada vez mais atualizada e agressiva. Quantos contadores focam tanto no operacional (os populares, “darfistas”) que esquecem de visualizar todo o cenário que seu escritório, clientes e mercado está inserido? Quantos perdem oportunidades de inovar, pensar mais estrategicamente no negócio, adotar novas ferramentas ou qualquer outra ideia que gere um crescimento?

Essa necessidade de sair da zona de conforto é extremamente necessária para que contadores que desenham desempenhar e entregar melhores resultados.

Nesse artigo, eu explico melhor sobre o relacionamento do “ser empreendedor” com o “ser contador”. Revelando como esses dois profissionais não estão distantes e que, na verdade, eles convergem em pensamentos e hábitos. Se você procura enxergar melhor as oportunidades que o mercado proporciona e deseja entender melhor como ser um contador empreendedor, recomendo a leitura desse artigo.

Veja abaixo alguns trechos do conteúdo:

Zona de conforto e empreendedorismo não combinam

“Zona de conforto”. Essas palavras carregam um estado perigoso para qualquer pessoa que deseja empreender. Muhammad Yunus, “o banqueiro dos pobres”, como é mundialmente conhecido, se manteve em uma luta diária para sair da zona de conforto e se desafiar.

A oportunidade existe e é preciso enxergá-la

Muitas vezes, a oportunidade de inovação da contabilidade bate à porta do contador. É preciso reconhecer o momento para entender como as mudanças necessárias podem levar o escritório contábil a um outro patamar.

Para empreender é preciso agir

Circunstâncias não propícias ao progresso conduzem à memória dos últimos anos da história recente no Brasil. Crise e instabilidade política deixaram muitos contadores receosos, trabalhando com o objetivo de manter o escritório no mercado. Mas, é nesses momentos que o empreendedorismo na contabilidade precisa aflorar para criar maneiras de não apenas se manter no mercado, mas de continuar em uma crescente constante.

Veja mais no artigo completo aqui.

O contador empreendedor: do presente focado no futuro 1Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Roberto Dias Duarte

Deixar comentário.

Compartilhar