Tecnologia e Inovação

Os CMOs estão prontos para a inteligência artificial? Veja nossa entrevista exclusiva!

Os CMOs estão prontos para a inteligência artificial? Veja nossa entrevista exclusiva! 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 25/02/2019 Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A Fortes Tecnologia teve mais uma participação na mídia nacional, tratando sobre inovação, novas tecnologias e inteligência artificial. Nesta quarta-feira (23), a nossa diretora de Marketing e Relacionamento da Fortes Tecnologia, Fernanda Rocha, concedeu uma entrevista exclusiva para o revista Meio & Mensagem deste mês.

A matéria trata sobre o uso de “inteligência artificial por executivos de marketing”, com base em uma pesquisa recente da IBM, feita em parceria com a consultoria Oxford Economics.

Na pesquisa, o estudo divulgou que 64% dos diretores de marketing e vendas estarão prontos para adotar inteligência artificial nos próximos três anos.

Apesar dos diretores entrevistados acreditarem que suas indústrias estarão preparadas para obter esse tipo de tecnologia, somente 24% dos participantes da pesquisa afirmam ter uma estratégia estabelecida no momento para aderir à inteligência artificial (IA).

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

O que é computação cognitiva ou inteligência artificial?

A computação cognitiva é a tecnologia que pode compreender e racionalizar rapidamente grande quantidade de informações estruturadas e não estruturadas, como sons e imagens, de maneira similar aos humanos: raciocinando, aprendendo e interagindo.

Enquanto as análises tradicionais usualmente se baseiam em dados estruturados para que as empresas tirem conclusões, as tecnologias cognitivas têm a capacidade para analisar e extrair valor das informações estruturadas e não estruturadas – 80% dos dados são “invisíveis” às companhias.

Para os diretores de marketing entrevistados, a vantagem real destas soluções se encontra em duas áreas-chave: melhora na experiência com o cliente e resultados financeiros – incluindo o aumento dos rendimentos financeiros e da capacidade de identificar o ROI de marketing.

Os CMOs estão prontos para a inteligência artificial (AI)?


O marketing vive uma nova transição pós-dados. O desafio de saber lidar com o big-data evoluiu para o papel de agregar valor aos resultados por meio dos dados. Neste contexto, a inteligência artificial e a chamada “era cognitiva” desempenham um papel fundamental.

Pesquisa recente da IBM, feita em parceria com a consultoria Oxford Economics e baseada em entrevista com 525 CMOs e 389 líderes de vendas de empresas globais, incluindo países da América Latina, mostra que 64% dos executivos entrevistados acreditam que suas indústrias estarão preparadas para obter esse tipo de tecnologia nos próximos três anos.

AI aliado à experiência do cliente

“A discussão hoje não é mais se os robôs irão substituir a maior parte dos empregos dos seres humanos e sim quais atividades os seres humanos ainda serão melhores que os robôs”, analisa Ricardo Basaglia, diretor executivo da Michael Page abordando o tema pelo ponto de vista de gestão de carreiras. Fernanda Rocha, diretora de marketing e relacionamento da Fortes Tecnologia, explica que os maiores ganhos da inteligência artificial são em termos de experiência do cliente, usabilidade das soluções, melhor análise de ROI de Marketing.

No entanto, Fernanda ressalta que o público pesquisado pela IBM representa grandes organizações o que faz o índice se decolar um pouco da realidade. “O resultado está longe da realidade da maior parte das empresas brasileiras, que são em sua maioria de pequeno e médio porte. Entendo que para esse público, a computação cognitiva é uma promessa distante ainda”, reforça Fernanda.

Clique aqui  e veja a matéria completa também no site da Revista Meio & Mensagem.

 

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar