Gestão de pessoas

Dicionário do RH: 41 termos que você precisa saber

Dicionário do RH: 41 termos que você precisa saber 1
Escrito por Karina Souza
Atualizado em: 11/02/2019 Tempo estimado de leitura: 7 minutos

clima organizacional da empresa em que você trabalha está satisfatório? Os colaboradores utilizam a ferramenta 5S? Qual tipo de avaliação é utilizada nas equipes, 180 ou 90 graus? Os setores de gestão de pessoas, contábil e financeiro já estão adequado para o eSocial?

Conseguiu responder todas essas perguntas? Se não, não se preocupe! Você está lendo o conteúdo certo. O setor de gestão de pessoas possui inúmeros termos técnicos, onde ás vezes, é necessário ter uma espécie de material de consulta, pois a medida que o mercado se transforma, também surgem novas linguagens.

Pensando nisso, criamos um dicionário do RH com os principais termos técnicos para facilitar o seu dia a dia. Você também vai descobrir novos termos e estratégias que podem ser implementadas no setor.

ebook completo e estratégico para Gestão de PessoasPowered by Rock Convert

Dicionário do RH

Confira 41 principais termos que todo profissional de recursos humanos precisa saber.

5S 

Ferramenta utilizada para o planejamento estratégico. O conceito tem como base as cinco palavras japonesas, onde as iniciais formam o nome do programa: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke. Em português, foram traduzidas como “sensos”, visando não descaracterizar a nomenclatura do programa. São eles: senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina.

5W2H

Ferramenta prática, nascida na área de qualidade,  que consiste em realizar, sistematicamente, sete perguntas sobre o assunto em estudo: What? Who? When? Why? Where? How? e How much? Em português, respectivamente: o que? Quem?, Quando? Por Que? Onde? Como? e Quanto Custa?

A

Absenteísmo  É uma palavra com origem no latim, onde absens significa “estar fora, afastado ou ausente”. O absenteísmo consiste em se abster de alguma atividade ou função.

Assessment Management  Avaliação de potencial de profissionais.

Assiduidade  Revela a qualidade do que é assíduo, ou tem uma duração persistente. Significa frequência, constância ou visita habitual.

Avaliação de Desempenho – É uma ferramenta importante de gestão de pessoas, que corresponde à uma única análise sistemática do desempenho do profissional em função das atividades que realiza, das metas estabelecidas, dos resultados alcançados e do seu potencial de desenvolvimento. É um processo que serve para julgar o valor, a excelência e a qualidade de uma pessoa e sua contribuição para a organização.

Autoavaliação  Nesse formato de avaliação cada profissional avalia o próprio desempenho.

Avaliação direta ou 90 graus  O gestor avalia o colaborador.

Avaliação conjunta ou 180 graus  Esse modelo de avaliação é realizado em conjunto entre avaliador e avaliado, ou seja, a ferramenta de avaliação é analisada ao mesmo tempo e discutida pelos dois. Com esse método, a avaliação de desempenho é feita por todos aqueles que mantêm alguma interação com o avaliado.

B

Benchmarking  Consiste no processo de busca das melhores práticas em uma determinada empresa e que conduzem um desempenho superior.

BI (Business Intelligence) – Oferece o apoio nas decisões, de forma inteligente, por meio de um processo de captação de dados, onde as informações são adquiridas através de um sistema.

Brainstorming – Procedimento utilizado para auxiliar um grupo a criar o máximo de idéias no menor tempo possível.

C

Coaching – Treinamento que busca o desenvolvimento de pessoas. São sessões de aconselhamento feitas por um consultor de carreira que busca aprimorar nas pessoas sua eficiência profissional, capacidade de aprender, desempenho e habilidades sociais.

Coach – Professor, ou treinador, que promove as sessões de coaching.

Clima organizacional – É um conjunto de valores, atitudes e padrões de comportamento, formais e informais, existentes em uma organização.

Cultura Organizacional – É uma expressão muito comum no contexto empresarial, que significa o conjunto de valores, crenças, rituais e normas adotadas por uma determinada organização.

CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. É um organismo criado na empresa por determinação legal, representando esta e os empregados, para fiscalizar o cumprimento das leis e normas relativas à prevenção de acidentes e atividades da medicina e segurança do trabalho. Constituída na NR 5.

D

Desenvolvimento – Aperfeiçoar as capacidades e motivações dos empregados, a fim de torná-los futuros membros valiosos da organização.

E

eSocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Por meio desse sistema, os empregadores passam a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.

ERP – Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos do Negócio.

EPI – Equipamento de Proteção Individual.

EPC – Equipamento de Proteção Coletiva.

F

Feedback – É um recurso considerado importante, pois com ele temos respostas de um determinado desempenho, seja pessoal ou de trabalho.

G

Gerações – Diferentes gerações cresceram habituadas com diferentes contextos da política, economia e tecnologia. Isso influencia diretamente os seus hábitos e a forma como se comportam, o que marca as características típicas das pessoas da mesma geração. As gerações mais conhecidas são X, Y e Z.

Geração X – A partir da segunda metade dos anos 1960, nascia a geração X. Filhos dos Baby Boomers, é uma geração marcada pelo questionamento. Entre as décadas de 1960 e 1980 se destacam os movimentos sociais, principalmente de igualdade racial e de gênero, o que deu à geração X as características de transgressora e defensora dos próprios direito.

Geração Y – Com o desenvolvimento tecnológico dos anos 1990, a geração que viu a internet dominar o mundo tem um comportamento muito particular em relação às anteriores. Nascidas a partir do final da década de 1980, essas pessoas cresceram conscientes da possibilidade de se comunicar com outras sem sair de casa, unindo quem tem interesses comuns, independentemente da sua distância geográfica.

Geração Z – Nascidos de 1990 à 201x. Possuem de forma natural a internet, onde a conexão com as outras pessoas se dá também de forma móvel. através dos Smartfones.

I

Interjornada – O intervalo interjornada é aquele que ocorre entre uma jornada e outra de trabalho, em conformidade com o artigo 66 , da CLT , ou seja, entre duas jornadas o descanso mínimo de onze horas.

Intrajornada – Se refere ao período designado à alimentação ou ao repouso no decorrer da jornada de trabalho.

M

Mentoring – É um termo inglês, normalmente traduzido como “tutoria”, “mentoria”, “mentorado” ou “apadrinhamento”. O mentoring é uma ferramenta de desenvolvimento profissional e consiste em uma pessoa experiente ajudar outra menos experiente.

Mapa de Risco – É uma representação gráfica de um conjunto de fatores presentes nos locais de trabalho, capazes de acarretar prejuízos à saúde dos trabalhadores, como acidentes e doenças de trabalho.

N

NR – Normas Regulamentadoras, que tratam-se do conjunto de requisitos e procedimento a relativos à segurança e medicina do trabalho, de observância obrigatória as empresas privadas, públicas e órgãos do governo que possuam empregados regidos pela CLT (Consolidação das leis do Trabalho).

Networking  – Rede de relacionamentos.

P

PCCS – Planos de Cargos, Carreiras e Salários, onde o objetivo é estabelecer uma política eficaz para a ascensão profissional dos seus colaboradores, de acordo com suas aptidões e desempenho.

Performance –  Desempenho do colaborador ou candidato.

Pesquisa de clima É uma ferramenta para coleta destes dados, fornecendo informações importantes sobre a percepção dos colaboradores em relação aos diversos fatores que afetam os níveis de motivação e desempenho.

Planejamento Estratégico – É um conceito comum no âmbito da administração, que significa o ato de pensar e fazer planos de uma maneira estratégica.

R

Resiliência – Capacidade do indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas. No meio corporativo, significa característica de determinada companhia ou organização em medir a capacidade de resistir às crises e retomar suas atividades, ou então de suportar as pressões.

S

SESMT –  Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, onde uma equipe de profissionais da saúde ficam dentro das empresas para proteger a integridade física dos trabalhadores.

T

Treinamento – Educação profissional, que visa adaptar o homem ao trabalho em determinada empresa, preparando-o adequadamente para o exercício de um cargo, podendo ser aplicado a todos os níveis ou setores da empresa.

Turnover – Se refere a demissão e admissão de funcionários em uma organização, em um período de tempo dado. É a rotatividade de funcionários dentro de uma empresa.

Gostou do nosso conteúdo? Espero ter ajudado você a entender melhor, ou conhecer, os principais termos usados no setor de RH. Ficou com dúvida em algum ou quer sugerir outros termos? É só deixar nos comentários do post. Até mais!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Dicionário do RH: 41 termos que você precisa saber 2Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Karina Souza

Graduada em Recursos Humanos, Coach e Especialista em Gestão Empresarial. Atualmente é gerente de produtos na área de Gestão de Pessoas do Grupo Fortes, instrutora na área de RH, gestão de pessoas e SST. Participa como membra da Associação Brasileira de Recursos Humanos e do grupo de SST das empresas piloto do eSocial. Cursando Técnico de Segurança do Trabalho.

Deixar comentário.

Compartilhar