Gestão contábil

Contabilidade consultiva e a sua importância para as empresas

fortes-tecnologia-contabilidade-consultiva
Escrito por Fortes Tecnologia
Publicado em: 25/06/2020 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Para uma empresa ter sucesso e ter crescimento de forma segura, a orientação de um profissional de contabilidade é indispensável. Por isso, a contabilidade consultiva vem ganhando cada vez mais espaço.

O contabilista que deseja ser reconhecido como profissional de referência pelas empresas no mercado, precisa sempre buscar informações sobre o que acontece no mundo empresarial e sobre as constantes mudanças que acontecem nas leis do governo.

Quando o contador está antenado, acaba tendo base coesa para auxiliar seus clientes com orientações devidas e necessárias para melhor execução das operações nas empresas. Por exemplo, ele precisa acompanhar constantemente a reforma trabalhista para orientar as companhias sobre como proceder em relação as admissões e demissões dos seus colaboradores.

Nenhuma empresa deseja ter problemas com pagamento dos seus colaboradores ou com multas desnecessárias por falta de pagamento, para evitar esses casos com seus clientes, o profissional contábil precisa conhecer e entender sobre as leis trabalhistas, contribuindo assim, com um serviço eficiente e de qualidade.

Alguns escritórios de contabilidade em Recife, oferecem assessoria, treinamentos e eventos de conteúdos relacionados com as leis tributárias e com a legislação atual. O objetivo é ajudar contadores em suas performances diante do cenário empresarial.

Então, contador, se você deseja satisfazer as necessidades dos seus clientes e atingir uma posição de referência no mercado de atuação, é fundamental você estar bem informado, adotar dessas ações e torná-las como hábito.

Porque o contador deve ser orientador do cliente? 

Primeiramente, para ser reconhecido como parceiro e não como uma despesa – até porque muitos empresários acham desnecessário arcar com investimento em serviços contábeis – é preciso estreitar o relacionamento com seus clientes, mantê-los por perto, e assim, participar mais da vida das empresas, pois, isso lhe dará um forte diferencial.

Esse bom relacionamento também reforçará a importância dos seus serviços para a sobrevivência da empresa no mercado em momentos de crise.

Saiba alguns pontos relevantes onde você pode contribuir para a execução das operações nas empresas.

Explicações sobre as MPEs e seus prazos

Os empresários por estarem focados nas operações e vendas do seu negócio, na maioria das vezes não buscam entender sobre as obrigações fiscais e legais e nem acompanham as constantes mudanças que ocorrem nelas.

Baseado nesse cenário, cabe então ao contador, ser intermediador informativo dos seus clientes. Ele precisa manter-se atualizado sobre as leis e suas mudanças, assim, poderá oferecer uma orientação mais coesa de quais ações cabe as empresas adotar em tais situações.

Um exemplo bastante comum do que estamos falando, são as empresas que por falta de conhecimento, não entregam no prazo alguns tributos. É necessário apresentar regularmente ao Fisco, alguns documentos específicos como a DAS, GFIP, Balanço Patrimonial e DRE, a RAIS e o CAGED.

O ideal é o contador acompanhar de perto essas obrigações e prazos, se antecipar e passar as devidas orientações aos seus clientes, via e-mail ou telefone, principalmente para aqueles novos empresários com pouca experiência nesse assunto.

Orientações para tornar a empresa mais organizada

O contador precisa aplicar a contabilidade construtiva para seus clientes, esse novo conceito está sendo adotado por bons profissionais do ramo e por isso vêm ganhando referência no mercado.

Conhecida como um método da ciência contábil, ela pode ser utilizada pelos contadores para conseguirem entregar valor aos seus clientes e fazê-los a utilizarem da informação contábil para tomada de decisão.

A metodologia construtiva é composta por quatro passos, são eles:

1. Analisar o contexto da empresa

Fazer essa análise da empresa, é importante para saber em que mundo e mercado ela está inserida, saber quais são suas crenças e seus valores além de entender qual o perfil do empresário, por exemplo.

Essas características quantitativas, interferem no momento de fazer o terceiro passo, que é o diagnóstico.

2. Análise de resultados

O segundo passo é a análise de resultados. Através das informações contábeis e financeiras da empresa, é preciso analisar os dados quantitativos e conseguir evidencia-los para entender a atual performance da organização.

3. Diagnóstico

Já o terceiro passo se trata do diagnóstico, ou seja, analisar os exames da empresa, como indicadores de liquidez e gestão de capital de giro.

Através deles entende-se como está a performance da empresa e se ela está rumo a prosperidade ou rumo a uma insolência financeira e possível falência.

É nessa etapa que conseguimos identificar onde ela já está atuando bem e quais são os elementos que ela precisa melhorar.

4. Prescrição

O último passo é onde entra a prescrição, aqui é levantado tudo que precisa ser feito para determinada empresa melhorar.

Momento de fazer um plano de ação, consultoria contábil, financeira e estratégica, para orientar e liderar o empresário na tomada de decisão bem sucedida.

Educação consultiva para seus clientes

Hoje, é mais que comprovado que todo contador precisa ser consultor dos seus clientes, isso mais se reforça pelo fato que a contabilidade é uma ciência consultiva por natureza.

Desde o seu princípio, a contabilidade é usada como ciência base para o apoio ao gestor, ao administrador e ao empreendedor no processo de tomada de decisão.

No processo de abertura de empresa, que vai desde o início e passa por toda sua trajetória, alguns escritórios de contabilidade do Pernambuco, oferecem consultoria consultiva sem custos adicionais.

Eles dão suporte e orientações para a gestão financeira, isso se torna um fortalecedor da relação entre as empresas e o contador.

Por isso, é ideal produzir conteúdos e informações relevantes que se transformam em educação consultiva para os clientes.

Através dos conteúdos, os clientes podem se interessar mais pelos serviços do seu escritório e dão mais atenção aos serviços tradicionais, como:

  • contabilidade;
  • como folha de pagamento;
  • demonstrações contábeis;
  • geração de impostos, etc.

Contabilidade consultiva agrega valor

Tudo isso que falamos até agora, gera mais valor e benefícios para o serviço do contador. Um dos fortes serviços consultivos que vem crescendo no Brasil, é o BPO Financeiro.

A terceirização da gestão financeira é muito importante para tempos críticos e através desse serviço o contador pode orientar as empresas sobre quais melhores ações adotar diante um cenário ruim.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo e que possa começar a aplicar as estratégias de contador consultivo o quanto antes.

Se tiver alguma estratégia interessante que queira compartilhar conosco, deixe nos comentários, será uma prazer ler e aprender mais.

Até a próxima!

Conteúdo escrito por: Anexo Gestão Contábil

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar