Gestão contábil

O que é e como trabalhar de forma estratégica a Contabilidade Ambiental?

Homem fazendo contas sobre Contabilidade Ambiental
Escrito por Ivanise Magalhaes

ESTÁ SEM TEMPO PARA LER? CLIQUE NO PLAYER ABAIXO E OUÇA TODO O CONTEÚDO DE FORMA SIMPLES E PRÁTICA! 

Ao longo do tempo, temos vivido uma crescente escassez de recursos naturais e degradação do meio ambiente, não é mesmo? Essa conjectura desdobrou-se em diversos debates econômicos, políticos e sociais sobre quais medidas são necessárias – até mesmo fundamentais – para conseguirmos reverter este cenário preocupante.

Entretanto, não basta apenas discutir sobre aspectos muito vastos, mas também algumas minúcias, como a questão da produção de bens e serviços, responsável, em grande parte, pela degradação de nossos recursos naturais e meio ambiente.

Pensando nisso e na constante veiculação de questões ambientais nos meios de comunicação, este artigo pretende contribuir sobre o que é a contabilidade ambiental, qual o seu objetivo e suas vantagens.  Vamos entender a Contabilidade Ambiental de forma ampla e simples e como você pode utilizar essas informações a seu favor. Acompanhe! 

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

O que é Contabilidade Ambiental?

Conforme afirmamos, existem grandes questões em torno desta temática e fica cada vez mais em evidência a necessidade das empresas abordarem suas contas ambientais em relatórios empresariais. O desafio, contudo, reside no fato da divergência entre o que é entendido como empresa e o que acontece no meio ambiente.

A necessidade, portanto, está em uma padronização dos relatórios, das contas e da maneira como são apresentadas. Na década de 1970, o valor das empresas era só medido em fatores mais concretos, como máquinas que elas possuíam. Hoje, máquinas e terreno são coisas menores. O valor vai muito além disso: inclui sustentabilidade, bom tratamento aos funcionários (clima organizacional) entre outras coisas.

Neste cenário, a contabilidade surge não só como uma saída, mas como uma ciência a ser considerada. Em linhas gerais, ela é, de fato, é uma ciência que apresenta dados econômicos e financeiros sistematizados por meio de registro e controle, repassando informações sobre transações e interações entre organizações, entidades e empresas que também utilizam a exploração do meio ambiente em sua produção de bens e serviços.

Sendo assim, a Contabilidade Ambiental nada mais é do que o registro do patrimônio ambiental de determinada empresa e as transações decorrentes dele.

De acordo com especialistas, não é comum que profissionais de contabilidade tenham iniciativas em desenvolver esse tema, porque, simplesmente, desconhecem ou não tiveram nenhum contato durante a vida acadêmica, sendo necessário que as universidades incluam essa área na formação de ciências contábeis. A primeira instituição a adotar esse conhecimento no currículo foi a FEA-USP.

Por que ter uma contabilidade ambiental a minha empresa?

Invariavelmente, a produção de bens e serviços é necessária para que haja progresso – comum em qualquer sistema econômico que tenha demanda e oferta. Por este motivo, é necessário fiscalizar certas questões e aferir eventos ambientais. É neste momento que surge a Contabilidade Ambiental, como um meio de aferição econômica das políticas propostas para reverter o cenário de degradação.

Neste sentido, a gestão ambiental não deve ser vista como custosa, e sim como uma oportunidade de ter responsabilidade social e transformar o ciclo de vida dos produtos – e do lucro – em algo saudável não só em curto prazo, mas a médio e longo também. 

Segundo José Roberto Kassai, professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), a realidade futura é que as empresas e os consumidores não possam mais negligenciar as alterações que ocorrem no meio-ambiente. Inclusive, Kassai é um grande incentivador que esse tema esteja no nível superior.

Qual o objetivo da Contabilidade Ambiental?

A contabilidade não é nenhuma novidade, não é mesmo? Seu objetivo, como um todo, é trazer informações e mensurar resultados. A Contabilidade Ambiental, portanto, tem o objetivo de fornecer informações e mensurar resultados em relação ao meio ambiente e seus recursos naturais.

Esses resultados são entendidos como custos ambientes – internos e externos – e podem ser compreendidos como despesas com proteção de patrimônio ambiental, ou então em padronizações de prevenção, redução e controle de aspectos ambientais, assim com toda a documentação referente a impactos e riscos, descarte, saneamento, descontaminação e degradações.

Empresas como a Coca Cola e a Natura já apresentaram, além do tradicional relatório de contabilidade, uma versão com gráficos que mostram, por exemplo, a quantidade de matéria-prima explorada, de água usada e de lixo produzido.

Esses dados podem ajudar na tomada de decisões e na elaboração de políticas ambientais, além de evitar que a companhia seja multada ou enfrente problemas na legislação.

Quais as vantagens da Contabilidade Ambiental?

Tendo esses conceitos e objetivos em mente, podemos destacar como vantagens da Contabilidade Ambiental, as seguintes:

  • Mensuração adequada dos custos e benefícios baseados na identificação e alocação correta dos custos ambientais;

  • Aferição econômica das reduções de gastos relacionados à água, energia e outros recursos renováveis e não renováveis;

  • Relatórios e demonstrativos da eficácia e viabilidade de ações ambientais;

  • Transparência referente ao balanço ambiental da gestão;

  • Melhoria da imagem da empresa perante ao público devido seus esforços em sustentabilidade;

  • Redução da agressão à natureza, pois os dados contábeis possibilitam a correção de ações ambientais e elaboração de produtos e serviços sustentáveis;

  • Ações específicas de marketing para atrair clientes que identifiquem com o tema de sustentabilidade e preservação da natureza;
  • Mensuração de ações empregadas para tentar tornar a empresa mais verde.

Por onde começar a Contabilidade Ambiental em minha empresa?

Em um espaço de tempo não maior que um ano, é preciso que sua missão seja revisitada e traçadas metas para que seu negócio prospere. Existem, inclusive, consultorias muito boas no mercado que conduzem as empresas para que seus planejamentos alcancem excelentes resultados.

Perceba que uma consultoria não é pra vida toda, pois é natural que o empresário, seus administradores e executivos aprendam ou mesmo descubram a melhor maneira de criar a estratégia para o negócio que estão inseridos.

Isso tem que fazer parte do alinhamento estratégico da sua empresa. Veja também nosso artigo completo sobre como reduzir custos e otimizar seus resultados, através de uma gestão estratégica bem definida.

Esse tipo de contabilidade é necessário para que as empresas possam atuar de forma consciente e respeitosa, alinhadas com seus objetivos lucrativos e o impacto no meio ambiente que pode se gerar . Por isso, é muito importante que possa trabalhar com softwares inteligentes que possam oferecer relatórios integrados, entendendo toda a sua situação patrimonial e financeira da empresa.

E você já conhecia o termo Contabilidade Ambiental? Deixe seu comentário e compartilhe conosco também sua experiência com o tema.

 

fortes-tecnologia-checklist-contador-consultorPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Ivanise Magalhaes

Coordenadora de Relacionamento da Fortes Tecnologia.
Contadora, Especialista em Administração Estratégica. Experiência de 15 anos na área contábil, gestão patrimonial e de tecnologia da informação.

Deixar comentário.

Compartilhar