eSocial Gestão contábil

Como otimizar a sua empresa de contabilidade para o eSocial?

o eSocial irá unificar o envio de todas as informações referente aos trabalhadores das empresas, ou seja, unir todas as obrigações trabalhistas em m só lugar.

Responsável por causar muita dor de cabeça, o eSocial é um projeto do Governo Federal, que também envolve a Receita Federal, Ministério do Trabalho, INSS e a Caixa Econômica Federal. Esse projeto tem como principal objetivo a consolidação do envio de informações do empregador (pessoa física ou jurídica) em relação aos seus empregados. Saiba mais no post de hoje!

 

Mais claramente, o eSocial irá unificar o envio de todas as informações referente aos trabalhadores das empresas, ou seja, unir todas as obrigações trabalhistas (também chamadas de obrigações acessórias) em um só lugar.

 

Atualmente o empregador envia todos os dados sobre seus empregados para diversos órgãos/agências do governo, de uma forma totalmente despadronizada, e redundante o que consequentemente acaba gerando um índice de erro e também ineficiência. De uma forma bem simples, podemos dizer que o eSocial será como uma folha de pagamento digital, que irá ajudar a garantir aos trabalhados o correto comprimento de todas as leis trabalhistas e principalmente previdenciárias.

 

Mudanças com o eSocial

 

É fato que o eSocial terá um grande impacto sobre o funcionamento das empresas, principalmente sobre as empresas de contabilidade (recursos humanos). É de extrema importância que as mesmas estejam inteiradas das mudanças para que sejam capazes de orientar seus clientes.

 

Mostra-se muito importante que as empresas de contabilidade tenham um nível de organização elevado para que assim estejam aptas a declarar adequadamente informações ao fisco. A partir do envio, o sistema da Receita Federal irá validar as informações enviadas e emitirá um número de protocolo de recebimento. Uma das mudanças com o eSocial são:

Admissão: O empregador deverá enviar o registro da admissão até um dia anterior do inicio da atividade do empregado.

 

Em regra o prazo de envio das informação é dia 7 do mês subsequente às movimentação, mas exitem informações com prazos mais específicos, como no exemplo da admissão. Já o prazo de envio do desligamento do empregado irá depender do aviso prévio, se aviso trabalhado o empregador deverá enviar essa informação para o eSocial até o dia seguinte ao desligamento, e em caso de aviso indenizado, o prazo é de 10 dias corridos.

 

É papel da empresa de contabilidade garantir que todas as informações referentes ao trabalhador estejam corretas e é claro, que suas movimentações estejam de acordo com a legislação vigente no país.
Como se preparar para o eSocial?
As empresas de contabilidade devem estar atentas a vários aspectos e assim criar um plano de ação para que possa tonar a transição muito mais fácil.

 

Confira algumas dicas:

  • É importante ter ordem e coerência nas informações de cadastro dos trabalhadores;
  • Deve-se revisar todos os processos empresariais que serão afetados com as mudanças do eSocial como, por exemplo, as informações de admissão e demissão, como mencionado no tópico acima;
  • Faça a contratação do software de folha de pagamento que seja compatível com o Web Service;
  • Os profissionais da empresa devem ser treinados para o manuseio do sistema e conhecimento mais aprofundado sobre a legislação trabalhista;
  • Para a implantação do eSocial é importante ter à disposição as informações do empregador e tabelas de rubricas que já são utilizadas;

 

Fazer a alimentação inicial do Registro de Eventos Trabalhistas (RET). Vale lembrar que informações pretéritas não serão transmitidas, somente os eventos de vínculos ativos na data de início da vigência do sistema. Além disso, as empresas de contabilidade devem certificar-se que todos os dados cadastrais de seus trabalhadores com e sem vínculo estejam corretos, já que o Governo Federal fará uma conferência dessas informações.

 

Também é importante obter de fornecedores dos serviços de controle médico e saúde ocupacional todos os dados que são referentes aos seus empregados como ASO, exames, atestados entre outros. A empresa que não se adequar ao eSocial poderá ser penalizada com multas que variam entre R$ 200 a R$180.000,00.

 

Buscando se adequar para o eSocial? A Fortes Tecnologia possui o software que vai resolver essa situação, confira aqui!

Baixe o checklist e saiba como ser um consultor contador!Powered by Rock Convert
Tenha os principais multas do eSocial neste infográfico completoPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Adriana Giffoni

Graduada em Recursos Humanos, Pós- Graduada em Administração de Empresas e Lideranças de Grupos pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Atualmente é gerente de produtos na área de Gestão de Pessoas do Grupo Fortes, instrutora na área de Pessoal e participa como membro da Comissão Trabalhista e Previdenciária do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Ceará.

Deixar comentário.

Compartilhar