Fortes Fiscal Gestão contábil

Associação de códigos contábeis por CFOP no Fortes Fiscal

Fortes-tecnologia-associacao-da-conta-contabil-por-cfop
Escrito por Paulo Fernandes
Atualizado em: 28/01/2020 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Está sem tempo para ler? Clique no player abaixo para ouvir o conteúdo.

Em algum momento provavelmente, você já ouviu falar em CFOP, sigla usada para Código Fiscal de Operações e Prestações das entradas e saídas de mercadorias (intermunicipal e interestadual).

De fato se trata de uma obrigação específica e também muito importante. Portanto, neste artigo vou falar sobre a associação de códigos contábeis por CFOP e mostrar como é feito dentro do sistema Fortes Fiscal.

Informando o código da conta contábil

Para as pessoas jurídicas que apuram a Contribuição para o PIS/Pasep e a Cofins no regime não cumulativo (PJ que apuram o IR com base no Lucro Real), o código da conta contábil deve ser informado nos correspondentes campos dos registros de saídas/receitas e/ou de aquisições/custos/despesas, bem como nos registros dos Blocos “M” e “1” que contenham o campo de código de conta contábil.

A não informação da conta contábil, correspondente às operações nos registros representativos de saídas/receitas e/ou de aquisições/custos/despesas, acarretará:

  • para os fatos geradores até 31 de outubro de 2017, ocorrência de aviso/advertência (não impedindo a validação do registro);
  • para os fatos geradores a partir de 01 de novembro de 2017, ocorrência de erro (impedindo a validação do registro).

A regra acima também se aplica às pessoas jurídicas que apuram a Contribuição para o PIS/Pasep e a Cofins no regime cumulativo pelo regime de competência.

Como mencionei anteriormente, neste artigo vou explicar como fazer o processo diretamente no Fortes Fiscal. Se você ainda não conhece o sistema, continue lendo para entender a importância da solução para sua empresa.

1 ) O que é o Fortes Fiscal?

O sistema Fortes Fiscal é destinado à execução e gestão das rotinas do setor fiscal de escritórios e empresas, proporcionando agilidade e segurança nos processos.

Além do fornecimento de informações gerenciais para um bom planejamento tributário, o Fortes Fiscal atende à legislação gerando automaticamente as guias de recolhimento tributário e as principais obrigações acessórias exigidas pelos fiscos federal, estadual e municipal.

2) “Associação de códigos contábeis por CFOP” no Fortes Fiscal

A associação de códigos contábeis por CFOP está disponível a partir da versão 6.140 do Fortes fiscal e o objetivo é preencher o código da conta contábil nos itens dos documentos fiscais, no momento da importação do arquivo xml de NFe, CFe, NFCe e CTe.

2.1) Por que o Fortes Fiscal está com essa “novidade”?

A novidade veio para automatizar o processo de preenchimento dos códigos contábeis nos itens/serviços dos documentos fiscais. A associação previamente otimiza o tempo, evitando o retrabalho. 

2.2) Quais os benefícios da novidade no sistema?

O cliente terá o benefício de gerar o arquivo do SPED contribuições com o código contábil já preenchido nos documentos fiscais, evitando identificar a falta do código somente na validação do arquivo no programa do SPED contribuições, onde será sinalizado o erro “faltando” no campo COD_CTA do registro C170.

2.3) Onde encontrar essa “novidade” dentro do sistema?

Para o correto preenchimento, é necessário parametrizar o sistema evitando erros na associação durante a importação do xml.

Sugerimos que a empresa esteja integrada com o Fortes contábil, para que assim o cadastro do plano de contas esteja disponível no Fortes fiscal para criação dos códigos contábeis.

Você também vai gostar destes conteúdos 👇
📌 Segurança de dados: como proteger seu escritório de contabilidade?
📌 Planejamento fiscal e contábil anual: o manual completo para fazer em sua empresa
📌 Conheça as principais normas brasileiras de contabilidade e como funcionam

Para parametrizar, veja o passo a passo abaixo.

1 – Acesse Cadastro > Histórico da empresa, selecione o último período criado e na aba fiscal e marque a opção ‘Obrigada a escrituração contábil’. Clique em Ok para salvar as alterações.

2 – Acesse Cadastro > Histórico do estabelecimento. Selecione o último período criado e na aba fiscal e marque a opção ‘Informar códigos contábeis’.

3 – Em seguida, acesse Cadastro > Códigos contábeis. Clique em Novo e a tela de criação irá carregar. Observe que feito a integração com o fortes contábil, é possível visualizar o plano de contas e assim fica mais fácil selecionar os códigos contábeis que serão utilizados.

Após concluir a parametrização, vamos iniciar a associação de códigos contábeis por CFOP.

Acesse Cadastro > Grupo de produtos. Selecione o grupo de produtos e clique em Editar. Localize a aba de Códigos contábeis por CFOP e clique em Novo.

Insira o CFOP que é trabalhado, e junto a ele o código contábil correspondente. Ao concluir, clique em Ok para salvar.

Faça isso para todos os CFOPs que a empresa trabalha. Pronto! Após concluir, inicie a importação dos arquivos xml.

Caso surja uma tela solicitando a associação do código contábil, significa que há um CFOP que não foi vinculado.

3) Por que o Fortes Fiscal é ideal para sua empresa?

A Fortes tecnologia trabalha diariamente buscando inovações para agregar valor ao negócio dos seus clientes. Tem o objetivo de automatizar as rotinas repetitivas sem prender o profissional ao computador, dando cada vez mais autonomia para realizar suas tarefas.

A associação automática do código contábil por CFOP, é uma das novidades do Fortes fiscal projetada pensando no melhor aproveitamento do tempo do profissional do setor fiscal.

É muito mais prático deixar o sistema parametrizado para a associação do código contábil no momento da importação dos documentos fiscais, do que deixar para preencher somente após ter gerado o arquivo importado no programa do SPED fiscal, onde somente na validação do arquivo o SPED sinalizará os erros.

Espero que este artigo tenha ajudado a entender essa nova função do sistema e que assim possa ter mais produtividade no seu dia a dia.

Sobre o autor

Paulo Fernandes

Graduado em Análise e desenvolvimento de sistemas pelo Centro Universitário Estácio do Ceará, sou técnico fiscal na Fortes Tecnologia matriz e analiso chamados para identificar possíveis erros, solucionar dúvidas ou cadastrar solicitações de melhorias no sistema.

Deixar comentário.

Compartilhar