Gestão de pessoas

Bom relacionamento no trabalho: saia de portas abertas

Fortes tecnologia apresenta bom relacionamento no trabalho
Escrito por Isabel Holanda
Publicado em: 26/11/2019 Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Se preocupe sempre em sem sair bem das empresas, assim como
ao entrar nelas!

Uma das coisas mais importantes na carreira é conduzi-la com extremo profissionalismo. É essencial sair dos lugares com as portas abertas e retidão. Veja a seguir a importância do bom relacionamento no trabalho.

Quando projetamos nossa carreira profissional, normalmente pensamos: como montar um currículo campeão? Qual é a melhor postura que devemos adotar durante uma entrevista de emprego? Também é importante se preocupar com a postura no momento de fechar um ciclo profissional, no caso, quando saímos de uma empresa.

É importante ter um bom relacionamento no trabalho

A hora de sair de um trabalho também exige preparo e atenção. Afinal de contas, mesmo quando estamos indo para um novo emprego, é importante manter uma boa relação com os gestores e os colegas de trabalho.

Nunca se sabe quando existirá a chance de voltar à companhia em uma outra oportunidade; além disso, deixar uma boa impressão é certamente o melhor jeito de conquistar referências positivas para seu futuro no mercado profissional.

Para que o colaborador saia de forma adequada e deixe as portas abertas, é essencial estabelecer uma postura positiva, ética e clara. Isso exige que o profissional siga alguns passos durante todo o processo. Destaquei 10 dicas essenciais para garantir uma saída positiva e boa para todos os lados. Continue lendo!

1) Seja honesto consigo mesmo e com seu superior

Antes de tomar alguma decisão, pondere com cuidado se realmente é a hora de deixar seu trabalho. Avalie todos os prós e contras de sua decisão.

Somente após definir seus planos, é que você deverá comunicar seu pedido de demissão ao seu superior. É importante fazer isso de maneira honesta, expondo os reais motivos que estão levando-o a esta decisão e seja grato a oportunidade que teve.

2) Formalize o pedido 

Ao comunicar o pedido de demissão, faça-o pessoalmente em ambiente reservado e em um momento oportuno.

Essa é uma boa dica para mostrar o seu bom relacionamento no trabalho, afinal fica claro o quanto você respeita a empresa e reserva um momento certo para pedir o desligamento.

3) Prepare-se para contrapropostas 

Em muitas ocasiões, o pedido de demissão é seguido de uma contraproposta por parte do gestor. Ele pode retornar com um pedido para que você reconsidere a decisão, oferecendo algum tipo de benefício ou contraproposta.

Pode ser em forma de aumento de salário, promoção, viagens corporativas ou até novos projetos. É importante ressaltar, porém, que não é adequado fazer “leilão”, tenha uma postura coerente.

4) Negocie e respeite o prazo de término do contrato 

Uma vez comunicada e acertada a saída da empresa, é essencial definir pontos práticos sobre o tempo de aviso prévio e os projetos que o colaborador deverá entregar antes de ir rumo ao outro emprego.

Converse com o superior e com a área de RH para que a transição das atividades ocorra da melhor maneira possível.

5) Não faça comentários negativos sobre a empresa e mantenha uma postura positiva 

Não é porque você já acertou sua demissão que é preciso deixar de lado o seu respeito à empresa.

Assuma uma postura ética, preferencialmente resguardando sua posição sobre temas sensíveis. A discrição é um ponto-chave para mostrar sua capacidade de integração e de empatia com outros funcionários.

6) Evite confrontos 

Não vale a apena qualquer tipo de confronto ou discussão com colegas de trabalho ou até mesmo gestores. Não justifique o fato de já estar saindo da empresa, ser um motivo para falar ou fazer o que bem imaginar.

Saia de forma amistosa, pois a sua postura o fará ser lembrado como um profissional ético e responsável.

Você também pode gostar destes conteúdos
📌 5 sinais de que chegou a hora de mudar de emprego
📌 Demissão por justa causa: quantas advertências são necessárias?
📌 Casos reais de dano moral: 7 dicas para evitar na sua empresa

7) Coloque-se à disposição para treinar um substituto 

Você está saindo, mas as tarefas continuarão existindo dentro da rotina da empresa.

Para evitar desgastes, ofereça sua ajuda para treinar alguém que possa ficar em seu lugar. Isso mostra o comprometimento com o trabalho dos outros membros do time e reforça sua posição diante das lideranças, mantendo assim o bom relacionamento no trabalho.

8) Cumpra todos os compromissos assumidos 

Os colaboradores precisam cumprir seus deveres, mesmo quando a saída é provocada por um pedido de demissão.

Isso inclui entregar os projetos e atividades acordadas e o cumprimento das jornadas de trabalho estabelecidas para o período de aviso prévio. Essa postura valoriza a imagem do profissional.

9) Peça referência 

Antes de sair, converse com seu líder direto e peça recomendação que enfoquem as atividades e o seu compromisso entregue à companhia. Busque formas de valorizar sua postura durante esse processo como um todo.

10) Mantenha contato 

Tenha a melhor postura possível durante o processo de desligamento e mantenha contato com os colegas e superior, garantindo que sua imagem seja mantida com boas referências. Um contato de hoje pode, afinal, ser uma grande oportunidade para o amanhã. O LinkedIn está aí pra isso!

Para que você consiga seguir esses 10 passos, lembre-se sempre que independente do motivo pelo qual está saindo da empresa, você viveu momentos importantes que de alguma forma o fez aprender algo novo. Ser grato pela experiência que teve até então, é fundamental para ter a certeza de que está saindo com a sensação de dever cumprido.

Gostou do artigo? Deixe nos comentários o que achou e compartilhe como foi a sua experiência na hora de sair de uma empresa. Suas dicas de bom relacionamento no trabalho também são bem-vindas!

Bom relacionamento no trabalho: saia de portas abertas 1Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Isabel Holanda

Há mais 10 anos atuando na área de gestão de pessoas, atualmente, é gerente de conteúdo na Fortes Tecnologia. Graduada em Pedagogia pela UFC, com pós graduação em Gestão de Pessoas, Psicopedagogia e Life Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC). Além disso, é palestrante de temas relacionados aos subsistemas de RH com foco em liderança e desenvolvimento de equipes.

Deixar comentário.

Compartilhar