Fortes Contábil

Tem novidades na ECD 2017!

Tem novidades na ECD 2017! 1
Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 11/05/2017 Tempo estimado de leitura: 1 minuto

Já está sabendo das últimas novidades? Em 2017, a ECD trará algumas mudanças entre elas a obrigatoriedade dos blocos. Clique no post e confira!

 

Tem novidades na ECD 2017_blog fortes

Bloco K – Conglomerados

 

Esse bloco deve ser preenchido pelas empresas controladoras obrigadas a apresentar demonstrações consolidadas de acordo com a legislação societária. Veja a hierarquia:

  • Bloco K: Conglomerados Econômicos (Facultativo para o ano-calendário 2016)
  • Registro K001: Abertura do Bloco K
  • Registro K030: Período da Escrituração Contábil Consolidada
  • Registro K100: Relação das Empresas Consolidadas
  • Registro K110: Relação dos Eventos Societários
  • Registro K115: Empresas Participantes do Evento Societário
  • Registro K200: Plano de Contas Consolidado
  • Registro K210: Mapeamento para Planos de Contas das Empresas Consolidadas
  • Registro K300: Saldos das Contas Consolidadas
  • Registro K310: Empresas Detentoras das Parcelas do Valor Eliminado Total
  • Registro K315: Empresas Contrapartes das Parcelas do Valor Eliminado Total
  • Registro K990: Encerramento do Bloco K

 

Bloco W (ECF) Repercussão

Nesse bloco informaremos as operações estrangeiras. Veja a hierarquia:

 

  • Bloco W: Declaração País a País (Country by Country Report)
  • Registro W001: Abertura do Bloco W
  • Registro W100: Informações sobre o Grupo Multinacional e a Entidade Declarante – Declaração País-a-País
  • Registro W200: Declaração País-a-País
  • Registro W250: Declaração País-a-País – Entidades Integrantes
  • Registro W300: Observações Adicionais – Declaração País-a-País
  • Registro W990: Encerramento do Bloco W

Não esqueça da substituição da ECD que ficou definida no Art. 5º – A que: depois de autenticados somente poderão ser substituídos os livros que contenham erros que não possam ser corrigidos por meio de lançamentos extemporâneos, nos termos das Normas Brasileiras de Contabilidade. 
 
Para mais dicas sobre a substituição da ECD, clique aqui.

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar