Gestão financeira

Antecipação de recebíveis: como funciona e quais são os cuidados?

Escrito por Fortes Tecnologia
Atualizado em: 19/03/2020 Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Para a gestão financeira de uma empresa, os longos prazos de pagamentos concedidos aos clientes podem se tornar um grande problema. A demora em receber tende a provocar atrasos no momento de honrar o compromisso assumido com fornecedores. Logo, o risco de se iniciar uma crise administrativa é considerável. Uma das soluções mais utilizadas para solucionar ou mitigar esse tipo de transtorno é a chamada antecipação de recebíveis.

Mas antes de adotar esse recurso, é recomendável que você atente a alguns cuidados.

Continue a leitura para entender mais sobre o assunto e realizar uma antecipação de recebíveis muito mais tranquila!

O que é e como funciona a antecipação de recebíveis?

Ao antecipar os recebíveis, a empresa consegue trazer para seu caixa um dinheiro que demoraria muito tempo para chegar. Às vezes, é bom que se diga, o total recebido não é o esperado por conta da inadimplência dos clientes.

Como muitos gestores não se preparam adequadamente para tais imprevistos, eles se deparam com um rombo no caixa da organização.

Por meio da antecipação dos recebíveis, o negócio não só recebe o valor das vendas a prazo imediatamente como se livra do risco de inadimplência atrelado àqueles valores específicos.

Para isso, é necessário solicitar a referida antecipação a uma das empresas que oferecem o serviço, feito mediante a aplicação de uma taxa.

Então, imagine que a sua empresa tem R$ 20 mil a receber de uma compra parcelada em 10 vezes. Com a antecipação desse valor, você recebe a maior parte (há uma taxa, lembre-se) do valor devido.

Além disso, o seu negócio também repassa qualquer problema relacionado ao pagamento posterior das parcelas à administradora do mecanismo em questão.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Quais cuidados devem ser tomados em sua solicitação?

Como já adiantado, você só precisa de cautela antes de optar pela antecipação dos valores vendidos em longo prazo. Nesse sentido, estes são os principais cuidados a serem tomados.

Avalie o valor dos juros

Para que a proposta de antecipação dos recebíveis valha a pena, é preciso que os juros adotados sejam inferiores aos de outras linhas de crédito. Como sempre, a melhor decisão derivará de um comparativo com outras possibilidades de se resolver o problema.

Se houver uma oferta de crédito com uma política de juros mais interessante, ela deve ser priorizada.

Diante disso, é aconselhável fazer e refazer todos os cálculos com muita calma. O negócio deve ser fechado somente depois de se observar as demais alternativas disponíveis no mercado.

Confira se a instituição financeira cobra taxas de serviço

Os juros podem ser apenas uma quota da fatia usada pela administradora da antecipação de recebíveis para lucrar com a negociação.

Outra medida comum é a incidência de taxas administrativas. Importante salientar que a cobrança extra não é efetuada por todas as organizações. Além disso, geralmente as taxas geradas pelo serviço estão correlacionadas à antecipação dos pagamentos feitos via cartão de crédito.

Certifique-se de não transformar a antecipação dos recebíveis em um hábito

A possibilidade de, no presente, ter em caixa uma quantia futura que levaria meses para se tornar realidade é tentadora.

Em períodos específicos, como de crises econômicas ou sazonalidade, antecipar os recebíveis é a melhor opção para muitas organizações. No entanto, o gestor deve ficar atento à frequência com que a empresa recorre ao serviço.

Caso a solicitação de dinheiro externo seja uma necessidade constante, a empresa precisa rever uma série de aspectos.

Para começar, é bom dar uma boa olhada no planejamento estratégico. Verifique o que consta no planejamento orçamentário da empresa, pois o documento pode apresentar planos de ação específicos para as dificuldades atuais.

Nunca é demais enfatizar que o grande objetivo de uma empresa é o lucro. A antecipação de recebíveis é uma medida pontual para reforçar o capital de giro ou um indício de queda do faturamento? Uma forma de conhecer a resposta é por meio da projeção de fluxo de caixa. Essa é uma excelente maneira de manter as contas e as possíveis antecipações sob controle.

O ideal mesmo é que o planejamento financeiro da empresa já contemple a possibilidade de se antecipar os recebíveis. Caso o recurso não seja mencionado lá, algo está errado. Nessas circunstâncias, ou o planejamento foi mal feito ou a empresa está improvisando. Como se sabe, o improviso na gestão de um negócio costuma trazer consequências financeiras preocupantes.

Ao prever a antecipação do recebimento de um valor de uma venda, o gestor financeiro diminui o risco de surpresas. Com essa informação prévia, ele pode preparar a empresa até a chegada do momento de pedir um dinheiro a mais.

O próprio planejamento financeiro pode determinar quais serão as ocasiões em que a antecipação de recebíveis deve ser considerada pela gestão. Dessa forma, criam-se limites para a utilização do recurso.

Como um software de gestão financeira pode ajudar?

Por tudo o que foi mencionado até aqui, é notável que o gerenciamento da antecipação de valores a receber é algo delicado. A gestão financeira de um negócio já é, por si só, complexa. Todo esse grau de complexidade aumenta à medida que a organização traz à tona um número maior de elementos.

Dito de outro modo, a antecipação de recebíveis pode se transformar em uma tremenda dor de cabeça. No entanto, você não precisa passar por esses apuros. Todo o processo de gestão das finanças é facilitado por uma solução simples: um software financeiro completo.

A inovação tecnológica está aí para otimizar o tempo, permitindo que os gestores aprendam a utilizá-lo de uma maneira mais produtiva. Além disso, a automação da gestão é fundamental para aprimorar os resultados financeiros de qualquer empresa na sociedade atual.

Com uma concorrência cada vez mais acirrada e multiplicada, a sua empresa precisa, no mínimo, encontrar meios de se manter competitiva no mercado. Em todo esse contexto, a adoção de um software financeiro é a melhor maneira de levar inovação tecnológica de ponta para o seu negócio.

Com essa solução, a administração de qualquer antecipação de recebíveis será muito mais simples e intuitiva. Soma-se a isso o fato de que você exerce maior controle sobre todos os riscos apontados.

Quer saber o que um software de gestão financeira pode fazer pelo seu negócio na prática? Conheça as principais funcionalidades de um software de gestão financeiro completo!

Banners-internos-cta-blog-planilha-fluxo-de-caixa-mensalPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Fortes Tecnologia

Deixar comentário.

Compartilhar