Gestão e Negócios

O Outubro Rosa tem que ser encarado como um ato de amor

Fortes Tecnologia apresenta Outubro Rosa
Escrito por Mano Marques
Atualizado em: 24/10/2019 Tempo estimado de leitura: 7 minutos

O mês de outubro já está chegando ao fim, e com ele, todo um trabalho massivo no combate ao câncer de mama bastante conhecido como Outubro Rosa.

O Outubro Rosa é uma das ações mais bonitas que poderiam ter invetado nas últimas décadas, pois trabalha a favor da informação adequada e do cuidado pela vida das mulheres. Hoje, o mundo inteiro se prepara para o mês de outubro e entre as principais organizações que apoiam esta causa, estão: hospitais, escolas e empresas de um modo geral.

Mas com o passar dos anos, foi possível perceber – principalmente com o avanço da internet e das redes sociais – que o Outubro Rosa vem se tornando um marco no calendário e que muitas ações interessantes estão se transformando apenas em laços cor-de-rosa e postagens no facebook e instagram.

Neste post, quero mostrar a importância do Outubro Rosa através de um outro olhar, e dizer como você pode transformar as ações da sua empresa e a vida de quem for impactada por elas.

Quando surgiu o Outubro Rosa?

Muitos podem achar que essa causa é recente, mas na verdade ela surgiu na década de 90, nos Estados Unidos. O Outubro Rosa tem como objetivo, conscientizar as pessoas – especialmente as mulheres – no combate ao câncer de mama, o câncer que mais mata mulheres no mundo inteiro.

O laço rosa que hoje é o símbolo oficial do Outubro Rosa, foi criado pela Fundação Susan G. Komen e distribuído na Corrida pela Cura em Nova Iorque, em 1990.

Aqui no Brasil, o Outubro Rosa teve suas primeiras grandes ações no ano de 2002, quando o Obelisco do Ibirapuera em São Paulo, foi iluminado na cor rosa chamando a atenção de todos. De lá pra cá, foi feito o mesmo em vários monumentos importantes, entre eles, o Cristo Redentor na cidade do Rio de Janeiro.

Mas não é só de iluminações e objetos rosas que a causa deve ser aderida. A simbologia é extremamente importante para chamar a atenção, porém, é fundamental promover ações impactantes que foquem no mesmo objetivo: salvar vidas!

A importância do Outubro Rosa

Como já falei lá no começo, o câncer de mama é o que mais mata mulheres no mundo todo e um dos que mais mata quando comparados a outros tipos de câncer.

A doença pode ter origem por diversas situações, pode inclusive ser hereditário, mas esse ponto deixo para os médicos que tem propriedade no assunto. O que sabemos é que quanto mais cedo o câncer de mama é diagnosticado, maiores são as chances de cura, e daí a importância do Outubro Rosa.

Um dos primeiros passos para detectar alguma anormalidade na mama, é fazer o autoexame (toque) na frente de um espelho, assim, além de sentir possíveis nódulos, a mulher pode perceber visualmente algumas alterações. Por incrível que pareça, o autoexame ainda é para muitas mulheres um tabu e a preocupação de fazer avaliações médicas periodicamente, muitas vezes nem existe.

Diante de todo esse cenário, o Outubro Rosa surgiu para que organizações da saúde pudessem dedicar um mês inteiro para o combate ao câncer de mama. E o melhor, é que a ideia foi mundialmente comprada por empresas, além de outros tipos de organizações.

Mas a pergunta que não podemos deixar de fazer: será que estamos apoiando a causa da forma mais efetiva?

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como as empresas realmente podem apoiar o Outubro Rosa?

Apoiar o Outubro Rosa não é somente fazer um post nas redes sociais e entregar fitas rosas para os colaboradores. O símbolo da campanha é muito importante e concordo que não pode faltar, mas acredito que as empresas podem ir muito além disso.

Como dito anteriormente, o principal objetivo do Outubro Rosa é conscientizar as mulheres a fazerem de prevenção da doença, e para isso, é preciso agir para que o recado chegue da melhor forma até elas.

Por isso, as empresas podem fazer ações internamente que ajudem suas colaboradoras a cuidarem da saúde. Essas ações devem ser encaradas como um ato de amor ao próximo e uma real preocupação com o bem estar delas.

Principais ações para a campanha

Para entender melhor o que estou falando, vou citar algumas ações que podemos – como empresa – fazer para que a campanha do Outubro Rosa cumpra o seu real papel.

• Palestras com profissionais da saúde

Lembra quando falei que o autoexame é um dos mais importantes para descobrir possíveis anormalidades? Acontece que muitas mulheres ainda não sabem fazer esse autoexame sozinhas e não entendem a importância dele.

Por isso, as empresas podem organizar palestra para sua colaboradoras. Entre os profissionais que podem ser convidados para esse momento, estão: médicos, enfermeiros e psicólogos. O importante, é levar até as mulheres da sua empresa a informação correta e o apoio que elas precisam.

• Exames necessários para o diagnóstico

Sabemos que o serviço público de saúde no Brasil não está entre os melhores do mundo, principalmente quando falamos de especialidades médicas que tem filas enormes de espera.

Hoje, por mais popular que seja uma clínica particular, um exame de mamografia custa em torno de R$120,00. Esse custo só para por aí, se o médico não precisar de outros mais para chegar numa conclusão do diagnóstico.

Pensando na realidade de muitas mulheres que não podem pagar os exames médicos necessários e que não tem um plano de saúde, as empresas podem analisar a possibilidade de disponibilizar os principais exames para suas colaboradoras. Isso pode ser feito através de parcerias com clínicas, por exemplo, ou estar previsto no planejamento financeiro da empresa desde o começo do ano.

A Globosat, é um exemplo de empresa que disponibilizou para suas colaboradoras, o check-up ginecológico, além dos exames de ultrassonografia e papanicolau.

• Ações beneficentes

Além de cuidar das suas colaboradoras, as empresas também podem ajudar instituições de tratamento de câncer de mama. Muitas organizações espalhadas pelo país e pelo mundo, não têm fins lucrativos e dependem de doações, assim como da ajuda do governo.

Esse tipo de ação, apoia instituições que além do tratamento da doença, também fazem o papel de conscientizar sobre a prevenção. Portanto, fazer campanhas de doações com seus colaboradores ou até mesmo com seus clientes, pode ser uma forma de arrecadação.

Outras ações simples que podem ser executadas

Além dos exemplos apresentados, as empresas também podem fazer pequenas ações que contribuem para a campanha do Outubro Rosa. Algumas delas são:

  • folders com o passo a passo para fazer o autoexame (toque);
  • e-mail marketing interno com as dicas diárias;
  • lembretes semanais para fazer o acompanhamento médico;
  • doação de cabelos para entidades sem fins lucrativos que fazem perucas e apoiam mulheres durante o tratamento;
  • fazer conteúdos para a web a fim de orientar as mulheres na prevenção da doença, podem ser: vídeos, podcasts e artigos;
  • fazer sorteios de prêmios para as colaboradoras que fizeram o exame. Uma forma de motivar a prevenção (a PwC Brasil fez isso);
  • Uma roda de conversa com mulheres que venceram a doença e podem compartilhar a importância de um diagnóstico precoce.

O Outubro Rosa virou marketing?

A resposta para essa pergunta depende muito do seu ponto de vista, mas é importante sempre deixar claro que o marketing é um conjunto de ações estratégicas, que para esse caso, não precisa trazer benefícios diretos para a empresa, mas sim para a causa.

Ações de marketing podem viralizar e servir de inspiração, portanto, se a sua empresa consegue fazer uma ação bem sucedida para apoiar o Outubro Rosa e ainda inspirar pessoas que enxergaram valor na campanha a fazerem o mesmo. Sim! O Outubro Rosa pode virar marketing. Um marketing em prol do bem.

Só não deixe que o Outubro Rosa seja visto como marketing por causa de uma postagem nas redes sociais. Mais legal que postar um foto com fundo rosa, é postar as ações que você fez!

Durante o mês inteiro, a Fortes Tecnologia fez palestras, distribuiu adesivos com dicas, organizou momentos de conscientização e enviou e-mails para deixar a campanha do Outubro Rosa sempre fresquinha na cabeça dos colaboradores.

E aí? O que acha de pegar esses exemplos e fazer ações que ajudam a mudar o mundo? A sua empresa pode fazer a diferença, só depende da sua criatividade e do seu foco no propósito da campanha.

Fortes tecnologia apresenta indicadores estrategicosPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Mano Marques

Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo na Fortes Tecnologia.

É formado em Design pela Unifanor Wyden com experiências nos segmentos de turismo, gestão empresarial e consultoria. Atualmente está focado no segmento de tecnologia na Fortes Tecnologia e possui certificações em Inbound Marketing, Produção de conteúdos para web e SEO (Search Engine Optimization).

2 comentários

Deixar comentário.

Compartilhar